Lisboa sobe 44 posições. Está entre as 100 cidades mais caras do mundo para viver

Estamos no top 100. Lisboa é a 93.º cidade mais cara do mundo para viver, registando a maior subida desde o início da realização do Estudo Global da Mercer.

Não é novidade, mas eis que chega uma nova confirmação: é cada vez mais caro viver em Lisboa. A nossa capital é a 93.ª cidade mais cara do mundo em termos de custo de vida, subindo 44 posições em relação ao ano passado num estudo global da Mercer, divulgado esta terça-feira, e que é liderado por Hong Kong.

Em 2017, Lisboa ocupou a posição 137 no mesmo estudo. Em comunicado, a Mercer refere que esta é “a maior subida de sempre, desde o início da realização do estudo”.

Segundo o estudo da consultora, “os fatores que motivam esta subida são maioritariamente decorrentes de variações do euro face ao dólar, mas refletem também uma subida de preços generalizada da cidade nas áreas da habitação, restauração e combustíveis”.

A primeira posição é ocupada por Hong Kong, destronando Luanda, que ocupava o primeiro lugar na lista em 2017. Como exemplo, o estudo compara o arrendamento de um T3 nas “zonas nobres de Lisboa”, que ronda os 2.650 euros por mês, enquanto em Hong Kong, e nas mesmas condições, o preço sobre para os 10.800 euros.

Segundo a análise, o arrendamento de um T2 em Lisboa ronda os 2.000 euros, enquanto em Paris o valor sobre aos 2.600 euros por mês, e em Londres os 3.500 euros, por exemplo.

O preço da gasolina em Lisboa também é um dos pontos destacados, sendo que é “um dos mais elevados face às cidades posicionadas no topo deste ranking”. A análise refere que um litro de gasolina sem chumbo de 95 octanas custa 1,5 euros, enquanto em Hong Kong custa 1,63 euros, em Tóquio 1,01 euros, e em Zurique 1,34 euros.

De 2016 para 2017, Lisboa tinha descido três posições neste ranking mundial, embora no ano anterior tenha subido. A capital é a única cidade portuguesa abrangida.

Em termos gerais, todas as cidades da Europa Ocidental subiram no ranking. Hong Kong ocupa a primeira posição, como a cidade mais cara do mundo. A par de Hong Kong, as cidades que ocupam o top 5 das mais caras do mundo são Tóquio, Zurique, Singapura e Seul. Zurique “continua a ser a cidade europeia mais cara, encontrando-se no terceiro lugar do ranking”.

De acordo com o estudo, “África, Ásia e Europa dominam a lista das localizações mais caras para expatriados”.

Este é o 24.º estudo comparativo sobre o custo de vida levado a cabo pela empresa e foi elaborado em março. “Foi desenvolvido para ajudar as empresas multinacionais e os governos a definirem estratégias para os seus colaboradores expatriados”, sendo que inclui mais de 375 cidades em todo o mundo”, refere a Mercer.

“O ranking deste ano inclui 209 cidades em cinco continentes e determina o custo comparativo de mais de 200 itens em cada local, incluindo alojamento, transporte, comida, roupa, bens domésticos e entretenimento”, acrescenta o comunicado.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Padres, provedores e autarcas. MP investiga casos de vacinação indevida

A investigação do Ministério Público (MP) e da Polícia Judiciária (PJ) conta já com 33 casos suspeitos de vacinação indevida, estendendo-se a padres, provedores de misericórdias, administradores hospitalares e autarcas. Desde o início da campanha da …

Atrasos na vacina da Pfizer condicionam vacinação de doentes de risco entre os 65 e os 79

A vacinação de doentes de risco entre 65 e os 79 anos está condicionada pela chegada de mais vacinas da Pfizer. Na união Europeia, Portugal é o quinto país com a percentagem mais elevada de doses …

Há uma geringonça (sem Bloco) a discutir quinzenalmente a execução orçamental

No ano passado, a abstenção do PCP de um empurrão na aprovação do Orçamento do Estado. O partido de Jerónimo de Sousa não desiste de exercer influência e de se consolidar como parceiro do Governo, …

Um jogo tem hora e meia, mas em Portugal só se jogam, em média, 49 minutos

Esta época, em média, o tempo útil de jogo na primeira divisão portuguesa é de apenas 49,26 minutos. Os árbitros são bodes expiatórios deste registo. Dizem as regras do futebol que um jogo tem 90 minutos, …

Governo não tem "qualquer intenção de nacionalizar a Groundforce"

O ministro das Infraestruturas garantiu, esta quinta-feira, que "o Governo não tem qualquer intenção de nacionalizar a Groundforce", dizendo acreditar que "o acionista privado vai compreender" que tem de dar garantias à TAP para receber …

Marcelo cria nova equipa em Belém para controlar "bazuca" europeia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, criou uma equipa para manter uma vigilância apertada sobre a gestão do dinheiro que chega da "bazuca" europeia. Marcelo Rebelo de Sousa criou uma nova equipa para a …

Jogador mais caro da história do FC Porto vai reforçar o Portimonense

O FC Porto pagou 20 milhões de euros por Giannelli Imbula em 2015. O médio franco-congolês prepara-se agora para assinar pelo Portimonense como jogador livre. Giannelli Imbula está esta sexta-feira em Portimão para assinar contrato com …

Medina, ameaçado pela união das direitas, segura-se ao voto útil para ganhar Lisboa

Fernando Medina tem um duro desafio pela frente, depois de a direita ter dado as mãos em Lisboa, numa megacoligação encabeçada por Carlos Moedas. O socialista Fernando Medina está a ser ameaçado pela união da direita, …

Antigo manual egípcio revela novos detalhes sobre a mumificação

Uma equipa de investigadores descobriu um papiro médico com 3.500 anos que permitiu ajudar a recriar o processo de embalsamento para preparar os antigos egípcios para a vida após a morte. Este é o mais …

Lewandowski investigado por fuga ao fisco nos rendimentos publicitários

O polaco Robert Lewandowski, eleito pela FIFA melhor futebolista em 2020, não pagou impostos pelos seus rendimentos publicitários até 2016, de acordo com uma investigação revelada hoje pela revista Der Spiegel. Segundo a publicação germânica, que …