Príncipe herdeiro dos Emirados Árabes Unidos encontrado morto

marianovivanco / Instagram

Khalid Al Qasimi, um dos príncipes herdeiros dos Emirados Árabes Unidos

Um príncipe herdeiro dos Emirados Árabes Unidos, de 39 anos, foi encontrado morto em Londres, onde trabalhava como estilista de moda, confirmou hoje a polícia britânica que não adiantou detalhes sobre as circunstâncias da morte.

Khalid Al Qasimi, o segundo filho do xeque Mohammed Al Qasimi trabalhava como criador de moda e o seu corpo foi encontrado sem vida na segunda-feira, quando os serviços de emergência foram chamados à morada do apartamento, no bairro de Knightsbridge.

A polícia metropolitana de Londres investiga agora as causas da morte, depois de a autópsia, realizada na terça-feira, não ter sido conclusiva.

O estilista fundou a sua marca de moda em 2016, com o nome de Qasimi, e apresentou, com sucesso, as suas coleções em desfiles nas Semanas da Moda de Londres e Paris.

Os Emirados Árabes Unidos decretaram três dias de luto, com as bandeiras a meia haste, em memória do príncipe xeque Khalid bin Sultan Al Qasimi.

O príncipe herdeiro mudou-se para o Reino Unido quando tinha nove anos e, depois dos estudos na cidade de Tonbridge, frequentou a University College de Londres. Continuou o seu percurso em arquitetura e moda na universidade de artes Saint Martins Central.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …

Soldados da Guerra Civil dos EUA pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias

Investigadores encontraram evidências que indicam que soldados da Guerra Civil norte-americana pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias. Escavações em Camp Nelson, no Kentucky, revelaram restos de um estúdio de fotografia com 150 anos, o …

Chuva, vento forte e neve. Mau tempo vai agravar-se nas próximas 48 horas

A Proteção Civil alertou este domingo para um agravamento do estado do tempo nas próximas 48 horas, com períodos de chuva, possibilidade da queda de neve nas terras alta do norte e centro e ainda …

Descoberta nova espécie de aranha-violinista no Vale do México

Cientistas identificaram, no México, uma nova espécie de aranha com um veneno que, apesar de não ser fatal, é capaz de causar necrose na pele humana. Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional Autónoma do México …

Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas …

COP25 aprovou conclusões. Não há acordo para regulação dos mercados de carbono

A cimeira da ONU sobre o clima terminou hoje em Madrid assinalando a urgência para conter as alterações climáticas, mas a mais longa cimeira sobre o clima de sempre sem chegar a acordo nos pontos …

Afinal, os deuses da Antiguidade eram às cores (e já as podemos ver)

https://vimeo.com/379277357 Nos nossos livros da escola e em museus de todo o mundo, as obras de arte da antiga Grécia e Roma não têm cores: são simples, puro e branco mármore. Mas será este apenas um mito? …

A sede do petróleo está a levar os povos indígenas do Equador à extinção

Os povos indígenas do Equador estão sob ameaça dos interesses do território em que habitam. Quase metade das reservas equatorianas de petróleo estão debaixo do Parque Nacional Yasuní. Os interesses dos políticos e dos grandes magnatas …