João Félix quer “fazer história” e ser lembrado no Atlético de Madrid

Juan Carlos Hidalgo / EFE / Lusa

O jovem futebolista, apresentado oficialmente pelo Atlético de Madrid esta segunda-feira, disse que quer “fazer história” e ser lembrado no clube colchonero pelos seus desempenhos, fugindo a comparações com Cristiano Ronaldo.

“O Cristiano Ronaldo é um grande jogador, talvez o melhor de sempre. Na seleção, ele sempre falou um pouco de Madrid, dos tempos que por cá passou, mas eu estou aqui para ser lembrado como o João Félix, quero ser eu mesmo”, afirmou o ex-jogador do Benfica, durante a apresentação, que decorreu no auditório do Wanda Metropolitano.

A cerimónia oficial contou com a presença do presidente do clube, Enrique Cerezo, de Paulo Futre, antiga estrela dos colchoneros, e de Jorge Mendes, agente do jogador, além de familiares e amigos.

Cerezo deu as boas vindas ao avançado internacional luso, realçando que Félix “demonstrou todo o seu talento no Benfica, já se estreou pela seleção portuguesa, uma das melhores do mundo, e vai agora representar o Atlético, um clube que já recebeu muitos talentos, como Paulo Futre”.

A antiga estrela do ‘Atleti’ também dirigiu algumas palavras ao jovem português, de 19 anos, recordando o processo que o levou até Madrid. “Vi, durante cerca de dois meses, que ia para o Real, Paris Saint-Germain, ‘Manchesteres’… Quando vi que o ‘menino de ouro’ vinha para aqui, fiquei maravilhado. Tem tudo para vingar aqui, pelo seu talento e pela sua maturidade. Apesar dos seus 19 anos, vingou no Benfica e foi peça fundamental para o título conquistado na última época”, afirmou Futre.

João Félix manifestou-se “feliz” por estar em Madrid, revelando ter sido “muito bem recebido” pelos seus novos companheiros. “Agradeço as palavras do presidente, bem como aos meus pais, irmão e amigos, sem os quais nada disto era possível. Estou aqui para fazer história neste clube”, afirmou.

O avançado não se mostrou preocupado com a eventual pressão que o elevado valor da sua transferência – o Atlético vai desembolsar cerca de 126 milhões de euros – possa acarretar.

“Ligo pouco ou nada aos valores, limito-me a fazer o meu trabalho, o melhor que posso para ajudar. Desligo-me um bocado disso [pressão], mais vale não ver as notícias, positivas ou negativas. Quero fazer o meu trabalho e dar o melhor possível”, sublinhou.

O facto de, dentro de duas semanas, o Atlético defrontar o eterno rival Real Madrid, em jogo da International Champions Cup, é motivo e satisfação para João Félix. “É sempre o Real Madrid, é um grande clube e, como estou no Atlético, é sempre especial, um rival direto. É uma competição muito boa para evoluirmos e para preparar o início do campeonato”, disse.

A finalizar, João Félix disse que gostaria de defrontar futuramente o Benfica: “Gostava. Quero voltar a casa e sentir o carinho dos adeptos, dos colegas e do staff do Benfica”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pandemia fez com que quase metade dos portugueses poupe menos

Quase metade dos portugueses (48%) afirma poupar menos devido ao impacto da pandemia, embora mais de um terço assuma que a crise sanitária está a ter um efeito positivo nos seus gastos, segundo um estudo …

"Ministra da Insensibilidade Social". CDS pede a demissão de Ana Mendes Godinho

O CDS criticou este sábado a reação da ministra a Solidariedade Social à morte de 18 idosos num lar em Reguengos de Monsaraz e considerou que Ana Mendes Godinho desvaloriza o impacto da pandemia nos …

Esgotos de dois milhões de portugueses monitorizados para prever segunda vaga de covid-19

Os esgotos de dois milhões de portugueses estão a ser monitorizados para detetar a eventual presença do vírus da covid-19 e prever uma nova vaga. O Jornal de Notícias avança este sábado que a análise está …

Covid-19. Mais 198 infetados e 3 mortes em Portugal

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 198 casos de infeção por covid-19 e três óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico Direção-Geral da Saúde (DGS) desde …

Média já divulgaram publicidade institucional (mas Estado ainda não lhes pagou)

O Sindicato dos Jornalistas lamentou esta sexta-feira que o Governo não tenha disponibilizado os 15 milhões de euros relativos à compra antecipada de publicidade institucional, vincando que o executivo está em dívida com as empresas …

Autoridades admitem que extrema-direita vá vigiar manifestações antifascistas de domingo

A Frente Unitária Antifascista anunciou que vai organizar no próximo domingo duas manifestações - uma Lisboa (Praça Luís de Camões) e outra no Porto (Avenida dos Aliados). O mote é a luta contra o fascismo. Estas manifestações …

Marcelo não entende por que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido (e leu os relatórios de Reguengos)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em declarações transmitidas pela RTP3, que não entende porque é que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido. Em declarações transmitidas pela RTP3 a partir de …

Estado só recuperou 21% dos créditos tóxicos do BPN

O Estado apenas recuperou 21% dos créditos tóxicos do Banco Português de Negócios, que derivaram da nacionalização da instituição bancária em 2008. Até final de 2019, o Estado só conseguiu recuperar 21% da carteira de créditos …

Novas matrículas "só" vão durar 45 anos (por causa das palavras obscenas)

O novo formato de matrículas entrou em vigor a 2 de março. As novas matrículas vão durar menos tempo do que poderiam porque não serão usadas combinações “que possam formar palavras ou siglas que se …

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …