Justiça brasileira não condenou ninguém por desflorestação nos últimos 5 anos

Mato Grosso Firefighters / EPA

Nenhuma condenação por desflorestação em cinco anos. A informação foi avançada na sexta-feira pelo portal G1, que acrescentou que o combate à desflorestação ilegal naquela região teve 10 grandes operações desde 2014, levadas a cabo pelo grupo de trabalho da Amazónia, tutelado pelo MPF.

“O prejuízo com crimes ambientais no Brasil chega aos nove mil milhões de reais [cerca de 197 milhões de euros], tendo em conta os dados de desflorestação registados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais [Inpe] brasileiro e o valor de mercado das terras arrasadas”, adiantou o procurador Daniel Azeredo.

O procurador acrescentou ainda que a impunidade estimula a prática deste tipo de crimes no país sul-americano, e que as penas para essa prática ilícita são consideradas baixas e não levam ao regime fechado de prisão.

“O crime ambiental na Amazónia não é um crime isolado, faz parte de uma rede maior de organizações criminosas. Nós temos ali várias organizações criminosas instaladas, com um ‘modus operandi’ semelhante ao de organizações que traficam drogas, tráfico de pessoas”, afirmou Azaredo, citado pelo G1.

“Então, esse crime ambiental vem junto com o branqueamento de capitais, crime tributário, corrupção de funcionários públicos, falsidade documental, ameaça às populações tradicionais, inclusive crimes contra a vida. Então, não se pode combater o crime ambiental de maneira isolada e nem achar que ele é uma questão unicamente ambiental”, frisou o procurador.

Na terça-feira, o Brasil garantiu, perante a Organização das Nações Unidas (ONU), em Genebra, o seu compromisso de combater a desflorestação ilegal da Amazónia, maior floresta tropical do mundo. “O Brasil está totalmente engajado na luta contra a situação atual na região amazónica. O Governo brasileiro reafirma seu compromisso de combater a desflorestação ilegal”, disse a embaixadora brasileira Maria Nazareth Azevedo no Conselho de Direitos Humanos da ONU.

O Inpe anunciou no domingo que a desflorestação da Amazónia aumentou 222% em agosto, em relação ao mesmo mês de 2018.

A organização não-governamental (ONG) Greenpeace declarou este mês à Lusa que a atividade pecuária assim como a retórica anti-ambiental do Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, são dois dos responsáveis pelo aumento da desflorestação na Amazónia brasileira.

Bolsonaro tem um papel fundamental nos problemas que a Amazónia vem atravessando nos últimos tempos. Já faz quase oito meses que ele está no poder e até agora não vimos nenhuma medida tomada por este Governo para combater a desflorestação, os focos de incêndio ou para proteger a Amazónia como um todo”, disse à Lusa o biólogo e especialista em Amazónia da Greenpeace Brasil, Rômulo Batista.

“Trata-se de uma área muito grande e é muito difícil identificar nomes ou empresas por detrás destes problemas. No entanto, temos números que mostram que da área que já foi desflorestada na Amazónia, mais de 65% é hoje ocupada por pastos, para criação de gado bovino. Então, a pecuária é a atividade que mais promove a desflorestação da Amazónia brasileira”, frisou a ONG.

A Amazónia é a maior floresta tropical do mundo e possui a maior biodiversidade registada numa área do planeta. Tem cerca de 5,5 milhões de quilómetros quadrados e inclui territórios do Brasil, Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa (pertencente à França).

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ninguém foi condenado, na Alemanha, nos últimos 200 anos, pelo literal desaparecimento da Floresta Negra. Sequer na Inglaterra, pelo igual desaparecimento da Floresta de Sharewood. Ou na França, nos últimos 5 anos, pela brutal poluição e desmatamento de sua parte na Floresta Amazônica em uma de suas colônias.

    • Mais um carneiro alienado que repete o que o “pastor” lhe diz!…
      Pela qualidade dos argumentos é evidente que és mais um ignorante que não sabe nada sobre a floresta europeia.

RESPONDER

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …