Líder do Chega/Açores demite-se após cisão na estrutura regional

Manuel de Almeida / Lusa

O líder do Chega/Açores demitiu-se do cargo, este domingo, após desentendimentos com o também deputado regional José Pacheco, com quem deverá disputar a eleição interna, disseram à agência Lusa fontes partidárias.

“Confirmo que o líder do Chega/Açores pediu a sua demissão e que concordou comigo na necessidade de uma clarificação eleitoral. Enquanto presidente eleito do partido, reunirei imediatamente a direção nacional, na chegada a Lisboa, para que, imediatamente, se desencadeie o processo eleitoral na Região Autónoma dos Açores”, confirmou o líder nacional, André Ventura, que esteve este fim-de-semana no arquipélago, inicialmente só para organizar a corrida autárquica de setembro/outubro.

Fonte regional do partido da extrema-direita adiantou à agência Lusa que Carlos Furtado pretende recandidatar-se à liderança e que o outro deputado regional do Chega, José Pacheco, também vai avançar igualmente para a disputa, previsivelmente a dois.

Face ao desacordo entre os dois dirigentes regionais, Ventura reuniu-se duas vezes com as duas partes mas, segundo a mesma fonte regional, as divergências mantiveram-se, especialmente após a polémica pública sobre o Rendimento Social de Inserção (RSI).

Segundo fontes do Chega na região, os dois deputados preconizam projetos diferentes para o Chega, admitindo-se que, se o atual líder regional perder na eleição interna, o apoio ao Governo regional “não seja tão incisivo”.

A crise regional no partido populista ficou visível com uma mensagem publicada numa página de uma rede social por parte de José Pacheco contra o aumento de beneficiários de RSI verificado naquelas ilhas.

“O Chega continua a defender a urgência em baixar o RSI na região. Aliás, esta é uma bandeira eleitoral do partido e um compromisso assumido pela coligação governamental”, lia-se na publicação. “Estamos atentos e nunca distraídos perante esta e outras situações porque, como diz o sábio bom povo: ‘Não foi isso que combinámos!'”.

A publicação foi depois apagada pelo líder regional, que escreveu que a direção regional do Chega e o próprio têm “a melhor atenção” aos problemas de “excesso RSI” e o “objetivo de se arranjar soluções eficazes, sendo que neste momento as responsabilidades”, que lhes “são imputáveis, não permitem a crítica fácil e populista”.

A diminuição dos beneficiários de RSI nos Açores foi uma das ideias-chave defendidas pelo Chega na campanha eleitoral até ao sufrágio de 25 de outubro de 2020 e uma das principais nas negociações com o PSD/Açores com vista à viabilização do novo Governo Regional, após 24 anos de poder do PS.

O social-democrata José Manuel Bolieiro chefia há pouco mais de 100 dias o Executivo açoriano, em coligação com CDS-PP e PPM, tendo ainda o apoio no Parlamento de Chega e Iniciativa Liberal para completar a maioria parlamentar.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Jogador admite: "Escrevi uma frase racista"

Danilo Avelar está fora dos relvados há muito tempo, começou a jogar mais online e foi expulso. Corinthians também deverá castigar o atleta. Danilo Avelar não joga desde outubro de 2020 mas, mesmo longe dos jogos, …

Morreu o ex-Presidente das Filipinas Benigno Aquino III

O ex-Presidente das Filipinas Benigno Aquino III morreu hoje, aos 61 anos, depois de ter sido hospitalizado em Manila, disseram familiares aos meios de comunicação social locais. O ex-presidente das Filipinas Benigno "Noynoy" Aquino, herdeiro de …

Turista morre durante caminhada pelo Grand Canyon (e o calor excessivo poderá ser o culpado)

Uma mulher residente no estado de Ohio morreu enquanto fazia uma caminhada pelo Grand Canyon. De acordo com as autoridades, a morte estará relacionada com as temperaturas extremas que se faziam sentir. Michelle Meder, de 53 …

"Não temos condições de avançar". Calamidade prorrogada, Portugal recua no desconfinamento

Portugal vai travar o processo de desconfinamento em todo o território nacional, anunciou o Governo em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros desta quinta-feira. O conselho de ministros aprovou a prorrogação da Situação …

Túneis nazis em vulcão inativo da Polónia poderão esconder arquivo da Gestapo

Um grupo de exploradores polaco acredita que estes túneis nazis, construídos durante a II Guerra Mundial num vulcão inativo da Polónia, poderão esconder um arquivo da Gestapo. Uma rede de túneis feita pelos nazis num vulcão …

Portugal com duas mortes, 1.556 casos e menos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas duas mortes associadas à covid-19, 1.556 novos casos de infeções confirmadas, a maioria em Lisboa e Vale do Tejo, uma diminuição nos internamentos em enfermaria e um aumento nos …

Cristiano sai? Juventus tem sete alternativas

Juventus já terá uma lista restrita de possíveis reforços, caso o português deixe Turim durante este verão. Cristiano Ronaldo pode não voltar a jogar pela Juventus e, por isso, o clube de Turim já estuda alternativas …

UNESCO recomenda incluir Veneza na lista de património mundial em perigo

A UNESCO publicou estas recomendações a um mês da próxima sessão do seu comité de património mundial, que se vai realizar na China, de 16 a 31 de julho. Em Veneza, o impacto do turismo de …

No One Britain One Nation Day, (quase) todas as crianças britânicas vão cantar uma canção patriótica

O Governo britânico está a encorajar todas as crianças em idade escolar a cantar uma música patriótica, muito criticada nas redes sociais. O Departamento de Educação do Reino Unido quer que as escolas participem no One …

Descoberta a causa da extinção em massa mais severa dos últimos 540 milhões de anos

A extinção em massa mais dramática nos últimos 540 milhões de anos eliminou mais de 90% das espécies marinhas e 75% das espécies terrestres da Terra. Mas qual foi a sua causa? Embora os cientistas tenham …