Lava Jato usou os mesmos métodos de espionagem clandestina que o FBI

PT - Partido dos Trabalhadores / Flickr

Deltan Dallagnol

A operação Lava Jato usou os mesmos métodos de espionagem utilizados por John Edgar Hoover, o temível líder do FBI durante quase 50 anos.

Durante quase 50 anos, John Edgar Hoover liderou o FBI, ficando conhecido por atuar de forma clandestina para sabotar, intimidar e perseguir adversários políticos. Em vários ocasiões, Hoover ignorou a Constituição norte-americana para espiar inimigos da nação, como por exemplo Martin Luther King.

O The Intercept escreve que, no Brasil, a operação Lava Jato atuou de forma semelhante à de Hoover. Clandestinamente, fez escutas ilegais, divulgou conversas de jornalistas críticos da operação e perseguiu adversários políticos.

Esta semana, o procurador-geral da República Augusto Aras começou a abrir a chamada “caixa de segredos” e acusou a operação de investigar 38 mil brasileiros de maneira clandestina.

O primeiro a sair em defesa da operação foi Sérgio Moro, o ex-juiz acusado de estar envolvido nele. O antigo ministro da Justiça de Jair Bolsonaro disse desconhecer “segredos ilícitos no âmbito da Lava Jato”.

“Ao contrário, a Operação sempre foi transparente e teve suas decisões confirmadas pelos tribunais de segunda instância e também pelas Cortes superiores, como STJ e STF”, escreveu ainda numa mensagem divulgada na rede social Twitter.

Por sua vez, a força-tarefa de procuradores da Lava Jato em Curitiba nega as acusações de espionagem. “É falsa a suposição de que 38 mil pessoas foram escolhidas pela força-tarefa para serem investigadas. Esse é o número de pessoas físicas e jurídicas mencionadas em Relatórios de Inteligência Financeira encaminhados pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF)”.

No entanto, a reportagem do The Intercept em colaboração com a ‘Folha’, mostra que a Lava Jato conseguiu acesso a vários dados de brasileiros na Receita Federal. Lá, um funcionário repassava informações de maneira informal.

“A independência funcional dos membros do Ministério Público é uma garantia de que o serviço prestado se guiará pelo interesse público, livre da interferência de interesses diversos por mais influentes que sejam”, refutam os procuradores da Lava Jato.

Através do Telegram, a Lava Jato atuava com uma agenda eleitoral, protegia aliados e procurava impedir o regresso do Partido dos Trabalhadores (PT) ao poder.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Olha, há coisas erradas no Brasil, o tal do Moro parece que realmente protegia o pessoal do PSDB, mas tomar o IntercePT como fonte confiável de alguma coisa é pedir para ser cahamado de burro !
    Foi só o Moro (o maior traidor do Braisil) sair do ministério e a policia já começou a ir atrás dos tucanos do PSDB. No entanto, e só não vê quem não quer, é que essa narrativo do IntercePT está tentando inocentar o a outra gang de bandidos : o PT !
    Graças a Deus, coloacamos Bolsonaro no poder, e aos poucos ass coisas vão indo para o lugar . Mesmo com dezenas de traidores e infiltrados tentando sabotar o governo e a liberdade de expresão do próprio povo, Bolsonaro está conseguindo superar as dificuldades.
    Moro não é de condiança? Não ! mas muito menos a bandidagem grossa do PT e do PSol, dos quais o IntercePT é um vassalo .

RESPONDER

Restaurantes "expressamente proibidos" de guardar comprovativos de testes dos clientes

Os restaurantes dos concelhos em risco elevado e muito elevado, onde é necessário um teste negativo ou o certificado digital por parte dos clientes para poderem entrar, estão "expressamente proibidos" de guardar os comprovativos. A regra …

City pode ter de sacrificar Bernardo Silva para contratar Kane

O médio português poderá ter de ser "sacrificado" pelo Manchester City para financiar a contratação do avançado inglês ao Tottenham. Segundo o The Sun, para garantir a transferência de Harry Kane, o Manchester City terá de …

Não é só o BE, PCP e PAN que têm exigências. PS pressiona Leão com descida de IRS

As exigências para o próximo Orçamento do Estado (OE2022) não chegam apenas do Bloco de Esquerda, PCP e PAN. O PS também as tem e pressiona o ministro das Finanças por uma eventual mexida nos …

Alemanha não tem feito o suficiente para atingir metas do Acordo de Paris, diz Merkel

Chanceler alemã não está satisfeita com os esforços feitos pelo seu país ao longo das últimas décadas, defendendo que é preciso "acelerar o ritmo" para cumprir os objetivos estabelecidos pelo Acordo de Paris. Na tradicional conferência …

Soualiho Meité assina com o Benfica por cinco épocas

O médio francês, que representava o Torino, é o mais recente reforço do Benfica, tendo assinado contrato por cinco temporadas, até 2026, anunciou, esta sexta-feira, o clube das águias. "O Sport Lisboa e Benfica informa que …

Descoberta antiga estrada Romana no fundo da Lagoa de Veneza

Um novo estudo revela novas evidências da presença de uma antiga estrada Romana nas profundezas da Lagoa de Veneza, em Itália. De acordo com o site Science Alert, uma série de estruturas antigas foi descoberta nas …

Costa não vai ao Porto apresentar candidato. Tiago Barbosa Ribeiro desvaloriza (e acena com Santos Silva)

Tiago Barbosa Ribeiro vai apresentar a sua candidatura à Câmara Municipal do Porto no domingo, mas o secretário-geral do partido não vai estar presente. António Costa, secretário-geral do PS, escolheu Vila do Conde para a apresentação …

Incidência a subir nos mais idosos. Internados em UCI continuam a aumentar

A taxa de incidência de infeções por covid-19 acumulada a 14 dias é mais elevada entre a faixa etária dos 20 aos 29 anos, mas o maior aumento registou-se nas pessoas com mais de 80. Segundo …

Os tomates têm uma espécie de sistema nervoso que avisa sobre ataques

Os tomates que estão a ser comidos por insetos usam sinais elétricos para enviar um alerta para o resto da planta, semelhante à forma como o nosso sistema nervoso avisa sobre danos. E que efeito têm …

DGS e Infarmed afastam terceira dose da vacina (e especialistas só querem vacinar jovens com comorbilidades)

O Infarmed afastou a necessidade de reforço da vacinação contra a covid-19 com uma eventual terceira dose. Em relação aos jovens entre os 12 e os 15 anos, a maioria dos especialistas da task force …