Kenneth chegou a Moçambique. Ciclone pode ser o maior de sempre

Tiago Petinga / Lusa

Depois do Idai, a tempestade chegou com a força de um furacão de categoria 4 e entrou esta quinta-feira em Moçambique com ventos de 285km/hora e chuvas intensas.

Um mês depois do ciclone Idai ter devastado Moçambique, outra tempestade tropical atingiu o norte do país com rajadas de vento de 285km/hora e chuvas intensas, valores superiores aos registados no Idai e equivalentes à categoria 4.

O ciclone Kenneth já provocou pelo menos um morto em Pemba, capital da província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, devido à queda de um coqueiro, confirmou a proteção civil à Lusa.

O ciclone começou a aproximar-se de Pemba no início da tarde desta quinta-feira. De acordo com o Observador, há informação de uma outra vítima mortal que está por confirmar na vila de Macomia, cerca de 150 quilómetros a norte, na mesma província de Cabo Delgado, acrescentou outra fonte, realçando que a falta de energia e comunicações está a dificultar o levantamento da situação.

O Kenneth está mover-se em direção a oeste-sudoeste a 18 quilómetros por hora e estima-se que vá afetar 700 mil pessoas. A zona de Cabo Delgado deverá ser a mais atingida por esta tempestade tropical.

Vários locais da região de Pemba foram evacuadas de imediato devido aos ventos e chuvas fortes. A companhia aérea Moçambicana LAM decidiu também suspender os voos entre Maputo e Pemba.

Este ciclone foi o primeiro a chegar ao norte de Moçambique desde que há registos (há 60 anos). O ano de 2019 fica na história como o primeiro em que o país foi atingido por dois ciclones de categoria dois ou superior na mesma época chuvosa. O Idai, que atingiu o território em março, foi classificado com categoria três.

Segundo um morador da vila de Macomia, sede de distrito no caminho previsto do ciclone Kenneth pela província de Cabo Delgado, o princípio da noite foi caótico, tendo em conta a velocidade do vento e a intensidade da chuva. Um outro morador realçou que, antes de anoitecer, já havia árvores caídas e estragos nalguns edifícios públicos e casas de construção precária.

Ao princípio da noite, a situação era relativamente calma em Mocímboa da Praia e Palma, a norte do corredor de passagem prevista do ciclone, assim como na capital provincial, Pemba, a sul do trajeto previsto, disseram várias fontes contactadas pela Lusa. Só a dimensão a que estava a chegar a ondulação impressionava alguns residentes na capital de Cabo Delgado, que relataram estragos no clube naval da cidade.

Ao longo da noite desta quarta-feira, o vento forte e a chuva provocaram também estragos nas ilhas Comores, região vizinha de Moçambique, e mataram três pessoas, de acordo com o Presidente Azali Assoumani, citado pela Reuters. As autoridades das ilhas, que ficam perto de Madagáscar, encerraram os aeroportos e escolas durante 24 horas por precaução.

O governo moçambicano já ativou um fundo de emergência de 1,3 milhões de euros para ajudar as potenciais vítimas do ciclone. “Fizemos um levantamento preliminar daquilo que serão as necessidades e estão estimadas em cerca de 100 milhões de meticais (1,3 milhões de euros)”, disse a diretora-geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), Augusta Maita.

O alerta vermelho foi anunciado na manhã de quarta-feira e, além do norte de Moçambique, o ciclone poderá ainda afetar o sul da Tanzânia, país vizinho.

Segundo a BBC, o Kenneth pode ser o maior ciclone algumas vez registado a atingir a região de Moçambique.

Filipe Nyusi pediu esta quinta-feira à população que mantenha a calma e não entre em pânico. “O grande problema, neste momento, são as chuvas recorrentes e os ventos que sopraram, mas a dimensão está sob controlo”, garantiu o Presidente moçambicano, citado pela Rádio Moçambique.

O Presidente apelou ainda à “solidariedade e união” entre todos.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Caro ZAP, penso que a expressão “285km/horas” não está correcta, o certo seria 285km/hora ou 285km/h, espero não estar enganado.

RESPONDER

Um “caixão” nuclear da Guerra Fria pode estar prestes a colapsar

Durante a Guerra Fria, os EUA lançaram 67 bombas atómicas nas Ilhas Marshall, no oceano Pacífico. No fim nos anos 70, os detritos expostos à radiação nas seis ilhas foram transportados para um poço gigante …

App usada para ler dados biométricos de europeus no Reino Unido pode ser pirateada

A aplicação digital criada pelo governo britânico para recolher dados biométricos dos europeus candidatos ao estatuto de residente no Reino Unido, obrigatório depois do Brexit e pedido por 210 mil portugueses, pode ser pirateada, alertou …

Bruxelas abre processo de infração contra Reino Unido por não nomear comissário europeu

A Comissão Europeia anunciou esta quinta-feira a abertura de um procedimento de infração contra o Reino Unido por este Estado-membro, que está em processo de saída da União Europeia (UE), não ter nomeado um comissário. “Enquanto …

Urgência pediátrica do Garcia de Orta encerra à noite a partir de segunda-feira

O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, vai fechar à noite a partir de segunda-feira, disse a ministra da Saúde, que prolongou o horário de duas unidades de saúde para …

Hipercarro elétrico da Aspark pulveriza recorde de aceleração

O novo hipercarro elétrico Aspark Owl vai começar a sua produção já no próximo ano e conta já com o recorde de aceleração. O carro vai dos 0 aos 100 km/h em 1,69 segundos. Depois de …

Pelé desafia Ronaldo a bater o seu recorde de 1.283 golos

O ex-futebolista internacional brasileiro Pelé desafiou esta quinta-feira o avançado português Cristiano Ronaldo a superar o seu recorde de 1.283 golos. “Espero que, com a quantidade de golos que já marcou, e foram muitos, tenha saúde …

A automatização pode acabar com 800 milhões de empregos em cerca de 15 anos

Uma análise do Bank of America Merrill Lynch revelou que cerca de 800 milhões de empregos podem desaparecer em todo o mundo até 2035. Esse resultado deve-se à diminuição do custo de automatização. Segundo noticiou o …

Portugueses que ganham até 660 euros mensais podem ficar isentos de IRS em 2020

Os portugueses que auferem até 660 euros mensais, num total de 14 meses, alcançando um máximo anual de 9.224,2 euros podem ficar isentos de IRS em 2020, avança o Jornal de Negócios. De acordo com o …

Milhares de aves encontradas mortas junto a lago na Índia. Desconhecem-se ainda as razões

No passado domingo, 2.400 pássaros - incluindo 20 espécies migratórias - foram encontrados mortos perto do Sambhar Salt Lake, na Índia. Os locais alertaram as autoridades florestais, que esperam os resultados das análises para determinar …

João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana

O internacional português João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana e pode mesmo vir a ser opção do Atlético de Madrid para o jogo frente ao Granada, marcado para o próximo dia 23 …