Juncker defende fim da mudança da hora (e que cada país decida por si)

Patrick Seeger / EPA

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia

O presidente da Comissão Europeia defendeu esta quarta-feira a supressão da mudança da hora, responsabilizando cada Estado-membro por escolher o horário de inverno ou de verão no seu último discurso sobre o “Estado da União”.

“Em maio de 2019 [data das eleições europeias], os europeus não vão aplaudir-nos se continuarmos a mudar a hora duas vezes por ano”, indicou Jean-Claude diante do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, na França.

“A mudança de hora deve ser suprimida. Os Estados-membros devem decidir por si próprios se querem que os cidadãos vivam no horário de verão ou no de inverno”, disse.

Em 31 de agosto, a Comissão Europeia revelou que uma maioria “muito clara” de 84% dos cidadãos europeus pronunciaram-se a favor do fim da mudança de hora na consulta pública realizada este verão. Caso a medida entre em vigor, o Sol vai nascer às 9h.

Os resultados preliminares publicados em 31 de agosto pelo executivo comunitário – os resultados finais serão divulgados “nas próximas semanas” – revelam que os portugueses que participaram no inquérito online estão em linha com a média europeia, já que 85% também defenderam que deixe de se mudar o relógio duas vezes por ano, o que Bruxelas pretende agora implementar, com a apresentação de uma proposta legislativa.

Naquela que foi, de forma destacada, a consulta pública mais participada de sempre, com mais de 4,6 milhões de contributos oriundos de todos os Estados-membros, a maior parte das respostas veio da Alemanha, onde o assunto foi particularmente mediatizado.

De acordo com a Comissão, a taxa de participação em percentagem da população nacional variou entre os 3,79% na Alemanha e os 0,02% no Reino Unido, tendo em Portugal participado no inquérito 0,33% da população.

Os resultados preliminares, acrescenta Bruxelas, “indicam também que mais de três quartos (76%) dos participantes consideram que a mudança de hora duas vezes por ano é uma experiência «muito negativa» ou «negativa»”, e “como justificação do desejo de pôr fim a esta regras, alegam-se o impacto negativo na saúde, o aumento de acidentes de viação ou a falta de poupanças de energia”.

Durante o seu discurso na sessão plenária, o presidente da Comissão Europeia fez apelos sucessivos à unidade. Juncker disse ser importante “mostrar respeito” pelo projeto europeu e “parar de arrastar o nome da União Europeia pela lama”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

21 COMENTÁRIOS

  1. “84% dos cidadãos europeus pronunciaram-se a favor do fim da mudança”
    Mas qual 84%?!
    Não inventem!!
    Só há 4,6 milhões de europeus??
    Ou votam favoravelmente 84% dos 4,6 milhoes de votantes?
    Pois…

    • Já ouviu falar em estatistica e testes de fiabilidade?
      Não é preciso a participação de toda a população para uma consulta deste género, é suficiente uma amostra representativa. E perante a quantidade de pessoas entrevistadas pode-se dizer com uma certeza de 99,5% que 85% (com um erro de +-2%) das pessoas da união europeia são a favor do fim da mudança de hora.
      FIM DA MUDANÇA DE HORA, JÁ!

        • com isto: “Só há 4,6 milhões de europeus??” Passo a explicar: Amostra de 4,6milhões numa população de 493milhões é mesmo significativa desde que criteriosamente selecionada. Pode-se afirmar com uma certeza de quase 100% que 419 milhões de europeus são a favor do fim da mudança de hora e não o numero que referiu.
          Isto chama-se estatistica e funciona, pode ter a certeza.

          • Bem… continuo a não perceber onde quer chegar…
            Mas qual amostra?
            Na notícia não refere em lado nenhum estatística (ou sondagem)!!
            Fala em votação directa de 4,6 milhões de europeus; portanto aqui não há estatística (e muito menos uma amostra criteriosamente seleccionada).
            Logo, é completamente errado dizer-se que “84% dos cidadãos europeus pronunciaram-se a favor do fim da mudança”!

  2. FIM À MUDANÇA DA HORA JÀ!
    E não se deixem manipular com o “Sol vai nascer às 9h”, até parece que o Sol vai nascer para sempre a essa hora!… vai nascer se calhar por dois meses de inverno… A partir de 21 Dezembro, solstício, os dias já começam a crescer de novo!

    • Sim, ou então Portugal poderá optar pela hora de Inverno sempre que, na prática, encurta pela mesma medida os finais de dias de Verão em redor de dois meses, em relação à situação actual.

  3. “Em 31 de agosto, a Comissão Europeia revelou que uma maioria “muito clara” de 84% dos cidadãos europeus pronunciaram-se a favor do fim da mudança de hora na consulta pública realizada este verão”

    “De acordo com a Comissão, a taxa de participação em percentagem da população nacional variou entre os 3,79% na Alemanha e os 0,02% no Reino Unido, tendo em Portugal participado no inquérito 0,33% da população.”

    Uma “maioria muito clara” de 84% ou bem menos que 4% dos cidadãos europeus?

  4. qual poncio pilatos este junker vai ficar na historia como o coveiro da europa crista e democratica. este problema da hora… deve ter muito a ver como algo que ainda nao percebemos….
    para junker e sua quadrilha estarem a preparar o fim da mudança da hora…..deve ser muito mau para a europa , deixar ao criterio de cada estado..sera um bom principio à desuniao futura que esta quadrilha esta preparando.

  5. Deveriam adoptar a hora ZULU (UTC) ou seja a que corresponde à hora de inverno quanto mais não seja por uma questão de coordenação. Acho que será a mais correcta de adoptar

RESPONDER

Chapéu de Indiana Jones bate recorde em leilão

O icónico chapéu da personagem Indiana Jones rendeu 443 mil euros num leilão em que 600 objetos de culto foram vendidos na quinta-feira em Londres, superando as estimativas dos especialistas. Entre os 600 itens disponíveis para …

Infarmed já tem substituto para medicamento de Parkinson que esgotou

O Infarmed, Autoridade Nacional do Medicamento, garantiu uma alternativa ao Sinemet, medicamento para a doença de Parkinson que está esgotado nas farmácias portuguesas. "Na sequência das diversas reuniões com as empresas que têm medicamentos nesta área, …

Outono chega no domingo com temperaturas de verão

O outono começa no domingo com temperaturas acima dos 30 graus Celsius, podendo aproximar-se dos 40 nas regiões da Beira Baixa, Alentejo e Vale do Tejo, segundo Ricardo Tavares, do Instituto Português do Mar e …

Sánchez disposto a ir ao senado explicar “erro numa passagem” do seu livro

O primeiro-ministro espanhol disse, esta quinta-feira, que está disposto a ir ao senado explicar o "erro numa passagem" de um livro que escreveu e que "vai ser corrigido", avisando a oposição que vai continuar a …

Empresa austríaca cria método que transforma plástico em petróleo

A companhia petrolífera austríaca OMV apresentou esta quinta-feira um inovador procedimento que permite a produção de petróleo a partir de resíduos de plástico - material que é precisamente fabricado a partir deste recurso natural. A inovadora …

José Sócrates promete escrever um livro sobre a "traição" do PS

O ex-primeiro-ministro socialista compara a sua situação com a do ex-Presidente brasileiro Lula da Silva. A única diferença, segundo José Sócrates, é que "o PT manteve-se sempre ao lado de Lula". Numa entrevista ao Folha de …

Em nome da ciência, polvos tomaram ecstasy (e houve muito amor à mistura)

O que é que acontece quando um polvo consome drogas, mais concretamente ecstasy? Cientistas norte-americanos tiveram a oportunidade de realizar essa experiência. De acordo com o Science Alert, a equipa de investigadores deu MDMA, substância psicotrópica …

Recapitalização da CGD faz disparar défice de 0,9% para 3%

Sem a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD), o défice orçamental de 2017 situar-se-ia nos 0,9% do Produto Interno Bruto (PIB). Mas o cheque de quase 4 mil milhões de euros que o Governo …

Jovem foi violada quando estava inconsciente. Tribunal fala em "sedução mútua"

Uma jovem de 26 anos foi violada por dois indivíduos quando estava desmaiada, numa discoteca em Vila Nova de Gaia. A Relação do Porto entendeu que os criminosos não devem ser condenados a uma pena …

7 dos 10 políticos mais ricos de Portugal são do PS. Basílio tem 11 milhões

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, tem um património superior a 11,5 milhões de euros, sendo assim o político em funções mais rico de Portugal. Os dados são avançados pela revista Sábado …