Linkin Park tocaram para 68 mil pessoas

Chealse V / Flickr

-

Os norte-americanos Linkin Park levaram esta sexta-feira, tal como há dois e há quatro anos, milhares de adolescentes ao Parque da Bela Vista, onde decorre o Rock in Rio Lisboa, para os verem ao vivo.

Até às 23:00 tinham entrado no recinto, de acordo com a organização, 68 mil pessoas. A grande maioria, verificou a Lusa, eram crianças e adolescentes, em grupo ou acompanhados pelos pais.

A banda norte-americana, que toca uma mistura de rap com rock pesado, subiu ao palco já perto das 23:00, tendo, sem muito esforço, conquistado a plateia.

Aos primeiros acordes de temas como “Shadow of the Day”, “Numb”, “In the End” e “Burn It Down”, os espectadores respondiam com gritos e de braços levantados, antecipando os coros.

Em sinal de gratidão, um dos vocalistas, Mike Shinoda, chegou-se à frente do palco e lançou para a plateia uma série de CD com o primeiro single do novo disco, que, disse, “não está disponível em lado nenhum, nem mesmo na internet”. “The Hunting Party” será editado a 16 de junho.

Com a bandeira portuguesa estendida em palco, a banda liderada por Chester Bennington e Mike Shinoda chegou, viu e venceu, mostrando assim porque marcou presença em três das seis edições do Rock in Rio Lisboa.

Por terem entrado em palco cerca de 20 minutos depois da hora prevista (22:30), os Linkin Park acabaram por atuar pouco mais de uma hora.

O público, com assobios insistentes pediu o regresso e a banda acedeu.

No ‘encore’, o DJ Steve Aoki, que tinha atuação prevista depois dos Linkin Park, entrou em cena para tocar com a banda o tema “A Light That Never Comes”, do álbum “Recharge”, que os norte-americanos editaram no ano passado.

Antes dos Linkin Park, atuaram os Queens of the Stone Age.

“Vamos fazer uma noite para não esquecer”, disse o vocalista, produtor e compositor, fundador da banda, Josh Homme, ainda a noite não tinha caído.

Kmeron / Flickr

-

O músico percebeu que o público que tinha em frente não era o mesmo daquele que há um ano o acolheu num concerto no festival Super Bock Super Rock e, por isso, esteve mais comunicativo em palco, a cativar a audiência.

“Amo-vos”, “são uma plateia incrível”, “se pudessem ver o que vejo daqui”, disse o vocalista, acrescentando mais tarde: “não há isqueiros, acendam os vossos telemóveis, quero ver as luzes”, disse antes de começar a tocar “like clockwork”, tema que dá nome ao último álbum.

Para muitos, o concerto foi um compasso de espera para a entrada em cena dos Linkin Park, para outros foi um reviver de canções como “My god is the sun”, “Sick, sick, sick” e “No one knows”.

O festival Rock in Rio Lisboa prossegue hoje, tendo os canadianos Arcade Fire como cabeças-de-cartaz.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

MIT desenvolve mão robótica insuflável (que devolve o tato aos amputados)

Apesar de haver membros biónicos altamente articulados, concebidos para detetar os sinais musculares residuais e imitar roboticamente os seus movimentos pretendidos, a destreza de alta tecnologia tem um custo muito alto. Recentemente, engenheiros do Massachusetts Institute …

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …