Fundador da Uber cria companhia aérea de luxo para ricos irem de férias durante a pandemia

O fundador da Uber criou uma companhia aérea de luxo para que ricos possam ir de férias durante a pandemia de covid-19. A empresa garante que os seus voos são 100% seguros.

Em plena pandemia de covid-19, as autoridades de saúde continuam a pedir restrições mais duras em viagens não essenciais. Enquanto isso, o fundador da Uber, Garrett Camp, criou a Aero, uma companhia aérea de luxo semi-privada para que ricos possam contornar estas restrições e tirar umas férias como se nada fosse.

Na semana passada, escreve a VICE, a Aero fez o seu primeiro voo entre Los Angeles e Aspen, no Colorado, uma cidade turística famosa pelas suas estâncias de esqui. Nos próximos meses, a companhia aérea planeia incluir destinos estrangeiros no seu leque de opções.

A Aero dedica-se unicamente a viagens de lazer e conta com uma pequena frota de aviões que ostentam “interiores luxuosos” com paredes de camurça, “iluminação sofisticada” e assentos de couro italiano costurados à mão.

“Acontece que podemos ter construído o produto perfeito para a covid”, disse a CEO, Uma Subramanian, em declarações à VICE. “Claro que pensamos em adiar, mas na verdade dissemos que este é o melhor momento para fazer algo novo”.

A CEO garante que a segurança sanitária não está a ser descurada e que os seus aviões oferecem “viagens livres de covid”. Os assentos têm um espaçamento de cerca de dois metros entre si e são em fila única, permitindo 16 passageiros por avião. Todos são obrigados a fazer um teste à covid-19 antes do voo e usar uma máscara durante toda a viagem.

Nem todos concordam com essa alegação. Kelley Lee, professora de saúde pública na Universidade Simon Fraser, disse que não há maneira segura de viajar nesta fase da pandemia, especialmente com novas variantes a surgirem.

“Estamos todos fartos. Todos nós queremos ir para o Havai e deitar na praia. Eu entendo isso, porque estamos há um ano e continuamos a dizer-nos o que não podemos fazer”, disse Lee. “Realmente não é hora de movimentar pessoas. Se pudermos ficar o mais perto possível de casa, é assim que vamos superar esta pandemia”.

Além disso, os testes não são 100% fiáveis, porque uma pessoa pode “ser muito infecciosa”, mas ter o vírus numa quantidade pequena demais para ser detetada num teste.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …

Trabalhadores da CP e IP iniciam hoje greve ao trabalho extraordinário e feriados

Os trabalhadores da CP - Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) entram este domingo em greve ao trabalho extraordinário e feriados, até 31 de agosto, por aumentos salariais. A greve, convocada pelo Sindicato …

Mesmo longe da Casa Branca, Trump foi o político republicano que mais arrecadou dinheiro em 2021

O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump é o político do Partido Republicano que mais arrecadou dinheiro este ano, apesar de ter deixado o cargo a 20 de janeiro, segundo a imprensa local. Os comités políticos …

Marcelo satisfeito com reabertura “sensata”. Alívio das restrições arranca hoje

O levantamento gradual das restrições em função da vacinação contra a covid-19 arranca este domingo com regras aplicáveis em todo o território continental, inclusive o limite de horário de encerramento até às 2h00 para restauração …

Restos mortais de morcego-vampiro podem desvendar mistérios sobre a espécie extinta

A descoberta da mandíbula de um morcego que viveu há 100 mil anos pode ajudar a responder a algumas incógnitas sobre a espécie extinta. Os restos mortais foram encontrados numa caverna na Argentina. De acordo com …