“Lesados de Medina” ameaçam apresentar queixa contra Câmara de Lisboa

Duas semanas. Este foi o prazo estipulado pela Associação “Os lesados de Medina” que exige à Câmara Municipal de Lisboa uma resposta sobre o leilão de arrendamento anulado pela autarquia em abril.

Os cidadãos que concorreram ao leilão da empresa municipal Lisboa Ocidental SRU e que se sentem prejudicados porque ganharam, mas não lhes chegou a ser atribuída a habitação, constituíram uma associação informal e ponderam apresentar queixa contra o município.

“Nós estamos aqui porque queremos uma resposta nos próximos 15 dias por parte da Câmara”, disse aos jornalistas Rita Castaño, uma das pessoas que venceu este leilão, mas que ainda não teve direito à habitação que licitou.

Os vencedores deste leilão a quem não foi entregue a casa juntaram-se e entregaram esta terça-feira, nos Paços do Concelho, uma carta endereçada ao presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

Os cidadãos pedem uma “resposta séria, uma resposta válida”, porque “não é o que tem acontecido”, uma vez que “cada resposta que dá é uma trapalhice maior” e, caso essa resposta não chegue no prazo indicado, os cidadãos vão “fazer queixa junto da Provedoria de Justiça”, salientou Rita Castaño.

A carta, através da qual reivindicam o seu “direito à habitação”, foi entregue em nome “das famílias que serão prejudicadas pela possível anulação do polémico leilão de rendas da SRU e que investiram tempo, dinheiro e expectativas no procedimento de arrendamento”.

Para ganharem força nas suas reivindicações, estes cidadãos constituíram informalmente a associação “Os lesados de Medina“.

Na quinta-feira, os vereadores aprovaram uma proposta dos vereadores do Urbanismo, Manuel Salgado, e das Finanças, João Paulo Saraiva, no sentido de “reiterar as orientações transmitidas à Lisboa Ocidental SRU” relativamente ao leilão, “diligenciando para que o concurso seja anulado”.

O documento aponta também que deve ser “aplicável a estes e a futuros arrendamentos o regime da renda convencionada, devendo as mesmas orientações ser implementadas por aquela empresa”.

A proposta conta que foram dadas indicações para anular o procedimento, mas ainda assim foi permitido o arrendamento a três cidadãos em “risco real e iminente de perda de habitação própria”, através da “aplicação da renda mínima prevista no procedimento, e observando, com as devidas adaptações, as normas do Programa de Rendas Convencionadas”.

No mesmo dia foi ordenada a “abertura de novo procedimento para o arrendamento das frações remanescentes, no âmbito do Programa das Rendas Convencionadas, em articulação com a vereadora da Habitação”, Paula Marques. Estas medidas foram ordenadas pelo vereador Manuel Salgado, através de despacho.

“Tendo ganho um concurso, não faz sentido isto acontecer”, considerou Rita Castaño, considerando que a decisão foi “injusta para todos os concorrentes deste concurso, que foram à volta de 120″.

Na opinião dos “lesados”, todos os concorrentes “têm direito a uma resposta positiva, seja ela uma casa pelo mesmo valor, seja ela uma indemnização, qualquer coisa, mas sólida, verdadeira e justa”.

A munícipe apelou a todos os concorrentes que se juntem à associação, por forma a terem “mais gente e mais peso”, para conseguirem, “de uma forma mais formal, chegar mais longe”.

Também presente na Praça do Município, o vereador do CDS-PP João Gonçalves Pereira, ironizou que “onde há um Medina e há um Salgado, alguém acaba lesado“, e reiterou que irá “de tudo fazer para que estas 120 pessoas vejam a sua situação resolvida”, incluindo medidas de teor “político e jurídico”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Boas notícias" na Saúde. Costa promete mexidas nas taxas moderadoras já no Orçamento

No conselho de ministros desta quarta-feira, o Governo vai aprovar um plano de investimentos plurianuais no SNS, para a contratação de recursos humanos e aquisição de equipamentos. O primeiro-ministro, António Costa, prometeu aumentar o investimento na …

AMA deixa a porta aberta para russos competirem como atletas neutros

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) considerou esta segunda-feira que dificilmente o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) anulará os quatro anos fora das competições internacionais com que sancionou a Rússia, devido a questões relacionadas com doping. A …

Portugal na pior posição de sempre no Índice de Desempenho das Alterações Climáticas

Portugal caiu oito lugares no Índice de Desempenho das Alterações Climáticas (CCPI), com o desempenho do país a descer em quase todas as categorias, segundo o "Índice 2020" divulgado esta terça-feira. Com a pior posição de …

Costa pede a Bruxelas que IVA da luz possa variar com consumo

O primeiro-ministro enviou, esta terça-feira, uma carta à presidente da Comissão Europeia solicitando a alteração de critérios do IVA da energia para permitir a variação da taxa "em função dos diferentes escalões de consumo". No debate …

Uma ode aos sem-abrigo. Banksy presenteia Birmingham com uma nova obra de arte

Desta vez, Banksy deixou a sua marca na cidade britânica de Birmingham. A nova obra de arte, composta por duas renas, é uma ode aos sem-abrigo e à solidariedade da cidade britânica. Numa parede da cidade …

Morreu o ator José Lopes. Amigos fazem apelo para pagar o funeral

Morreu o ator José Lopes, aos 61 anos. A notícia está a ser avançada por vários amigos e familiares através das redes sociais. O ator José Lopes, de 61 anos, terá sido encontrado dias depois de …

Governo Regional acusa República de dever à Madeira cerca de 427 milhões

A República detém uma dívida acumulada com a Madeira desde 2015 na ordem dos 427 milhões de euros, declarou o vice-presidente do Governo Regional. “Sobre a ajuda do Governo da República à Madeira temos vindo a …

Governo da Tunísia paga recompensas por denúncias de corrupção

O primeiro-ministro tunisino, Youssef Chahed, ofereceu esta segunda-feira recompensas até 50 mil dinares (16 mil euros) a quem denunciar situações de corrupção e colaborar com a Instância Nacional de Luta Contra a Corrupção (INLUCC). Ao discursar …

Sydney. Qualidade do ar perigosa devido a incêndios no leste da Austrália

A qualidade do ar em Sydney atingiu esta terça-feira um nível perigoso devido à densa camada de fumo proveniente dos incêndios florestais, no leste da Austrália, indicou o Departamento de Meteorologia australiano. "Os ventos fracos e …

Governo prevê superavit de 0,2% e crescimento de 2% em 2020

O líder parlamentar do Partido Ecologista “Os Verdes” revelou esta terça-feira que o Governo prevê para o próximo ano um excedente orçamental de 0,2% e um crescimento de 2%. José Luís Ferreira, líder parlamentar do Partido …