Kenneth chegou a Moçambique. Ciclone pode ser o maior de sempre

Tiago Petinga / Lusa

Depois do Idai, a tempestade chegou com a força de um furacão de categoria 4 e entrou esta quinta-feira em Moçambique com ventos de 285km/hora e chuvas intensas.

Um mês depois do ciclone Idai ter devastado Moçambique, outra tempestade tropical atingiu o norte do país com rajadas de vento de 285km/hora e chuvas intensas, valores superiores aos registados no Idai e equivalentes à categoria 4.

O ciclone Kenneth já provocou pelo menos um morto em Pemba, capital da província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, devido à queda de um coqueiro, confirmou a proteção civil à Lusa.

O ciclone começou a aproximar-se de Pemba no início da tarde desta quinta-feira. De acordo com o Observador, há informação de uma outra vítima mortal que está por confirmar na vila de Macomia, cerca de 150 quilómetros a norte, na mesma província de Cabo Delgado, acrescentou outra fonte, realçando que a falta de energia e comunicações está a dificultar o levantamento da situação.

O Kenneth está mover-se em direção a oeste-sudoeste a 18 quilómetros por hora e estima-se que vá afetar 700 mil pessoas. A zona de Cabo Delgado deverá ser a mais atingida por esta tempestade tropical.

Vários locais da região de Pemba foram evacuadas de imediato devido aos ventos e chuvas fortes. A companhia aérea Moçambicana LAM decidiu também suspender os voos entre Maputo e Pemba.

Este ciclone foi o primeiro a chegar ao norte de Moçambique desde que há registos (há 60 anos). O ano de 2019 fica na história como o primeiro em que o país foi atingido por dois ciclones de categoria dois ou superior na mesma época chuvosa. O Idai, que atingiu o território em março, foi classificado com categoria três.

Segundo um morador da vila de Macomia, sede de distrito no caminho previsto do ciclone Kenneth pela província de Cabo Delgado, o princípio da noite foi caótico, tendo em conta a velocidade do vento e a intensidade da chuva. Um outro morador realçou que, antes de anoitecer, já havia árvores caídas e estragos nalguns edifícios públicos e casas de construção precária.

Ao princípio da noite, a situação era relativamente calma em Mocímboa da Praia e Palma, a norte do corredor de passagem prevista do ciclone, assim como na capital provincial, Pemba, a sul do trajeto previsto, disseram várias fontes contactadas pela Lusa. Só a dimensão a que estava a chegar a ondulação impressionava alguns residentes na capital de Cabo Delgado, que relataram estragos no clube naval da cidade.

Ao longo da noite desta quarta-feira, o vento forte e a chuva provocaram também estragos nas ilhas Comores, região vizinha de Moçambique, e mataram três pessoas, de acordo com o Presidente Azali Assoumani, citado pela Reuters. As autoridades das ilhas, que ficam perto de Madagáscar, encerraram os aeroportos e escolas durante 24 horas por precaução.

O governo moçambicano já ativou um fundo de emergência de 1,3 milhões de euros para ajudar as potenciais vítimas do ciclone. “Fizemos um levantamento preliminar daquilo que serão as necessidades e estão estimadas em cerca de 100 milhões de meticais (1,3 milhões de euros)”, disse a diretora-geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), Augusta Maita.

O alerta vermelho foi anunciado na manhã de quarta-feira e, além do norte de Moçambique, o ciclone poderá ainda afetar o sul da Tanzânia, país vizinho.

Segundo a BBC, o Kenneth pode ser o maior ciclone algumas vez registado a atingir a região de Moçambique.

Filipe Nyusi pediu esta quinta-feira à população que mantenha a calma e não entre em pânico. “O grande problema, neste momento, são as chuvas recorrentes e os ventos que sopraram, mas a dimensão está sob controlo”, garantiu o Presidente moçambicano, citado pela Rádio Moçambique.

O Presidente apelou ainda à “solidariedade e união” entre todos.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Caro ZAP, penso que a expressão “285km/horas” não está correcta, o certo seria 285km/hora ou 285km/h, espero não estar enganado.

RESPONDER

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …