Jovem saudita que fugiu da Arábia Saudita pede asilo ao Canadá

Rahaf Mohammed, a jovem saudita que fugiu da casa da família para Banguecoque, na Tailândia, depois de rejeitar um casamento arranjado, pediu asilo ao Canadá.

A jovem saudita que fugiu da sua família para Banguecoque, na Tailândia, depois de rejeitar um casamento arranjado, pediu esta terça-feira asilo ao Canadá, enquanto procura confirmar que o seu visto para a Austrália foi cancelado.

“Eu quero que o Canadá me conceda asilo”, escreveu Rahaf Mohammed no Twitter, agora que deixou de ter acesso ao registo do visto de turista com o qual esperava entrar na Austrália, quando foi detida em Banguecoque no sábado.

O vice-diretor da organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) na Ásia, Phil Robertson, disse à EFE que estão a aguardar a confirmação oficial do cancelamento do visto pelas autoridades australianas e explicou que é comum os países cancelarem os vistos quando descobrem que a pessoa que o solicitou tem a intenção de viver no país.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) advertiu que a análise do pedido da jovem saudita deverá demorar vários dias.

Rahaf Mohammed Al-Qunun tinha planeado viajar para a Austrália, onde pretendia pedir asilo depois de receber ameaças de morte da sua família por ter rejeitado um casamento arranjado e também a religião islâmica, mas acabou por ser detida pelas autoridades tailandesas numa escala em Banguecoque.

“Estudar o seu caso e determinar os próximos passos pode levar vários dias“, disse o representante do ACNUR na Tailândia, Giuseppe de Vicentiis, em comunicado. “Estamos muito gratos às autoridades tailandesas, que não a mandaram de volta para o seu país, contra sua vontade.”

Rahaf estava de férias no Kuwait, com a sua família. A saudita de 18 anos fugiu e aterrou no aeroporto de Banguecoque este fim de semana. A jovem foi detida assim que entrou em território tailandês, e afirmou que o seu passaporte havia sido confiscado por oficiais sauditas e kuwaitianos, uma informação negada pela embaixada do seu país.

Na manhã desta segunda-feira, as autoridades tailandesas queriam reenviá-la para a Arábia Saudita, mas Rahaf barricou-se no seu quarto de hotel do aeroporto, onde publicou mensagens desesperadas e vídeos no Twitter, afirmando-se ameaçada de morte pela sua família caso regressasse a casa.

Rahaf ficou sob a proteção do (ACNUR) depois de deixar o aeroporto da capital tailandesa.

Segundo conta o Jornal de Notícias, a jovem enfrentou a família depois de renunciar ao islão e a um matrimónio arranjado, decidindo fugir quando se encontrava no Kuwait.

“Negava-se a usar o ‘hijab’ e havia esta tensão com a família sobre assuntos religiosos. A sua família queria obrigá-la a um casamento arranjado e isto pareceu ser a gota de água”, disse Sunai Pasuk, da HRW, na Tailândia.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Atividade física ajuda a prevenir a perda de visão

Uma nova investigação sugere que o exercício físico pode ser um componente-chave na prevenção da perda de visão. Os benefícios da atividade física são cada vez mais conhecidos, mas há alguns que devem ser tidos em …

Dubai vai construir uma cidade marciana no deserto

O Dubai tem em mãos um projeto ambicioso: a construção de uma cidade marciana. O projeto foi apresentado por uma empresa sediada em Copenhaga e Nova Iorque e é uma parte do plano dos Emirados …

Coreia do Norte voltou a rejeitar negociações com os Estados Unidos

A Coreia do Norte disse, esta terça-feira, que não tenciona retomar o diálogo com os Estados Unidos, quando o vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, chegou à Coreia do Sul para discutir diplomacia nuclear. Num comunicado …

Construiu uma cadeira de rodas com bicicletas elétricas para a namorada. Agora, vai produzi-la em massa

Para Zack Nelson, construir esta  peça inovadora de engenharia foi "super divertido e surpreendentemente simples". Há cerca de um ano, Zack Nelson, o youtuber de tecnologia do canal JerryRigEverything, uniu duas bicicletas elétricas para criar uma …

A reeleição de Trump nunca esteve tão ameaçada. A culpa é do pessimismo dos americanos

A gestão do Presidente norte-americano face à pandemia e a perspetiva de uma crise económica ameaçam a reeleição de Donald Trump. Um estudo de opinião da Fundação Peter G Peterson para o The Financial Times indica …

Ministros da Indonésia promovem colar de eucalipto como cura para a covid-19

O ministro da Agricultura da Indonésia foi muito criticado por especialistas por alegar que um colar feito de eucalipto pode ajudar a impedir a transmissão da covid-19. Segundo o The Guardian, o ministro da Agricultura da …

SATA pede auxílio ao Estado no valor de 163 milhões de euros

A SATA, companhia aérea detida a 100% pela Região Autónoma dos Açores, precisa do valor até ao final do ano para pagar dívidas. A SATA pediu um auxílio ao Estado de 163 milhões de euros para …

Cortiça portuguesa usada em foguetões da Space X

A Corticeira Amorim forneceu a Space X, de Elon Musk, para componentes usados nos foguetões espaciais da empresa, adiantou o presidente da empresa, António Rios Amorim. "É o nosso maior cliente [deste segmento] neste momento desde …

Pandemia põe em risco mais de 40% dos empregos no Algarve

Além do Algarve, outros destinos turísticos europeus, como ilhas do sul da Grécia, Canárias e Baleares, estão também em risco. As regiões onde o turismo tem mais peso enfrentam um risco maior de destruição de emprego, …

Imunidade de grupo não vai travar pandemia, diz estudo espanhol

Um estudo espanhol, que abrangeu mais de 60 mil pessoas, colocou em causa a viabilidade da imunidade de grupo como forma de combater a pandemia de covid-19, estimando que apenas 5% da população tenha desenvolvido anticorpos …