Cientistas criam macacos transgénicos com genes do cérebro humano

Uma equipa de cientistas, composta por especialista da China e dos Estados Unidos, criou vários macacos transgénicos com cópias de genes humanos que desempenham um papel essencial no desenvolvimento cerebral. 

De acordo com o China Daily, que avançou com a notícia no início do mês, o procedimento reflete a vontade de os cientistas estudarem os mecanismos de evolução no cérebro.

Especialistas do Instituto de Zoologia de Kunming, na China, e da Universidade da CArolina do Norte, nos Estados, em parceria com outras instituições, identificaram o gene MCPH1, essencial para o desenvolvimento do feto e cujas mutações podem causar microcefalia (uma patologia em que a cabeça e o cérebro do feto são menores do que o normal).

Partindo deste gene, os cientistas criaram 11 macacos Rhesus transgénicos após a exposição do seus embriões a um vírus que carregava a versão deste gene humano, pode ler-se no estudo, publicado esta semana na revista National Science Review, no qual os cientistas dão conta do procedimento experimental.

A análise dos cérebros dos macacos geneticamente alterados revelou um padrão alterado de diferenciação neuronal e um atraso na maturação do sistema neuronal, chamado neotenia, semelhante ao atraso no desenvolvimento humano.

Um aspeto fundamental que destinge os humanos dos outros primatas é um maior período de tempo necessário para formar redes neuronais durante o desenvolvimento, processo que aumenta significativamente durante a infância.

Com o procedimento, os cientistas “aproximaram” o desenvolvimento cerebral dos macacos ao dos humanos, tornando-o mais longo. De acordo com a publicação, os macacos transgénicos apresentam melhor memória a curto prazo, bem como reações mais rápidas comparativamente aos seus pares testados no grupo de controle.

Os cientistas esperam que a investigação ajude a descobrir os fatores que tornam o cérebro humano único, visando melhor compreender os distúrbios neuro-degenerativos e o comportamento social.

“A longo prazo, esta investigação básica fornecerá informações valiosas para a análise da etiologia e do tratamento de doenças cerebrais humanas [como o autismo) causadas por um desenvolvimento anormal do cérebro”, disse o líder da investigação, Su Bing, em declarações à emissora norte-americana CNN.

Eticamente, estes caminhos são “muito arriscados”

A pesquisa foi criticada por vários cientistas ocidentais. James Sikela, geneticista da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, disse que estes procedimentos implicam “caminhos muito arriscados” na Ciência.

Num artigo publicado em 2010, Sikela e a sua equipa sustenta que as experiências em causa levantam questões éticas complicadas e que os primatas “melhorados” geneticamente estão em maior risco de serem explorados e de sofrerem danos.

“Esses danos tornam a conduta desta pesquisa eticamente inaceitável, justificando-se [haver] barreiras regulatórias entre estas espécies e todos os outros primatas não humanos para a investigação transgénica”, pode ler-se no documento. O estudo, no entanto, considera que este tipo de investigação possa ser válida em algumas situações.

A bioeticista Jacqueline Glover, da mesma universidade norte-americana, comparou o procedimento ao filme de ficção científica “O Planeta dos Macacos”, no qual os primatas super-inteligentes destroem os seres humanos. “Humanizá-los é causar danos, onde é que estes aniais viveriam e o que fariam? Não crie um ser que não possa ter uma vida significativa em nenhum contexto”, disse Glover.

Por sua vez, o cientista chinês que liderou a investigação acusou os críticos ocidentais, Sikela em particular, de hipocrisia e imprudência, afirmando que o projeto estava a ser injustamente julgado pelos “estereótipos” associados à investigação chinesa. “Explorar o mecanismo genético da evolução do cérebro humano é uma questão importante nas ciências naturais, e continuaremos a nossa exploração”, reiterou.

Tal como observa a CNN, esta é a segunda polémica associada com a manipulação genética a envolver investigadores chineses em menos de seis meses. Em novembro, um cientista chinês afirmou ter criado os primeiros bebés geneticamente editados do mundo, provocando de imediato reações em todo o mundo.

Antes disso, em janeiro de 2019, uma equipa de cientistas chineses anunciou ter clonado cinco macacos a partir de um único primata geneticamente modificado, visando estudar problemas no ciclo do sono, depressão e doença de Alzheimer.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Começou o que a humanidade irá se lamentar profundamente em futuro não muito longe…o caos, as aberrações, alguns benefícios que não compensarao a sucumbência da raça humana tal como a conheCemos até então e tudo sob a justificativa do progresso da ciência…

  2. Os cientistas ocidentais vão ficar para trás nesta área.
    Sempre se soube que isto ia acontecer independentemente de autorizarem no ocidente.
    Esta vai ser uma área de grande procura.
    Quem não vai querer pagar para ter um filho com IQ de 160 em vez de ter a probabilidade de ter um com 80?

  3. JAMAIS irão conseguir humanizar macacos. Criam sim aberrações…
    Falta o software principal, a ALMA HUMANA. Pobres cientistas, esquecem-se do mais importante, porque não conseguem ver mais além da matéria física.

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …