John Bercow despede-se do Parlamento britânico com elogios de todas as bancadas

O Parlamento britânico despediu-se, esta quarta-feira, do seu carismático presidente, que recebeu elogios de todas as bancadas.

O homem que ficou conhecido pelas coloridas gravatas e pelos gritos de “Ordem!”, John Bercow, participou hoje pela última vez numa sessão de perguntas ao primeiro-ministro no Parlamento, antes de se aposentar após dez anos como speaker da Câmara dos Comuns, tendo obtido protagonismo durante o processo do Brexit.

Com voz trémula e visivelmente emocionado, Bercow agradeceu à sua equipa e à sua família (a mulher, Sally, e os três filhos estavam na galeria do Parlamento) pelo “apoio, estoicismo e força” que recebeu “nos bons e maus momentos” ao longo da década de serviço como presidente da Câmara dos Comuns.

O primeiro-ministro comparou-o, humoristicamente, a um árbitro num jogo de ténis no célebre torneio de Wimbledon, referindo-se à forma como dava a palavra aos deputados durante os debates.

O líder da oposição destacou a forma como Bercow facilitou as visitas da população ao edifício do Parlamento, especialmente a grupos de jovens estudantes, dizendo que com a sua forma de liderança ajudou a tornar “a nossa democracia mais forte”.

John Bercow dirigiu a Câmara dos Comuns durante uma década, ao longo da qual atuou durante os Governos de quatro primeiros-ministros: Gordon Brown (trabalhista), David Cameron (conservador), Theresa May (conservadora) e Boris Johnson (conservador).

A sua renúncia do cargo deveria ter coincidido com a saída do Reino Unido da União Europeia, a 31 de outubro, mas o calendário do Brexit foi adiado para 31 de janeiro do próximo ano, num processo longo e tortuoso a que Bercow assistiu e no qual colaborou de forma ativa.

Bercow, que votou pela permanência do Reino Unido na União Europeia, no referendo de 2016, foi acusado de favorecer a bancada parlamentar que esteve contra o Brexit, o que sempre negou.

A imprensa britânica tem dito, contudo, que, por causa da sua alegada imparcialidade, Bercow caiu em desgraça junto do Governo conservador, o que poderá colocar em causa a possibilidade de obter o título de “cavaleiro” do Reino, o que romperia com uma tradição de 200 anos, em que todos os presidentes do Parlamento recebem essa menção.

John Bercow, de 56 anos de idade, formou-se em Ciência Política na Universidade de Exter, em 1995, e foi o único presidente do Parlamento britânico a ser reeleito por três vezes, desde a II Guerra Mundial.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Polícia holandesa encontra 25 pessoas escondidas em contentor frigorífico num cargueiro

A polícia holandesa localizou esta terça-feira 25 pessoas escondidas num contentor frigorífico numa embarcação que saiu do porto de Vlaardingen, perto de Roterdão, na Holanda, em direção ao Reino Unido, mas teve de regressar após …

É oficial: José Mourinho é o novo treinador do Tottenham

O treinador português José Mourinho, que estava no desemprego há quase um ano, é o sucessor do argentino Maurício Pochettino no comando do Tottenham, anunciou esta quarta-feira o 14.º classificado da Liga inglesa de futebol. Mourinho, …

Cientistas captam imagens extremamente raras de um peixe a devorar um tubarão inteiro

https://vimeo.com/374136378 Os tubarões são dos animais mais temidos nos oceanos, mas naquela que é uma verdadeira troca de papéis, um tubarão foi devorado por completo por um peixe das profundezas do mar. Um vídeo publicado pela US …

Há uma nova maneira de medir a gravidade da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova forma única de medir a gravidade da Terra. O método anterior envolvia medir a influência da gravidade nos átomos, rastreando a rapidez com que os átomos caíam. O problema …

Detetado pela primeira vez vapor de água na Europa, a lua de Júpiter

Uma equipa internacional de cientistas confirmou a presença de vapor de água na superfície de Europa, um dos quatro satélites naturais de Júpiter, revelou a agência espacial norte-americana (NASA). "Os elementos químicos essenciais (carbono, hidrogénio, …

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …