JP Morgan paga 13 mil milhões por esconder informação que levou à crise mundial

SXC

foto: sxc

foto: sxc

O banco JPMorgan Chase vai pagar 13 mil milhões de dólares (9,6 mil milhões de euros) para resolver queixas por ter escondido a má qualidade de hipotecas e dos títulos que estas garantiam, apresentadas pelo Governo federal e vários governos estaduais dos EUA.

O acordo inclui o pagamento de nove mil milhões às autoridades e quatro mil milhões aos clientes, especificou hoje o Procurador-Geral de Nova Iorque, Eric Schneiderman, ao anunciar os termos da resolução do caso.

O banco era alvo de uma série de queixas e acusações por ter escondido a má qualidade das hipotecas e dos respectivos títulos garantidos que vendeu antes da crise financeira e de ter gerido mal as hipotecas de milhões de proprietários de casas.

“Este acordo histórico, que vai trazer um há muito esperado alívio a proprietários de casas no país e, sobretudo, em Nova Iorque, é exatamente aquilo para que o nosso grupo de trabalho foi criado”, disse Schneiderman, co-presidente do grupo de trabalho, integrado por representantes de vários Estados, constituído para analisar os títulos garantidos por hipotecas.

Em conferência de imprensa, afirmou que se “recusam a permitir que fraudes sistémicas que prejudicaram tantos proprietários e investidores no imobiliário em Nova Iorque fossem simplesmente esquecidas”.

“E, em resultado, conseguimos hoje uma importante vitória na luta para responsabilizar os que causaram a crise financeira”, concluiu.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Oposição urge Boris Johnson a despedir assessor por ter violado o confinamento

Os partidos da oposição escreveram hoje ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, urgindo a demissão do assessor Dominic Cummings, a quem acusam de ter "abalado gravemente a confiança" da população nos apelos oficiais sobre a pandemia …

Atletas que sorriem durante as corridas gastam menos oxigénio

Os atletas que sorriem gastam menos oxigénio, trabalham de forma mais económica e têm um nível de esforço menor, refere um estudo realizado pelas universidades de Ulster e Swansea, divulgado esta terça-feira. Os investigadores pediram a …

OMS analisa possíveis primeiros casos de infeção de animais para o homem

A Organização Mundial de Saúde (OMS) admite que pelo menos três infeções por Covid-19 nos Países Baixos possam ser os primeiros casos conhecidos de transmissão do novo coronavírus dos animais para o homem, tendo martas …

Na Suíça, é possível estar em teletrabalho e a empresa pagar parte da renda

O Tribunal Federal da Suíça condenou uma empresa de contabilidade a pagar parte da renda de casa a um funcionário que se encontrava em teletrabalho. Segundo revelou na segunda-feira o swissinfo e o Tages-Anzeiger, citados pelo …

Governo negoceia até mais 35 milhões em apoios para agricultura

A ministra da Agricultura disse hoje que está em curso a negociação de medidas adicionais para apoiar o setor agrícola, face ao impacto da covid-19, através do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), que podem mobilizar …

Moro não assinou exoneração de ex-diretor da Polícia, admite Presidência do Brasil

A Secretaria-Geral da Presidência brasileira admitiu na segunda-feira que o agora ex-ministro da Justiça Sergio Moro não assinou o decreto de exoneração de Maurício Valeixo da direção-geral da Polícia Federal, confirmando a versão original do …

Norte foi região que mais contribuiu para aumentar produtividade do trabalho no país

O Norte foi a região que mais contribuiu para aumentar a produtividade laboral entre 2000 e 2017, crescendo 20% quando a Área Metropolitana de Lisboa subiu 3,3%, revelou na segunda-feira a Comissão de Coordenação e …

Vai nascer uma praia fluvial nas margens do Alqueva em 2021

Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, devendo começar a funcionar no verão do próximo ano. Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, junto à aldeia …

Câmara de Bragança vai ajudar com até 100 euros a pagar renda

As famílias mais vulneráveis do concelho de Bragança vão poder contar com um apoio financeiro até 100 euros mensais para pagar a renda. A Câmara de Bragança vai ajudar as famílias do concelho em situação vulnerável …

Parlamento chumba lay-off para sócios-gerentes, mas acaba com teto de faturação ao apoio

A Comissão de Economia chumbou, esta terça-feira, o alargamento do lay-off simplificado aos sócios-gerentes. Por outro lado, aprovou o fim do teto de faturação para aceder ao apoio a estes portugueses. A proposta do PSD, BE …