Lava Jato usou os mesmos métodos de espionagem clandestina que o FBI

PT - Partido dos Trabalhadores / Flickr

Deltan Dallagnol

A operação Lava Jato usou os mesmos métodos de espionagem utilizados por John Edgar Hoover, o temível líder do FBI durante quase 50 anos.

Durante quase 50 anos, John Edgar Hoover liderou o FBI, ficando conhecido por atuar de forma clandestina para sabotar, intimidar e perseguir adversários políticos. Em vários ocasiões, Hoover ignorou a Constituição norte-americana para espiar inimigos da nação, como por exemplo Martin Luther King.

O The Intercept escreve que, no Brasil, a operação Lava Jato atuou de forma semelhante à de Hoover. Clandestinamente, fez escutas ilegais, divulgou conversas de jornalistas críticos da operação e perseguiu adversários políticos.

Esta semana, o procurador-geral da República Augusto Aras começou a abrir a chamada “caixa de segredos” e acusou a operação de investigar 38 mil brasileiros de maneira clandestina.

O primeiro a sair em defesa da operação foi Sérgio Moro, o ex-juiz acusado de estar envolvido nele. O antigo ministro da Justiça de Jair Bolsonaro disse desconhecer “segredos ilícitos no âmbito da Lava Jato”.

“Ao contrário, a Operação sempre foi transparente e teve suas decisões confirmadas pelos tribunais de segunda instância e também pelas Cortes superiores, como STJ e STF”, escreveu ainda numa mensagem divulgada na rede social Twitter.

Por sua vez, a força-tarefa de procuradores da Lava Jato em Curitiba nega as acusações de espionagem. “É falsa a suposição de que 38 mil pessoas foram escolhidas pela força-tarefa para serem investigadas. Esse é o número de pessoas físicas e jurídicas mencionadas em Relatórios de Inteligência Financeira encaminhados pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF)”.

No entanto, a reportagem do The Intercept em colaboração com a ‘Folha’, mostra que a Lava Jato conseguiu acesso a vários dados de brasileiros na Receita Federal. Lá, um funcionário repassava informações de maneira informal.

“A independência funcional dos membros do Ministério Público é uma garantia de que o serviço prestado se guiará pelo interesse público, livre da interferência de interesses diversos por mais influentes que sejam”, refutam os procuradores da Lava Jato.

Através do Telegram, a Lava Jato atuava com uma agenda eleitoral, protegia aliados e procurava impedir o regresso do Partido dos Trabalhadores (PT) ao poder.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Olha, há coisas erradas no Brasil, o tal do Moro parece que realmente protegia o pessoal do PSDB, mas tomar o IntercePT como fonte confiável de alguma coisa é pedir para ser cahamado de burro !
    Foi só o Moro (o maior traidor do Braisil) sair do ministério e a policia já começou a ir atrás dos tucanos do PSDB. No entanto, e só não vê quem não quer, é que essa narrativo do IntercePT está tentando inocentar o a outra gang de bandidos : o PT !
    Graças a Deus, coloacamos Bolsonaro no poder, e aos poucos ass coisas vão indo para o lugar . Mesmo com dezenas de traidores e infiltrados tentando sabotar o governo e a liberdade de expresão do próprio povo, Bolsonaro está conseguindo superar as dificuldades.
    Moro não é de condiança? Não ! mas muito menos a bandidagem grossa do PT e do PSol, dos quais o IntercePT é um vassalo .

RESPONDER

StayAway Covid conta mais de um milhão de utilizadores

StayAway Covid, a aplicação móvel que permite rastrear as redes de contágio de covid-19, já foi descarregada por mais de um milhão de pessoas, 19 dias após o seu lançamento. O administrador do Instituto de Engenharia …

Bielorrússia. 440 pessoas detidas violentamente após se juntarem na "marcha da justiça"

Mais de 440 pessoas foram detidas no domingo em várias cidades da Bielorrússia por participarem em protestos contra o Presidente do país, Alexander Lukashenko, informou esta segunda-feira o Ministério do Interior bielorrusso. Em todo o país, …

"Sim" vence referendo para reduzir um terço dos deputados em Itália

O “sim” à redução em um terço dos deputados em Itália venceu o referendo realizado no domingo e hoje com 60% a 64% dos votos, segundo sondagens à boca das urnas citada pela agência Lusa. O …

Depois de vários boicotes à atividade de Navalny, Supremo dissolve o seu partido político

O Supremo tribunal da Rússia dissolveu hoje o partido político "A Rússia do Futuro", fundado pelo líder da oposição Alexei Navalny, hospitalizado na Alemanha após ser envenenado com o agente neurotóxico Novichok, de acordo com …

"Solução Milagrosa" também é vendida em Portugal para tratar covid-19. Infarmed avisa que é "uma lixívia"

A Solução Mineral Milagrosa, ou MMS, está também a ser vendida em Portugal como tratamento para a covid-19, tal como tem acontecido noutros países. Mas o Infarmed alerta que este produto é, basicamente, "uma lixívia" …

Carlos César defende que o próximo PR deverá ser um "contribuinte de estabilidade política"

O presidente do PS, Carlos César, disse hoje que o próximo chefe de Estado português deve ser um "contribuinte da estabilidade política", atuando "contra todos os extremismos" e valorizando as autonomias da Madeira e Açores. Carlos …

Marcelo assinala 75 anos da ONU com a frase que veio "mudar o mundo para sempre"

O Presidente da República apelou hoje ao compromisso de todos para com a ONU, 75 anos depois da sua criação. Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que isso se torna ainda mais urgente com as consequências …

Pelo menos 270 baleias piloto estão encalhadas na Tasmânia. Austrália já lançou operação de resgate

Cerca de 270 baleias piloto ficaram encalhadas numa área remota da ilha da Tasmânia, no sul da Austrália, e três baleias corcundas conseguiram encontrar o caminho do mar após permanecerem num rio infestado de crocodilos …

Academia de Alcochete passa a chamar-se Academia Cristiano Ronaldo

A Academia do Sporting vai passar a ter o nome de Cristiano Ronaldo, futebolista formado no clube, como forma de homenagear o “melhor jogador português de todos os tempos”, anunciou esta segunda-feira o emblema lisboeta. “O …

Desemprego volta a aumentar. Há 409 mil inscritos nos centros de emprego

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego aumentou 34,5% em agosto em termos homólogos e 0,5% face a julho, segundo dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP). De acordo …