Jornalista espanhol suspeito de extorsão a Assange

Peter Rae / EPA

Julian Assange afirma que um grupo ligado a uma agência de comunicação exigiu três milhões de euros para não divulgar vídeos captados na embaixada do Equador em Londres, onde viveu durante sete anos.

Os advogados do fundador do WikiLeaks apresentaram as suas suspeitas de tentativa de extorsão ao Tribunal Nacional espanhol, acusando um jornalista, José Martín Santos, três cientistas de computação, a Embaixada do Equador em Londres e ainda funcionários da empresa de segurança equatoriana Promsecurtity.

Segundo o El País, os acusados espanhóis, ligados à agência de comunicação Agencia 6, terão pedido três milhões de euros a Assange para não divulgarem vídeos, imagens e excertos de áudio registados durante a estada do fundador do WikiLeaks na embaixada equatoriana.

As autoridades espanholas já estão a investigar o grupo por associação criminosa, extorsão em território espanhol, crime contra a privacidade, honra e contra o segredo das comunicações entre advogado e cliente.

A Promsecurity, em a colaboração da Embaixada do Equador em Londres, terá espiado ativamente Julian Assange desde 2017, ano em que Lenin Moreno se tornou presidente do Equador. Segundo o Observador, a informação obtida terá depois sido enviada para José Martín Santos, ex-diretor de notícias da televisão municipal de Altea, que já cumpriu três anos de prisão por fraude

O jornalista terá revelado, no final do março, que possuía transcrições das conversas de Assange com o advogado pessoal, Baltasar Garzón, e ainda registos de visitas,  encomendas postais e consultas médicas. A 2 de abril, a editora-chefe do WikiLeaks, Kristin Hrafnsson, já teria reunido com Martín Santos para conhecer os termos do jornalista.

No mesmo dia, Hrafnsson terá presentado queixa à polícia espanhola e vários vídeos de Julian Assange foram divulgados nessa semana, num canal do YouTube. Na acusação, os advogados afirmam que o canal foi a forma de os criminosos fugirem ao problema, depois de perceberem que falharam a tentativa de extorsão.

Julian Assange foi detido pela polícia londrina, depois de quase sete anos asilado na embaixada do Equador, em Londres. Permanecerá detido, pelo menos, até dia 2 de maio, enquanto aguarda decisão judicial sobre os pedidos de extradição interpostos pela Suécia e pelos Estados Unidos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Contratos de associação dos colégios privados. Ministério da Educação vence todos os 55 processos judiciais

Em todos os 55 processos judiciais que os colégios privados moveram contra o Ministério da Educação em 2016, na sequência da polémica dos contratos de associação, todas as 55 decisões foram favoráveis ao Governo. O jornal …

Famílias numerosas podem pedir desconto no IVA da luz a partir de março

As famílias com cinco ou mais elementos só poderão usufruir da redução do IVA da eletricidade a partir de 1 de março e terão de o requerer junto do seu fornecedor, segundo uma portaria esta …

Vacina da gripe disponível para mais grupos. Farmácias temem não ter stock suficiente

A vacina da gripe está, a partir desta segunda-feira, disponível para mais grupos populacionais com o início da segunda fase da campanha, que estende a vacinação a pessoas com 65 ou mais anos e pessoas …

Franceses em protesto para homenagear professor decapitado. Autoridades procuram radicais islâmicos

Milhares de pessoas reuniram-se no domingo no centro de Paris numa demonstração de repúdio pela decapitação do professor que mostrou aos seus alunos desenhos do Profeta Maomé. Os manifestantes da Praça da República ergueram cartazes onde …

Proud Boys acreditam na vitória de Trump: "Vamos Ganhar". Voto antecipado começa hoje na Florida

O líder do grupo Proud Boys disse à Lusa, durante uma manifestação em Miami, que Donald Trump vai vencer as eleições presidenciais norte-americanas, e rejeitou a acusação de que é dirigente de uma organização extremista. …

Projeto desenvolve testes rápidos de baixo custo para detetar imunidade

Um consórcio de universidades e uma empresa querem desenvolver "testes rápidos e de baixo custo" para detetar a resposta imunitária ao vírus SARS-CoV-2. O projecto TecniCov, que "obteve um financiamento de 450 mil euros da Agência …

"Medo constante". Human Rights Watch denuncia tortura na Coreia do Norte

Uma organização não-governamental denunciou esta segunda-feira que o sistema norte-coreano de detenção pré-julgamento e de investigação é cruel e arbitrário, com ex-detidos a descreverem tortura sistemática, corrupção e trabalhos forçados não-remunerado. No relatório de 88 páginas, …

"Cibermáfia". Rede de criminosos "lavou" milhões de euros em Bancos portugueses

Uma rede de criminosos com origem na Europa de Leste montou um esquema de lavagem de dinheiro roubado em ataques informáticos através de Bancos de países como Portugal. Esta "cibermáfia", como é apelidada pelo Jornal de …

Diplomatas chineses e taiwaneses entram em confronto físico nas ilhas Fiji

Diplomatas da China e funcionários do Governo de Taiwan entraram em confronto físico durante uma receção nas ilhas Fiji, que marcou o dia nacional de Taiwan, ilustrando a crescente tensão entre Pequim e Taipé. A luta …

Mais 1.949 infetados, 17 mortes e 966 recuperados. Portugal passa barreira dos 100 mil casos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 1.949 casos de covid-19, 17 mortes associadas à doença e 966 recuperados, de acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde publicado esta segunda-feira. O número total de infeções …