Jovem de 15 anos encontrado em poço terá sido morto por gangue juvenil

PJ / Facebook

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar o assassinato de um jovem encontrado morto num poço, após uma denúncia de que teria sido assassinado por outros jovens. A vítima será Lucas Miranda, de 15 anos, e pode ter sido morta por elementos de um gangue juvenil de que faria parte.

Lucas Miranda, de 15 anos, está desaparecido desde Outubro passado, altura em que fugiu de uma instituição para onde foi enviado pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ).

A entidade agiu depois de a mãe adoptiva do jovem ter alegado dificuldades em lidar com ele, devido às agressões de que era alvo. Lucas Miranda teria problemas psiquiátricos e estaria a ser medicado, mas a pandemia terá piorado a situação clínica do jovem.

Nesta quarta-feira, a PJ descobriu o que poderá ser o corpo do adolescente no fundo de um poço, em Palmela, num terreno próximo ao Centro Tabor, em Setúbal, onde Lucas Miranda estava institucionalizado. Mas só a autópsia vai confirmar se de facto é ele ou não.

O Correio da Manhã (CM) relata que a PJ chegou ao local depois de uma denúncia feita pelo pai de um outro menor que lhe terá contado que viu o jovem a ser assassinado e os alegados homicidas a atirarem o corpo para o poço.

Os autores do crime serão “três amigos” de Lucas Miranda que pertencerão a um gangue juvenil, conforme afiança o mesmo CM.

Esta é a pista principal que a PJ está a seguir nas investigações, apontando para que a causa da morte possa ser uma guerra entre gangues.

Lucas Miranda estaria associado a um gangue “referenciado pelas autoridades policiais”, como aponta o CM, acrescentando que estes jovens teriam uma guerra com outro gangue juvenil do Vale da Amoreira, no concelho da Moita.

Nos últimos tempos, o adolescente de 15 anos aparecia em fotografias divulgadas nas redes sociais, com vários jovens e com armas. Ele terá protagonizado alguns “episódios de violência na companhia deste grupo”, destaca ainda o CM.

“Autoridades nunca o procuraram”

A mãe adoptiva do jovem, Jessica Nova, que o acolheu com apenas 2 anos de idade, revelou no programa “Linha Aberta” da SIC que nos últimos meses, com as limitações da pandemia, o jovem tornou-se violento.

Jessica Nova confessou que tinha algum “receio” dele sozinho, mas mais ainda por saber que andava “em grupos, alguns deles armados”.

Tenho 1,50 metros e ele mais de 1,70 metros. Já não o consigo controlar”, lamentou, justificando assim o facto de ter pedido a ajuda das autoridades num processo que levou Lucas Miranda a ser de novo institucionalizado.

Em apenas 15 dias após ter chegado ao Centro Tabor, Lucas Miranda fugiu seis vezes. A última das quais foi a 15 de Outubro, não tendo voltado a ser visto desde então.

As “autoridades nunca o procuraram”, chegou a acusar a mãe adoptiva no programa da SIC.

O corpo agora descoberto no poço a 150 metros do Centro Tabor estava em avançado estado de decomposição. Estava envolto num lençol, o que indicia que terá sido morto noutro local e arrastado para ali, como atesta ainda o CM.

Entretanto, o Barreirense, clube de futebol onde Lucas Miranda jogava, lamenta a morte do jovem atleta.

Nunca poderemos entender o porquê de um menino de 15 anos ter que partir e deixar toda uma vida por viver”, frisa o clube nas suas redes sociais.

  Susana Valente, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cerca de metade dos recuperados apresentam sintomas de "covid longa"

Cerca de metade dos mais de 236 milhões de pessoas que foram infetadas em todo o mundo pelo coronavírus SARS-CoV-2 apresentarão sintomas persistentes pós-covid seis meses depois a infeção, sugere um estudo divulgado esta quarta-feira. Segundo …

Nasceu a PlakTak, uma pastilha elástica que combate a placa bacteriana - e a sua origem é curiosa

Criada inicialmente pelo exército norte-americano para garantir a saúde oral dos seus soldados, a PlakTak pode estar a caminho das prateleiras das lojas. Há muitos avanços tecnológicos que começam no exército e acabam por ser usados …

Futuro subaquático. Várias cidades em todo o mundo ficarão submersas

O aquecimento global está a provocar a subida do nível médio da água do mar. E já existem imagens que mostram o cenário vivido em várias cidades costeiras no futuro. Secas históricas, inundações mortíferas e degelo: …

Chama-se Robin, é um robô e visita hospitais para ajudar as crianças a sentirem-se melhores

Uma simples visita de um robô controlado por humanos encoraja uma perspetiva positiva e melhora as interações médicas das crianças hospitalizadas. Robin é um robô que se move, fala e brinca com as crianças enquanto é …

Pinturas destruídas de Gustav Klimt foram reconstruídas com recurso a Inteligência Artificial

O pintor austríaco Gustav Klimt criou algumas das suas obras mais conhecidas durante a chamada Fase Dourada - que se manteve viva durante a primeira década do século XX. Durante o seu período mais inspirador, o …

É turca, tem 24 anos e mede mais de dois metros. Rumeysa Gelgi é a mulher mais alta do mundo

Aos 24 anos, Rumeysa Gelgi foi confirmada como a mulher mais alta do mundo pelo Guinness World Records. A jovem turca mede cerca de 2,15 metros. A sua altura surpreendente deve-se a uma condição chamada síndrome …

Princesa Amalia, sucessora ao trono holandês, poderá ser rainha se casar com uma mulher

Nos Países Baixos, os casamentos reais precisam da aprovação do Parlamento, mas Mark Rutte já deixou claro que a união homossexual não é um entrave no acesso ao trono. Longe vão os tempos em que os …

Homem armado com arco e flecha mata e fere várias pessoas na Noruega

O homem foi detido pelas autoridades norueguesas. O incidente aconteceu na cidade de Kongsberg, no sudeste da Noruega. Um homem armado de arco e flecha matou hoje várias pessoas e feriu outras na cidade de Kongsberg, …

EUA preparam-se para vacinar crianças a partir dos cinco anos em novembro

A Casa Branca pediu aos governadores estaduais dos EUA para se prepararem para vacinar crianças com idades entre os 5 e os 11 anos contra a covid-19. O plano pode começar a ser executado já …

Governo prevê que em 2022 todas as pensões deverão aumentar

As pensões vão aumentar entre 0,15% e 0,9% no próximo ano, por via da atualização regular, abrangendo 2,6 milhões de pensionistas disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. Esta atualização …