Julius Yego, o atleta que aprendeu a lançar o dardo no YouTube

Ao contrário da grande maioria dos atletas que participam nos Jogos Olímpicos, o queniano nunca teve um treinador e aprendeu a lançar o dardo a ver vídeos no YouTube.

Os Jogos Olímpicos apaixonam os telespetadores pelas histórias de superação dos atletas e Julius Yego é mais um exemplo disso.

O queniano aprendeu a lançar o dardo sozinho, ou melhor, vendo vídeos no YouTube dos seus ídolos, o checo Jan Zelezny (campeão olímpico em 1996 e 2000) e o norueguês Andreas Thorkildsen (campeão olímpico em 2004 e 2008).

O atleta é a prova viva de que quando se quer uma coisa, se consegue alcançá-la.

Aos 27 anos e sem nunca ter tido um treinador a dizer-lhe o que estava a fazer bem ou mal, conquistou a medalha de ouro no Mundial de Atletismo de Pequim, no ano passado, com um lançamento de 92,72 metros e chegou aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Um homem quis, o queniano sonhou e a Internet criou a carreira.

“Estava a esforçar-me muito, mas não sabia se estava a fazer tudo correto. Assim, em 2009, decidi procurar na Internet como tinha que fazer. Foi desta forma que desenvolvi uma grande disciplina e aprendi como deveria treinar”, lembrou Yego ao jornal El Bocon.

Foi através dos “ensinamentos” que tirou das prestações dos ídolos que conseguiu ganhar o Campeonato Mundial Africano em 2011.

“Quando o campeonato acabou, as pessoas que me entrevistaram queriam falar com o meu treinador para saber como foi a minha preparação. Elas não acreditaram quando eu lhes disse: ‘Youtube'”, contou o atleta à CNN.

Passou a ser conhecido como “Mr. Youtube” e recebeu uma bolsa de aprendizagem na Finlândia, oferecida pela Federação Internacional de Atletismo, para se poder preparar para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Foi o primeiro queniano a participar naquela modalidade (lançamento do dardo) nas Olimpíadas e bateu o recorde nacional. Acabou por ficar em 12º lugar na final.

Voltou a arrecadar o ouro nos Campeonatos de África, em 2012 e 2014, e nos Jogos da Commonwealth. No ano passado atingiu o auge da carreira, com a sua melhor marca de sempre: 92,72 metros.

Esteve para não viajar para o Rio de Janeiro por não ter bilhete. Comentou isso na sua página de Facebook e os atletas da comitiva queniana recusaram-se a viajar até que a situação de Julius fosse resolvida.

A Federação conseguiu um voo para o Brasil a partir de Angola e agora Julius Yego está muito entusiasmado com a segunda participação nos Jogos Olímpicos.

Na próxima quinta-feira, dia 18 de agosto, ficaremos a saber se o “Mr. Youtube” consegue ser qualificado para a final. Nem que seja preciso recorrer à Internet.

Move

PARTILHAR

RESPONDER

Tancos. Detetada discrepância na listagem de lança-granadas

O CDS alega diferenças entre as listas comunicadas pelo Exército e entregues pela Polícia Judiciária Militar ao Ministério Público e quer alterar relatório final sobre Tancos. O CDS alegou existir uma diferença de 80 lança-granadas …

Rio defende inocência de Álvaro Amaro e critica julgamentos na praça pública

O presidente do PSD defendeu esta segunda-feira, em Viana do Castelo, o respeito pelo princípio de presunção de inocência para todos os portugueses e criticou julgamentos "na praça pública", referindo-se ao processo que envolve o …

Campanha para ajudar Miguel Duarte já angariou mais de 30 mil euros

A campanha de crowdfunding para ajudar Miguel Duarte, acusado pela justiça italiana de auxílio à imigração ilegal, já angariou quase 30 mil euros. Para surpresa de Miguel Duarte, o objetivo inicial da campanha de crowdfunding lançada no …

Misteriosas ilhas artificiais na Escócia são mais antigas que Stonehenge

Arqueólogos da Universidade de Southampton, que trabalharam com colegas da Universidade de Reading e com o arqueólogo local Chris Murray, descobriram que alguns "crannogs" escoceses datam do período neolítico - muito mais antigos do que …

Greves da Soflusa e Transtejo desconvocadas

A secretária-geral e responsável pela comunicação da Soflusa, Margarida Perdigão, confirmou esta segunda-feira que as greves da empresa de transportes foram desconvocadas. As greves tinham início marcado para terça-feira. Os sindicatos assinaram um protocolo que vai …

ONG pede investigação sobre a morte do ex-presidente do Egito Mohamed Morsi

A organização não-governamental Human Rights Watch pediu uma investigação sobre o acesso à assistência médica e aos alegados maus tratos sofridos ao longo dos anos por parte do ex-presidente do Egito Mohamed Morsi, que morreu …

Os golfinhos formam amizades porque partilham os mesmos interesses

No que diz respeito a criar laços de amizade, parece que os golfinhos são mais parecidos connosco do que imaginávamos. O comportamento homófilo desempenha um papel central na formação das amizades humanas, uma vez que os …

Neozelandês que partilhou vídeo do massacre de Christchurch condenado a 21 anos de prisão

Um neozelandês foi esta terça-feira condenado a 21 meses de prisão por ter partilhado o vídeo que o alegado autor do ataque em março contra duas mesquitas de Christchurch, que fez 51 mortos, transmitiu em …

Michel Platini detido por suspeitas de corrupção

Michel Platini foi detido, esta terça-feira, em Nanterre, nos subúrbios de Paris, pela polícia judiciária durante investigação sobre alegada corrupção na organização do Campeonato do Mundo de 2022, no Qatar. De acordo com a Mediapro, o …

Estados Unidos enviam mais mil militares para o Médio Oriente para "monitorizar" ações do Irão

Após o anúncio do Irão, de que vai recomeçar o enriquecimento de urânio para fins militares, os Estados Unidos decidiram enviar mais mil militares para o Médio Oriente. Os Estados Unidos decidiram enviar cerca de mil …