Justiça brasileira impede Jair Bolsonaro de investigar o jornalista Glenn Greenwald

gageskidmore / Flickr

Glenn Greenwald

A Suprema Corte do Brasil deu uma vitória à liberdade de imprensa na quinta-feira, impedindo o Presidente Jair Bolsonaro de investigar o jornalista Glenn Greenwald e o Intercept por denunciarem comportamentos antiéticos e possivelmente ilegais do ministro da Justiça, Sergio Moro.

“A Constituição brasileira robustamente e expressamente protege exatamente o trabalho que estamos a fazer, e agradeço que o Supremo Tribunal Federal tenha aplicado essas garantias contra os atos repressivos e retaliatórios do Governo Bolsonaro contra nós”, disse Glenn Greenwald, citado pelo Raw Story.

E acrescentou: “Esse precedente crucial garante que não apenas nós, mas todos os jornalistas brasileiros, possamos fazer nosso trabalho mesmo na era de Bolsonaro, sem medo de retaliações oficiais do Estado”.

A decisão do ministro Gilmar Mendes surgiu depois que o Governo brasileiro de direita, e o próprio Jair Bolsonaro, ameaçaram Glenn Greenwald com uma investigação e prisão depois da publicação pelo Intercept Brazil de artigos sobre documentos e mensagens que detalhavam os esforços de Sergio Moro em prender ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e impedi-lo de vencer a eleição presidencial de 2018.

“Uma imprensa livre é um pilar de qualquer democracia, porque é uma das poucas ferramentas para iluminar os atos corruptos realizados no escuro pelos atores mais poderosos da sociedade”, afirmou Glenn Greenwald.

“É exatamente por isso que esses mesmos atores poderosos querem frequentemente punir os jornalistas por fazerem o seu trabalho, como o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o seu ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, têm ameaçado explicitamente em resposta às nossas denúncias”, referiu.

Trevor Timm, diretor executivo da Freedom of the Press (Fundação Liberdade de Imprensa, em tradução livre), indicou na quinta-feira que a opinião de Gilmar Mendes deve interromper qualquer investigação em curso por parte da administração Bolsonaro a Glenn Greenwald e ao Intercept, e impedir que sejam abertas novas.

“A decisão do ministro [Gilmar] Mendes é apenas preliminar, mas a corte completa pode levar meses ou anos para assumir o caso, então a sua decisão pode durar um tempo significativo”, escreveu Trevor Timm. “Esta é uma repreensão poderosa para aqueles do governo de Bolsonaro que gostariam de deixar de lado importantes direitos de liberdade de imprensa para todos os jornalistas”, frisou.

Na sua decisão, Gilmar Mendes escreveu que qualquer esforço do governo de Bolsonaro para investigar os jornalistas pelo seu trabalho “constituiria um ato inequívoco de censura”.

“O direito imediato de liberdade de expressão é o direito de obter, produzir e divulgar factos e notícias por qualquer meio”, declarou Gilmar Mendes. “O sigilo constitucional da fonte jornalística impossibilita que o Estado use medidas coercivas para restringir o desempenho profissional e impedir a forma de recepção e transmissão do que é trazido ao conhecimento público”, sublinhou.

TP, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Como toda moeda tem dois lados, estes mesmos “defensores” da liberdade da “imprensa” que divulga mensagens de fontes e veracidade questionáveis, censurou recentemente um revista digital porque divulgou um documento VERDADEIRO mas que não os agradava.

  2. O ministro mais corrupto do Brasil, Gilmar Mendes, defendendo esse gringo crápula, que se aliançou com Lula o maior larápio do Brasil. Um escroto que se utiliza de meios ilícitos para desgraçar nossa nação. Liberdade de imprensa tem que ter limites.

  3. O que fazem essa população de gafanhotos se não ganhar e ter direitos como senhores de grande poderes, intocáveis uma verdadeira máfia eternizada em tronos em que a ciência não possa ter nenhuma dúvidas de que se tratam de psicopatas muitos deles de alta periculosidade. QUEM? Obvio! Aqueles que se encontram na pirâmide do poder! Presidente, Ministros e Forças Armadas! Juntos dilacerando a Brasil futura nação berço do mundo!

  4. Engraçado no mundo inteiro os hakers são considerados criminosos quando divulgam dados pessoais e conversas pessoais e informais. Só a justiça brasileira e a venezuelana a cubana e a russa impedem a lei de ser exercida com atitudes ditatoriais. Já se percebeu que o bandido amigo íntimo de um grande bandido internacional deve também ser amigo da suprema corte brasileira….enfim sinais dos tempos. E triste que notícias destas sejam veiculadas em portugal será efeito da desbocada ex deputada europeia do PS?

  5. O Brasil tem um presidente de extrema direita que exalta as ditaduras Sul-americanas dos anos 60,70 e 80(Pinochert, Strossner) e principalmente à brasileira, além de que Bolsonaro tem como ídolo o torturador Coronel Ulstra, um dos chefes das torturas no período anti democrático.
    O julgamento do Lula foi imparcial e o juiz que comandou tal projeto é hoje ministro do governo que concorria com Lula.
    Viva á imprensa livre.
    Viva á democracia.

RESPONDER

Astrónomos detetam o quasar mais distante e antigo do Universo

Uma equipa de astrónomos conseguiu detetar o mais distante e antigo quasar do Universo. Chama-se J0313-1806 e localiza-se a mais de 13 mil milhões de anos-luz da Terra. Os quasares são objetos energéticos e muito brilhantes. …

Harry Potter. HBO Max trabalha em possível série de televisão

A saga Harry Potter pode estar a caminho da televisão. Segundo o The Hollywood Reporter (THR), o projeto ainda está em fase inicial, mas os diretores executivos da HBO Max já estão em reuniões com …

Intrigante sistema de seis exoplanetas com movimentos rítmicos desafia teorias de formação planetária

Com o auxílio de vários telescópios, incluindo o VLT (Very Large Telescope) do Observatório Europeu do Sul (ESO), os astrónomos descobriram um sistema com seis exoplanetas, cinco dos quais estão presos numa dança rítmica rara …

Boavista 0-2 Sporting | Leões garantem dérbi confortável

O Sporting cumpriu a sua “obrigação” e foi vencer por 2-0 a casa do Boavista, numa 15ª jornada fundamental, uma vez que na próxima segunda-feira a formação de Alvalade recebe o Benfica, no grande dérbi …

Violino põe em risco compromisso da Alemanha de devolver objetos saqueados pelos nazis

Um violino com 300 anos está no centro de uma disputa que ameaça minar o compromisso da Alemanha em devolver objetos saqueados pelos nazis. Ninguém sabe por que Felix Hildesheimer, um negociante de instrumentos musicais judeu, …

Consumo de álcool aumentou durante a pandemia de covid-19

Embora o consumo de álcool tenha aumentado mais entre os jovens, os adultos mais velhos, sobretudo os que sofrem de ansiedade e depressão, também revelaram estar dentro desta tendência. “O aumento do consumo de álcool, especialmente …

Alphabet diz adeus ao Loon, projeto que queria espalhar Internet através de balões

O projeto da Alphabet que tinha como objetivo levar Internet às partes mais remotas do mundo "perdeu o fôlego" e os seus responsáveis decidiram pôr-lhe um ponto final. Num comunicado divulgado na última sexta-feira, Alastair Westgarth, …

Estudo identifica cidades europeias com maior mortalidade devido à poluição do ar

Madrid, Antuérpia e Torino (em Espanha, Bélgica e Itália, respetivamente) lideram o ranking de mortes associadas à poluição por dióxido de azoto (NO2). Já a maior mortalidade atribuível a partículas finas é encontrada em cidades …

Fim do Flash Player colapsou sistema de estação ferroviária chinesa

O sistema ferroviário na cidade de Dalian, no nordeste da China, ficou paralisado por causa da desativação do programa Flash Player da Adobe. A Adobe encerrou o suporte técnico do seu player de multimédia Flash Player …

Eis o que o mundo pode aprender com o confinamento da China

O confinamento na China tem apresentado resultados excecionais no controlo da pandemia, à custa da perda de liberdade das pessoas. Ainda assim, há muito que se pode aprender com o exemplo chinês. Colocar o autoritarismo contra …