Lesões cerebrais tendem a aumentar o fundamentalismo religioso

JMJ Rio 2013 / Flickr

Um estudo publicado na revista Neuropsychologia revela que as lesões numa determinada região do cérebro tendem a aumentar o fundamentalismo religioso no comportamento individual.

“As crenças humanas e, neste caso, as crenças religiosas, são um dos armazenamentos de conhecimento cognitivo e social que nos diferencia de outras espécies e indicativos evolutivos de como os processos cognitivos/sociais influenciaram o desenvolvimento do cérebro humano”, disse o principal autor do estudo, Jordan Grafman, da Universidade Northwestern, nos EUA.

Grafman e a sua equipa examinaram 119 soldados veteranos da guerra do Vietname com lesões na região do cérebro conhecida como córtex pré-frontal ventromedial e 30 veteranos sem histórico de lesões cerebrais.

Os indivíduos com lesões relataram níveis mais altos de fundamentalismo religioso em comparação com os restantes, o que indica que “a variação na natureza das crenças religiosas é governada por áreas cerebrais superiores específicas e essas áreas estão entre as áreas mais desenvolvidas do cérebro humano”, explicou Grafman ao PsyPost.

Estudos anteriores sugeriram que o córtex pré-frontal ventromedial, situado no lobo frontal, era um “centro crítico” na representação de sistemas de crenças.

Este novo estudo revela que os danos no córtex pré-frontal ventromedial tendem a estimular o fundamentalismo religioso, reduzindo a flexibilidade e o planeamento cognitivo processado no córtex frontal – ou seja, a capacidade de atualizar crenças através de novos conhecimentos.

No entanto, Grafman alertou que os resultados da investigação possuem limitações quando são relacionados com outras crenças. “Ainda temos de entender como é que as crenças religiosas são diferentes das crenças morais, legais, políticas e económicas nas suas representações no cérebro“, afirmou o cientista.

Ao mesmo tempo que destacam a importância da descoberta, os cientistas também advertem para uma série de outros fatores que determinam as convicções religiosas de uma pessoa, incluindo traços de personalidade e o ambiente social.

“As crenças moldaram os nossos comportamentos há milhares de anos e dependem de outros aspetos dos processos cognitivos e sociais. Apesar de as crenças poderem ser estudadas de forma independente de outros processos cognitivos/sociais, a sua dependência e interação com outras funções cerebrais será um importante tema de investigação nas próximas décadas”, adiantou Grafman.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • E nos estádios de futebol, estão a ficar repletos deles, depois passamos pela politica é um nunca mais acabar!.

      • São os mesmos!!
        Alguns dos selvagens dos estádios são os mesmos que vão a Fátima (e à missa ao Domingo)!!
        Assim como alguns políticos!… a Cristas ainda ontem disse que ia a Fátima ver o Papa com a família porque é muita religiosa…
        Este centenário das alucinações, perdão, das aparições só vai ajudar a comprovar este estudo!

  1. Qual a diferença entre as religiões ea ciência atual da bola de cristal alarmista? Nenhuma, tudo a mesma seita de aldrabões que proclamam a toda a hora o apocalipse. Sendo que a seita da religião tem cada vez menos adeptos enquanto a seita da ciência tem imensos acéfalos do rebanho.

    • E mais, o raio que parta a seita da ciência que só tem andado a parir problemas neste mundo. Soluções nem uma única ainda para mais e como diz meu irmão, ainda está para nascer a ciência que me coloca comida no prato e ar para respirar.

  2. E mais, o raio que parta a seita da ciência que só tem andado a parir problemas neste mundo. Soluções nem uma única ainda para mais e como diz meu irmão, ainda está para nascer a ciência que me coloca comida no prato e ar para respirar.

RESPONDER

"Burocracia enlouquecida" do pós-Brexit está a "matar" empresas escocesas que exportam marisco para a UE

Desde que a Grã-Bretanha concluiu o processo de negociação do Brexit, a vida dos exportadores britânicos mudou de forma drástica. Apesar de ter havido um acordo comercial com a União Europeia, há várias empresas a …

Manifestantes que invadiram o Capitólio terão recebido uma transferência em bitcoins em dezembro

A Chainalysis, uma empresa de dados de criptomoedas, informou recentemente que grupos e personalidades envolvidos na invasão do Capitólio, nos Estados Unidos, receberam mais de 500 mil dólares em bitcoins de um doador francês, no …

Programador esqueceu-se da password para recuperar 236 milhões de dólares em bitcoin. Já só lhe restam duas tentativas

Um programador alemão que vive em São Francisco, nos Estados Unidos, não se recorda da sua password do disco que lhe dará acesso à sua carteira digital, onde tem 7.002 bitcoins, que valem, segundo a …

PGR abre inquérito ao caso do procurador europeu José Guerra

O Ministério Público instaurou um inquérito ao caso da nomeação do procurador europeu no seguimento da participação criminal apresentada pela Ordem dos Advogados e de uma denúncia anónima. "Na sequência de denúncia apresentada pela Ordem dos …

Donald Trump diz que "reconstruir o Exército foi uma honra"

O Presidente cessante dos Estados Unidos enviou, esta quinta-feira, uma mensagem às tropas norte-americanas, dizendo que "reconstruir o Exército foi uma honra", destacando o investimento da sua administração no Pentágono. "Foi uma honra reconstruir o nosso …

Julgamentos de Tancos e do homicídio no SEF suspensos após caso de covid-19

As próximas sessões do julgamento de Tancos e do homicídio do cidadão ucraniano nas instalações do SEF foram suspensas depois de o advogado Ricardo Sá Fernandes, que representa arguidos nos dois casos, ter testado positivo …

"Uma tragédia anunciada". Manaus não tem oxigénio para tratar doentes

Manaus, capital do estado do Amazonas, no Brasil, está a atravessar uma situação caótica devido ao aumento de casos covid-19 e à falta de oxigénio dos hospitais. Imagens que circulam nas redes sociais mostram as próprias famílias …

Wayne Rooney termina carreira de jogador para treinar Derby a tempo inteiro

O antigo internacional inglês terminou a carreira de futebolista, aos 35 anos, para assumir o cargo de treinador do Derby County, anunciou, esta sexta-feira, o clube da segunda divisão inglesa. Wayne Rooney, que assinou contrato até …

Populistas europeus que o apoiavam desvinculam-se agora de Trump

A derrota eleitoral de Donald Trump, a sua recusa em aceitá-la e a violência que se seguiu parecem ter prejudicado as perspetivas de líderes de europeus populistas, apoiantes do Presidente dos Estados Unidos (EUA). "O que …

Carvalhal explica porque é que disse "não" ao Flamengo

Carlos Carvalhal explicou, em entrevista ao Esporte Interactivo, porque é que recusou o convite para treinar os brasileiros do Flamengo. "Não foi uma questão de não querer, foi não poder", explicou o técnico, que agora …