Justiça brasileira impede Jair Bolsonaro de investigar o jornalista Glenn Greenwald

gageskidmore / Flickr

Glenn Greenwald

A Suprema Corte do Brasil deu uma vitória à liberdade de imprensa na quinta-feira, impedindo o Presidente Jair Bolsonaro de investigar o jornalista Glenn Greenwald e o Intercept por denunciarem comportamentos antiéticos e possivelmente ilegais do ministro da Justiça, Sergio Moro.

“A Constituição brasileira robustamente e expressamente protege exatamente o trabalho que estamos a fazer, e agradeço que o Supremo Tribunal Federal tenha aplicado essas garantias contra os atos repressivos e retaliatórios do Governo Bolsonaro contra nós”, disse Glenn Greenwald, citado pelo Raw Story.

E acrescentou: “Esse precedente crucial garante que não apenas nós, mas todos os jornalistas brasileiros, possamos fazer nosso trabalho mesmo na era de Bolsonaro, sem medo de retaliações oficiais do Estado”.

A decisão do ministro Gilmar Mendes surgiu depois que o Governo brasileiro de direita, e o próprio Jair Bolsonaro, ameaçaram Glenn Greenwald com uma investigação e prisão depois da publicação pelo Intercept Brazil de artigos sobre documentos e mensagens que detalhavam os esforços de Sergio Moro em prender ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e impedi-lo de vencer a eleição presidencial de 2018.

“Uma imprensa livre é um pilar de qualquer democracia, porque é uma das poucas ferramentas para iluminar os atos corruptos realizados no escuro pelos atores mais poderosos da sociedade”, afirmou Glenn Greenwald.

“É exatamente por isso que esses mesmos atores poderosos querem frequentemente punir os jornalistas por fazerem o seu trabalho, como o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o seu ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, têm ameaçado explicitamente em resposta às nossas denúncias”, referiu.

Trevor Timm, diretor executivo da Freedom of the Press (Fundação Liberdade de Imprensa, em tradução livre), indicou na quinta-feira que a opinião de Gilmar Mendes deve interromper qualquer investigação em curso por parte da administração Bolsonaro a Glenn Greenwald e ao Intercept, e impedir que sejam abertas novas.

“A decisão do ministro [Gilmar] Mendes é apenas preliminar, mas a corte completa pode levar meses ou anos para assumir o caso, então a sua decisão pode durar um tempo significativo”, escreveu Trevor Timm. “Esta é uma repreensão poderosa para aqueles do governo de Bolsonaro que gostariam de deixar de lado importantes direitos de liberdade de imprensa para todos os jornalistas”, frisou.

Na sua decisão, Gilmar Mendes escreveu que qualquer esforço do governo de Bolsonaro para investigar os jornalistas pelo seu trabalho “constituiria um ato inequívoco de censura”.

“O direito imediato de liberdade de expressão é o direito de obter, produzir e divulgar factos e notícias por qualquer meio”, declarou Gilmar Mendes. “O sigilo constitucional da fonte jornalística impossibilita que o Estado use medidas coercivas para restringir o desempenho profissional e impedir a forma de recepção e transmissão do que é trazido ao conhecimento público”, sublinhou.

Taísa Pagno TP, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Como toda moeda tem dois lados, estes mesmos “defensores” da liberdade da “imprensa” que divulga mensagens de fontes e veracidade questionáveis, censurou recentemente um revista digital porque divulgou um documento VERDADEIRO mas que não os agradava.

  2. O ministro mais corrupto do Brasil, Gilmar Mendes, defendendo esse gringo crápula, que se aliançou com Lula o maior larápio do Brasil. Um escroto que se utiliza de meios ilícitos para desgraçar nossa nação. Liberdade de imprensa tem que ter limites.

  3. O que fazem essa população de gafanhotos se não ganhar e ter direitos como senhores de grande poderes, intocáveis uma verdadeira máfia eternizada em tronos em que a ciência não possa ter nenhuma dúvidas de que se tratam de psicopatas muitos deles de alta periculosidade. QUEM? Obvio! Aqueles que se encontram na pirâmide do poder! Presidente, Ministros e Forças Armadas! Juntos dilacerando a Brasil futura nação berço do mundo!

  4. Engraçado no mundo inteiro os hakers são considerados criminosos quando divulgam dados pessoais e conversas pessoais e informais. Só a justiça brasileira e a venezuelana a cubana e a russa impedem a lei de ser exercida com atitudes ditatoriais. Já se percebeu que o bandido amigo íntimo de um grande bandido internacional deve também ser amigo da suprema corte brasileira….enfim sinais dos tempos. E triste que notícias destas sejam veiculadas em portugal será efeito da desbocada ex deputada europeia do PS?

  5. O Brasil tem um presidente de extrema direita que exalta as ditaduras Sul-americanas dos anos 60,70 e 80(Pinochert, Strossner) e principalmente à brasileira, além de que Bolsonaro tem como ídolo o torturador Coronel Ulstra, um dos chefes das torturas no período anti democrático.
    O julgamento do Lula foi imparcial e o juiz que comandou tal projeto é hoje ministro do governo que concorria com Lula.
    Viva á imprensa livre.
    Viva á democracia.

RESPONDER

Do Governo ao Sporting, todos sacodem a água do capote. Festa foi comunicada à CML como "manifestação"

O Governo já abriu um inquérito à atuação da PSP nos festejos leoninos. O secretário de Estado descartou responsabilidades na preparação da festa. Vários especialistas consideram que vai haver um aumento de contágios. Esta quarta-feira, o …

O amor de Napoleão por água-de-colónia pode ter sido o que o matou

A obsessão de Napoleão Bonaparte por água-de-colónia pode ter-se revelado fatal, sugere um bioquímico britânico. O antigo imperador francês até chegava a beber o produto. Reza a História que Napoleão Bonaparte morreu em Longwood, Santa Helena, …

Bloco mede forças com o Governo. PSD volta a pedir divulgação (de parte) do contrato do Novo Banco

Esta quarta-feira, o primeiro-ministro António Costa disse que o Fundo de Resolução está “autorizado a cumprir os contratos” com o Novo Banco. O Bloco de Esquerda e o PSD insistem no braço-de-ferro com o Governo. O …

Santuário de Fátima esgota lotação. Centenas de peregrinos ficaram à porta

No dia de ontem, o Santuário de Fátima atingiu às 20h25 a lotação máxima de 7.500 pessoas, estabelecida devido à pandemia de covid-19, disse à agência Lusa fonte oficial da instituição. Ao início da noite, já …

O número de Dunbar está errado. É possível ter mais de 150 amigos

O número de Dunbar sugere que uma pessoa só consegue manter relações sociais estáveis com 150 pessoas. Um novo estudo vem deitar por terra esta estimativa. O número de Dunbar define o limite de pessoas com …

Plano de Recuperação e Resiliência. Costa Silva avisa que "retoma ainda vai demorar"

A retoma económica em Portugal ainda vai demorar, embora alguns setores, como o turismo e a agricultura possam recuperar mais depressa, disse o presidente da Comissão Nacional de Acompanhamento (CNA) do Plano de Recuperação e …

Se as legislativas fossem hoje, ficava tudo (quase) na mesma. Portugueses pedem remodelação do Governo

Uma sondagem do Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica para a RTP e para o jornal Público revela que, se as eleições legislativas fossem hoje, ficaria tudo quase na mesma. De acordo …

Venda de barragens da EDP. Fisco abriu inquérito a ex-dirigente para avaliar se cumpriu regras

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) abriu um processo de inquérito a José Maria Pires, jurista do centro de estudos fiscais e antigo alto dirigente do Fisco que integra o Movimento Cultural da Terra de …

"GPS da natureza". Os tubarões usam os campos magnéticos da Terra nas suas longas viagens

Uma equipa de investigadores descobriu as primeiras evidências sólidas de que os tubarões dependem de campos magnéticos para as suas incursões de longa distância através dos mares. Os investigadores sabiam que algumas espécies de tubarões viajam …

Rio diz ser "absolutamente impensável" PSD continuar a perder câmaras (e quer "subir bastante")

O presidente do PSD afirmou esta terça-feira ser "absolutamente impensável" que o partido continue a descer nas eleições autárquicas, enquanto o líder do CDS quer fazer deste sufrágio uma "força motriz para derrubar o socialismo …