João Félix marca e assiste na humilhação do Real Madrid frente ao Atlético

Justin Lane / EPA

O jovem internacional português marcou um golo e ofereceu dois, esta sexta-feira, na histórica goleada do Atlético de Madrid ao Real Madrid (7-3), em encontro da Internacional Champions Cup em futebol.

No MetLife Stadium, em East Rutherford, João Félix ofereceu um bis a Diego Costa, que acabou com um póquer (01, 28, 45, de penálti, e 51) e expulso (65), e marcou outro (08), num embate em que alinhou 67 minutos, depois dos escassos 26, por culpa de uma lesão, na estreia, com o Numancia.

“Ganhar é sempre bom e a este rival é melhor ainda e tem um sabor especial. Vamos trabalhar sempre para fazer o melhor possível, para marcar o maior número de golos e sofrer o menor número de golos para podermos ganhar, que é sempre o nosso objetivo”, disse o jovem internacional português, garantindo que a vitória “dá mais confiança”, mas que a equipa continuará a trabalhar “da mesma forma e com os pés bem assentes na terra”.

O argentino Ángel Correa (19 minutos) e o suplente Vitolo (70) apontaram os outros golos dos colchoneros, enquanto Nacho (60), o francês Karim Benzema (85, de penálti) e Javi Hernández (89) marcaram os golos dos merengues, que saíram humilhados, mas que bem poderiam ter sofrido um desaire na ‘casa’ das dezenas.

O encontro começou, praticamente, com um golo de Diego Costa, que só precisou de 45 segundos para bater Courtois, com um remate de pé direto, desviado em Sérgio Ramos, depois de uma assistência de João Félix.

A vantagem aumentou pouco depois, aos oito minutos, com João Félix, com classe, a encostar com o bico da bota direita, à entrada da pequena área, depois de arrancada de Saúl Ñíguez pela esquerda.

Com o Real abananado, o ex-jogador do Benfica falhou por pouco o terceiro, aos 10 minutos, mas este apareceu aos 19, num remate de primeira do argentino Ángel Correa, entrado aos 13 a substituir o lesionado Álvaro Morata, servido por Koke.

Mais nove minutos, e mais um golo dos colchoneros, o bis de Diego Costa, que não desaproveitou mais uma assistência de Saúl, depois de um mau passe de Sergio Ramos.

O Atlético continuou a massacrar e Hermoso (32 minutos), Lemar (38) e João Félix (44) estiveram muito perto do quinto, que Diego Costa acabou por marcar, conseguindo o ‘hat-trick’, aos 45, de grande penalidade, após sofrer falta de Isco.

A humilhação prosseguiu no início da segunda parte, com o Atlético a voltar com o mesmo onze e a chegar ao sexto logo aos 51 minutos, o póquer de Diego Costa, que aproveitou da melhor forma mais um passe de morte de João Félix.

O Real Madrid, que na primeira parte só havia ameaçado num remate ao ferro de Vinicius, aos 39 minutos, conseguiu reduzir aos 60, por Nacho, que, sem querer, desviou para dentro da baliza um centro da esquerda de Hazard.

O dérbi madrileno aqueceu pouco depois, com Diego Costa e Carvajal a “pegarem-se” e a acabarem os dois expulsos, aos 65 minutos.

Para a parte final, o jogo foi outro, entre suplentes, mas a tecla foi a mesma, com o Atlético rapidamente a retomar o ascendente e a chegar ao sétimo, aos 70 minutos, após uma espetacular jogada individual de Vitolo.

Até ao final, os colchoneros tiveram oportunidades suficientes para chegar à dezena, mas não foram eficazes e o Real Madrid logrou amenizar o desaire, com um penálti de Benzema, aos 85, e um tento de Javi Hernández (89).

Com a ajuda de João Félix, o Atlético de Madrid fez história nos Estados Unidos.

PARTILHAR

RESPONDER

Comissão nos EUA desaconselha terceira dose da Pfizer a maiores de 16 anos

Uma comissão consultiva da agência reguladora dos EUA para os medicamentos e a alimentação (FDA, na sigla em inglês) pronunciou-se esta sexta-feira contra a aplicação de uma terceira dose da vacina Pfizer contra a covid-19 …

Santos Silva quer preços da eletricidade na agenda da UE

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, defendeu esta sexta-feira que a União Europeia (UE) tem de colocar em agenda o problema do aumento dos preços da eletricidade no continente, alertando que a reação …

Já há uma calculadora que prevê o risco de se ser infetado com covid-19 (em diversos cenários)

Já existe uma ferramenta online que calcula o risco de se ser infetado com covid-19. Chama-se microCOVID, baseia-se em dados recentes, analisa diferentes cenários e foi desenvolvida por um grupo de amigos. Numa altura em que …

Alargamento de teletrabalho não deve abranger empresas de menor dimensão

O Governo defendeu esta sexta-feira, na Concertação Social, que "as empresas de menor dimensão" devem ficar excluídas da medida que prevê o alargamento do teletrabalho a pais com filhos menores de oito anos, sempre que …

Costa acusa oposição de “absoluta impreparação” por não saber o que é o PRR

O secretário-geral do PS, António Costa, acusou esta sexta-feira a oposição de “absoluta impreparação” por não saber o que é o PRR, nem a “missão patriótica” que consiste em pô-lo “em marcha para o bem …

Asteroide que dizimou dinossauros permitiu que as cobras evoluíssem (e se espalhassem pelo mundo)

As cobras devem, em parte, o seu sucesso na Terra ao asteroide que atingiu o planeta há 66 milhões de anos e levou à extinção dos dinossauros, aponta um novo estudo. Além da extinção dos dinossauros …

Novo modelo geofísico ajuda a prever furacões com origem no Golfo do México

Ao analisar a temperatura da atmosfera, que se encontra a vários quilómetros acima da Terra, os investigadores descobriram uma forma de prever quantos furacões podem afetar o Golfo do México no verão e no outono. Os …

Requiem. Supernova irá fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037

Uma supernova distante, chamada Requiem, vai fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037. O Hubble captou-a três vezes em 2016, graças a um fenómeno conhecido como lente gravitacional. A Requiem é o resultado de uma explosão estelar …

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …