Lesados do BES processados pelo Novo Banco

António Cotrim / Lusa

Manifestação dos lesados do papel comercial do BES, promovida pela Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial, em frente a sede do Novo Banco, em Lisboa

Manifestação dos lesados do papel comercial do BES, promovida pela Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial, em frente a sede do Novo Banco, em Lisboa

O Novo Banco já tinha ameaçado os lesados do BES com uma possível ação judicial caso continuassem os protestos nas suas instalações. A promessa foi cumprida no início deste mês.

No início deste verão, nomeadamente em maio e depois em junho, a instituição já tinha prometido que ia tomar medidas legais contra o comportamento dos lesados nas suas instalações.

Ana Bela Rodrigues é a primeira cliente constituída arguida no processo em tribunal levado a cabo pelo Novo Banco, revela esta segunda-feira o jornal Sol.

Desempregada e com 46 anos de idade, Ana Bela foi notificada no dia 9 de outubro da respetiva ação judicial e, na quarta-feira passada, foi chamada para depor no posto da GNR da sua área de residência.

A lesada do BES contou ao Sol que foi constituída arguida por “ofensas verbais a três colaboradores do Novo Banco”, estando agora sujeita ao termo de identidade e residência.

De acordo com esta medida de coação, a antiga cliente não pode mudar de residência nem ausentar-se por mais de cinco dias sem comunicar às autoridades.

O Sol teve acesso ao auto de constituição de arguido, o qual mostra que Ana Bela optou pelo silêncio durante o interrogatório feito pela GNR.

“Não respondi porque a ação judicial diz respeito a protestos com centenas de lesados, incluindo emigrantes, à porta do banco e não à minha vigília diária. Não provoquei qualquer incidente, mas como os gestores e funcionários do banco já me conhecem e sabem o meu nome, eu sou o alvo do processo”, explicou.

Ana Bela está há quase cem dias em vigília na sede do Novo Banco, em Lisboa, e contabiliza quase 700 horas em “protesto silencioso”. Porém, garante que a tentativa do Novo Banco para “assustar” os clientes não a demove do seu principal objetivo.

“Voltei para a porta da sede do Novo Banco. Não vou desistir do meu protesto enquanto não me devolverem o meu dinheiro”, afirma.

De acordo com a informação apurada pelo mesmo jornal, um outro lesado do BES, Paulo Campos, é alvo da mesma ação judicial mas ainda não foi notificado.

Os dois terão certamente o apoio da Associação de Lesados e Indignados do Papel Comercial, a qual considera que estas ameaças por parte do Novo Banco não vão ter sucesso.

“Não vamos amedrontar-nos ou abandonar a reivindicação até a situação estar resolvida”, afirma Ricardo Ângelo, presidente da AIEPC.

Aliás, a associação está já a preparar mais uma mobilização, ainda sem data definida. Mas uma coisa parece estar certa: os lesados vão manifestar-se no local da tomada de posse do novo Governo.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Esta é uma notícia fantástica, porque mostra a que ponto, as pretensas “pessoas de bem” não olham a meios para defenderem a sua posição, por mais ilegítima que ela seja. Assim, a pessoa Novo Banco lança mão de um expediente ilegítimo para amedrontar e achincalhar, quiçá quebrar, aqueles que foram criminosamente espoliados daquilo que lhes pertencia (cf. nas palavras da arguida: “Não provoquei qualquer incidente, mas como os gestores e funcionários do banco já me conhecem e sabem o meu nome, eu sou o alvo do processo”. Grande expediente, hein?! A situação fez-me recordar um caso que se passou há uns anos: um desastrado assaltante ficou preso quando tentava entrar para assaltar uma residência ou um comercio. Aproveitando a imobilização do assaltante, ou drogadito, o dono aplicou-lhe umas valentes bordoadas no lombo! Quando se viu livre, o assaltante frustrado apresentou queixa contra o que lhe tinha dado uma achega! Neste caso, ao não reembolsarem aqueles que foram burlados pelo BES, também o Novo banco estava a pedi-las. E parece-me que a procissão apenas vem no adro…
    Força a todas as vítimas do BES! Não se calem, pois quem cala consente!

  2. Um espetaculo estas leis……o povo é roubado à força e nada fazem……SOCRETES rouba à grande e ainda tem beneficios…… Portugal está podre…..Portugal precisa de outro 25 Abril mas com fogo……

  3. Sao 400.000.euros.trabalho da Franca de 40 anos.Nao a palavras?!Este Pais nao pode ter perdao,pelo mal que me fez.Trabalho da Franca,para gatunos em Portugal.

    • A ignorância é mesmo triste!…
      Então põe-se a fazer investimentos de risco e a comprar papel comercial e o país é que tem culpa?!
      Para a próxima não seja tão ganancioso e informe-se antes de investir (e de assinar os papeis)!!

  4. E muito bem!!
    Se são gananciosos e ignorantes e não sabem ler o que assinam, que culpa tem o Novo Banco?!
    Compraram papel comercial sem sem se preocuparem em sequer saber o que era (a pensar que iram ficar ricos!) e, como deu para o torto, agora são todos coitadinhos e foram todos enganados!…
    Tá bonito…
    Pelo menos, iam atrás do Salgado e companhia, não dos funcionários do NB que nada tem a ver com o assunto!!

RESPONDER

12 mil anos de história genética mostram que todos os caminhos vão (mesmo) dar a Roma

Afinal, pode haver alguma verdade no famoso provérbio que diz que "todos os caminhos vão a Roma". Essa é a conclusão de investigadores que descobriram a rica história genética da área. No auge do Império Romano, …

Nuno Manta Santos anuncia saída do Marítimo

Nuno Manta Santos deixou de ser o treinador do Marítimo, anunciou, esta segunda-feira, o técnico na sua página do Facebook, deixando a equipa insular no 14.º lugar da I Liga portuguesa de futebol. A saída do …

Marcelo nota "salto" nas relações com Itália mas deixa um desafio à comunidade portuguesa

Esta segunda-feira, em Roma, o Presidente da República considerou que houve "um salto humano" nas relações luso-italianas e um "estreitamento" em termos culturais, económicos e políticos, mas pediu à comunidade portuguesa para "ir mais longe". "Agora …

Falta de funcionários. Brandão Rodrigues responsabiliza algumas escolas por atraso no processo

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, lembrou que algumas escolas demoraram a iniciar o processo de contratação de funcionários, garantindo que atualmente há muito mais assistentes e novas formas de colmatar as necessidades dos …

Cientistas inventam novo método para testar neurotoxinas letais sem usar cobaias

Os testes em animais não vão ser mais precisos relativamente a um grupo de neurotoxinas mortais, graças a uma nova investigação da Universidade de Queensland, na Austrália. Por mais benéfica que a Ciência seja para a Humanidade, …

México concede asilo a Morales. Ex-Presidente da Bolívia promete regressar "com mais força"

O ex-Presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou na segunda-feira que está de partida para o México, país que lhe concedeu asilo político, mas prometeu regressar brevemente "com mais força e energia", um dia depois de …

Avós e tios do bebé encontrado no lixo vivem em Portugal

Os avós e os tios do bebé recém-nascido encontrado, na semana passada, num caixote do lixo, em Lisboa, vivem em Portugal e já foram contactados pelo embaixador cabo-verdiano. Em declarações ao jornal Público, o embaixador Eurico …

Aranhas e formigas inspiram metal que não se afunda

Cientistas criaram um metal altamente hidrofóbico que não se consegue afundar. As possíveis aplicações deste material estão a entusiasmar a comunidade científica. A tradição de os humanos se inspirarem nos animais e na natureza para algumas …

Hubble capta uma galáxia que tem 12 clones no céu

O telescópio espacial Hubble captou uma galáxia que parece ter sido duplicada várias vezes, aparecendo em regiões distantes do Universo. A galáxia, apelidada de Sunburst Arc, fica a a quase 11 mil milhões de anos-luz da …

Exoplanetas, explosões de estrelas e mais de mil objetos desconhecidos. Vídeo da NASA mostra "a beleza da paisagem cósmica"

https://vimeo.com/371950351 A NASA revelou esta terça-feira um panorama em vídeo do céu austral (hemisfério celestial sul), construído graças a 208 imagens captadas pelo caçador de planetas TESS (Exoplanets in Transit) durante um ano. Em comunicado, a …