Costa revela que foi Juncker a parar os “muitos loucos” que queriam sancionar Portugal

European Parliament / Flickr

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia, foi decisivo para impedir a aplicação de sanções a Portugal em 2016, por violação das regras do défice. A revelação foi feita por António Costa numa conferência de imprensa onde esteve também Pierre Moscovici.

O Comissário Europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros e o primeiro-ministro português participaram numa sessão da conferência “Encontro com os cidadãos, que futuro para a Europa?”, no Instituto Superior de Economia e Gestão de Lisboa.

A conversa serviu para Moscovici salientar que Portugal é, hoje em dia, “um modelo” que deve servir de exemplo. Mas em 2016, “houve loucos que queriam sancionar Portugal”, para que “fosse castigado por défice excessivo“, lembrou o Comissário francês, frisando que “não estavam conscientes da realidade” do país.

Essa referência deu azo a António Costa para falar abertamente desse momento em que Portugal esteve prestes a ser multado por violar as regras do défice orçamental da Comissão Europeia (CE).

“Vários defenderam Portugal, vários pediram o sancionamento de Portugal e quando a situação estava suficientemente equilibrada, o presidente Juncker interrompeu a reunião, reuniu com o Pierre Moscovici e com o vice-presidente Dombrovskis e disse, não vamos aplicar sanção, vamos voltar à sala e vou propor que não haja sanção para Portugal“, relatou o primeiro-ministro, concluindo que “foi assim que se evitaram as sanções” ao nosso país.

“Podemos dizer, rindo, que eram loucos, mas a verdade é que eram muitos loucos“, salientou.

Como nota adicional, Moscovici destacou que Juncker é “um português honorário”, frisando que no Luxemburgo, de onde o presidente da CE é natural, um quarto da população é de origem portuguesa. Quando se fala do nosso país, Juncker “presta muita atenção”, frisa Moscovici, reforçando que “ele adora Portugal”.

A recuperação de Portugal como exemplo

Durante a conferência, Moscovici lembrou que “Portugal sofreu uma crise bastante profunda” e que passou por “um programa muito difícil e doloroso”. Mas “hoje tem resultados económicos espectaculares entre os mais fortes da União Europeia, com um défice abaixo de 1% do PIB, uma taxa de desemprego de 6,7%”, acrescentou.

Este sucesso foi conseguido “mantendo os valores europeus e sendo, ao mesmo tempo, rigoroso do ponto de vista financeiro, sem pôr em causa uma perspectiva de crescimento económico”, frisou ainda o Comissário, apontando a mira a países “onde existe nacionalismo e populismo como forma de contestação social” que “olham para a Europa como um bode expiatório”. O conselho de Moscovici é que “deveriam olhar para a recuperação de Portugal” como exemplo.

“Não estou sossegado quando vejo o estado da Europa”, lamentou ainda Moscovici, notando que os “movimentos populistas e nacionalistas” que estão a surgir “querem destruir a Europa e a democracia liberal“.

Moscovici e António Costa concordaram em pontos variados, ao longo da conferência, como no caso do ‘Brexit’, no carácter essencial da reforma do Euro e na conclusão da União Económica e Monetária, mas, igualmente, em matéria de convergência fiscal no espaço europeu.

“Se queremos efectivamente ter uma política tributária europeia justa e avançada, não podemos fazer um caminho de convergência com base na regra da unanimidade entre Estados-membros”, advertiu o Comissário, concluindo que “isso não é possível, porque ficaremos sempre bloqueados”.

“Não podemos aceitar que, eternamente, projectos estruturantes e que interessam aos cidadãos sejam bloqueados”, reforçou Moscovici.

Em matéria fiscal, António Costa defendeu que a Europa deve avançar para um modelo “de geometria variável, aberto a todos os Estados-membros”, a caminho de uma progressiva harmonização fiscal.

Na questão das alterações climáticas, o primeiro-ministro deixou um recado ao Governo francês, defendendo que a Política Agrícola Comum (PAC) deve estar condicionada a questões de ordem ambiental. “A PAC não é concebível sem ter em conta as alterações climáticas”, referiu, notando que “em França, uma das grandes fontes de poluição é o gado bovino”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Com uma dívida astronómica (e que cresceu 20 mil milhões durante este governo), receio que não sejam precisos muitos anos mais para o “país modelo” se transformar numa decepção…

  2. Que má imagem de favorecimentos dentro da UE. Gosta muito de Portugal e intercedeu, os outros que se … Seriam esses loucos os especialistas em finanças que dão os pareceres internos? No entanto se temos lá cunha melhor.

RESPONDER

Governo sueco na corda bamba. Moção de censura pode fazê-lo cair

Depois de, neste domingo, ter falhado a tentativa de acordo parlamentar, o Governo sueco enfrenta hoje uma prova de fogo. Esta segunda-feira, o Governo da Suécia pode cair se o Parlamento aprovar a moção de censura. Segundo …

Conseguirão os humanos compreender baleiês? Cientistas acreditam que sim

Uma equipa de investigadores está a tentar recolher e decifrar os sons emitidos por cachalotes, para compreender a sua linguagem. Os cachalotes estão entre os animais mais barulhentos do planeta, produzindo sons de rangidos, batidas e …

NASA regressa a Vénus para perceber se o planeta já foi habitável no passado

A NASA está a regressar a Vénus para aprender como é que o planeta se tornou um deserto quente e venenoso — e se o planeta já foi habitável no passado. A NASA está finalmente a …

"Sonho que se tornou pesadelo". Fernando Santos admite mudanças no onze

O selecionador Fernando Santos disse hoje que Portugal vai carimbar a passagem aos ‘oitavos’ de final do Euro2020 e admite fazer mudanças na equipa para o encontro da derradeira jornada do Grupo F, com a …

Cientistas descobriram dois novos tipos de células cerebrais em ratos

Cientistas descobriram dois novos tipos de células gliais, um tipo de células do sistema nervoso central que dá suporte ao cérebro, em ratos. De acordo com o site EurekAlert!, investigadores da Universidade de Basileia, na Suíça, …

As bactérias intestinais podem influenciar a gravidade de um AVC

Uma equipa de investigadores da Cleveland Clinic, nos Estados Unidos, descobriu uma nova associação cérebro-intestino que está a surpreender a comunidade científica. Os resultados do estudo mostram como um metabólito produzido por bactérias intestinais pode amplificar …

O icónico Tamagotchi está de volta, mas desta vez em forma de smartwatch

No ano em que se celebram os 25 anos do Tamagotchi, surge uma nova versão do icónico brinquedo. O Smart é um Tamagotchi na forma de um relógio inteligente, para se usar no pulso. O …

Rã com olhos vermelhos descoberta no Equador. Chama-se Led Zeppelin

Os seus olhos vermelhos cativaram os investigadores, que decidiram batizar de Led Zeppelin uma nova espécie de rã terrestre descoberta no Equador. A Pristimantis ledzeppelin foi descoberta pelos equatorianos David Brito e Carolina Reyes, cientistas do …

Itália 1 - 0 País de Gales | “Azzurri” vencem mas galeses apuram-se

Imparável! Com o apuramento para os “oitavos” já no bolso, a Itália entrou em campo com nada mais, nada menos do que oito mexidas em relação à equipa que tinha iniciado o último jogo, frente …

Casa de banho do século XII encontrada em bar de tapas em Sevilha

Recentemente, um grupo de trabalhadores encontrou uma casa de banho do século XII dentro de um bar de tapas espanhol. A descoberta está a ajudar a perceber como era a vida em Sevilha na época. No …