Jovem detido na Cova da Moura acusa polícia de violência e racismo

Thomas Hawk / Flickr

Um dos cinco jovens que foram detidos na semana passada na Cova da Moura, bairro problemático da Amadora, acusa a polícia de o ter agredido física e verbalmente.

“Bateram-me com o cassetete, davam pontapés. Diziam-me para me candidatar ao Estado Islâmico. Chamavam pretos, macacos, que iam exterminar a nossa raça”, conta Bruno Lopes, de 24 anos, em declarações ao jornal Público.

As circunstâncias relatadas pelo jovem terão ocorrido na esquadra da PSP de Alfragide, depois de ter sido detido em frente a um café da Cova da Moura. Bruno Lopes alega que foi encostado à parede por um agente, sem qualquer razão, e que depois foi agredido por outros dois sem oferecer “resistência alguma”, como frisa o Público, antes de ter sido detido.

Tudo aconteceu na passada quinta-feira, 5 de Fevereiro, e Bruno Lopes foi libertado na sexta-feira, depois de ter sido acusado de ter arremessado uma pedra contra uma carrinha da polícia – um dado que o jovem nega, citado pelo Público. “Se estava a ser revistado, como é que podia ter lançado uma pedra?”, refere para refutar as acusações das autoridades.

A actuação da PSP está a ser alvo de um inquérito interno, lançado na própria esquadra de Alfragide, mas também é motivo de averiguações no seio da Inspecção-Geral da Administração Interna (IGAI).

Na Cova da Moura, a certeza do excesso de violência dos agentes é inabalável. A cabo-verdiana Jailza Sousa, de 29 anos, que foi atingida por duas balas de borracha na nádega e no peito, quando estava com o filho, sublinha que não fez nada para motivar esta reacção de um agente. Ela diz que o filho está “traumatizado” e conta que viu Bruno Lopes “a levar chapadas” da polícia sem que o jovem revelasse qualquer postura agressiva.

SV, ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A conversa é sempre a mesma imputar culpas aos agentes de autoridade com o argumento de racismo.Claro que só a ingenuidade nos fará acreditar no argumento tão estafado. Estas pessoas com comportamentos fora do normal deverãoser tratados como cidadãos que ignoram completamente as boas normas cívicas de convivência.Assim que a Lei (igual para todos) actue com proficiência.

  2. E alguém acredita? coitado do rapaz, estava ali na vida dele e do nada o guarda foi arriscar a carreira só porque lhe apeteceu dar porrada em alguém, dando comentários racistas onde provavelmente tem colegas negros…

    Não levou mas devia ter levado que quando sair vai estar a assaltar ou a passar droga

Responder a sss Cancelar resposta

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …