Venda de João Félix vai ter impacto de 100 milhões de euros nas contas do Benfica em 2020

Miguel A. Lopes / Lusa

A venda de João Félix ao Atlético Madrid vai ter um impacto na ordem dos 100 milhões nos resultados do Benfica no próximo exercício (2019/20).

“A venda do João Félix vai ter influência no exercício 2019/20, que vai ser, naturalmente, à conta dessa venda, um exercício certamente positivo”, lançou o administrador executivo da Benfica SAD, Domingos Soares de Oliveira, num encontro com jornalistas em Lisboa dedicado à apresentação das contas de 2018/19.

“O Benfica recebe 126 milhões do João Félix. Desse valor há que deduzir os encargos com o agente que nos apoiou na operação. Portanto, do ponto de vista líquido, considerando que o João Félix é um jogador formado dentro do Benfica e o seu valor em termos de balanço é um valor praticamente inexpressivo, as contas são fáceis de fazer. Do ponto de vista do dinheiro entram 126 milhões, do ponto de vista de resultado net [líquido], em termos de impacto nas contas, será um resultado próximo de 100 milhões“.



A SAD encarnada registou um lucro de 29,4 milhões no último exercício, mais 42,8% do que em 2017/18. Já as receitas consolidadas do Grupo SLB ultrapassaram pela primeira vez os 300 milhões de euros.

“É um valor nunca antes alcançado”, destacou Domingos Soares de Oliveira, considerando que os números apresentados, fortemente influenciados pelas novas receitas da UEFA, são “extremamente positivos” e que “orgulham muito” os benfiquistas.

O lucro obtido é o segundo maior da história da sociedade gestora do futebol profissional do Benfica, apenas superado pelos 44,5 milhões de euros registados em 2016/17, naquele que é o sexto ano consecutivo com resultados positivos.

Quanto ao resultado operacional, houve uma melhoria de 8,8%, para 35,3 milhões de euros, segundo os números disponibilizados na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

As receitas da Benfica SAD ascenderam a 263,3 milhões de euros, um novo máximo, e, em termos consolidados, o Grupo SLB ultrapassa pela primeira vez os 300 milhões de euros em receitas.

Nas contas apresentadas, entram as transferências de Raúl Jiménez, de Jovic e de Talisca.

O ativo cresceu 3,2%, para 500,8 milhões de euros, enquanto o passivo baixou 3,4%, para 384,6 milhões de euros. E o capital próprio subiu quase 34%, para 116,2 milhões de euros, superando pela primeira vez o capital social da Benfica SAD (115 milhões de euros), criada em 2000.

“Foi um esforço que fizemos ao longo dos últimos seis anos, todos os anos temos conseguido ter resultados positivos, e resultados muito significativos”, assinalou o gestor.

Esta nova realidade vai permitir ao Benfica ter um novo músculo financeiro, e Domingos Soares de Oliveira assumiu que as águias vão ser mais “agressivas” em termos da política de compra e venda de jogadores.

“Nós tínhamos um primeiro grande objetivo, já há muitos anos, que era conseguir ultrapassar o capital social com os capitais próprios. Essa é uma situação alcançada. Isso dá-nos, a partir de agora, uma disponibilidade do ponto de vista de não alavancagem — que significa que eu não vou recorrer a mais endividamento, não preciso —, portanto, podemos fazer neste momento uma política agressiva, seja em termos de retenção de talento, seja uma política agressiva do ponto de vista de contratação”, realçou, assegurando que tal não significa entrar em loucuras.

“Não vamos pôr em causa o equilíbrio das contas, mas podemos efetivamente ter uma política diferente daquela que tivemos até hoje”, vincou.

Questionado sobre se isso significa maior capacidade para reter os talentos formados na Luz, Domingos Soares de Oliveira disse que esse é um objetivo estabelecido pela Benfica SAD. O responsável referiu ainda que, apesar do mau arranque na campanha da Liga dos Campeões (derrota caseira com os alemães do Leipzig, na terça-feira), mantém a crença na passagem aos oitavos de final.

Finalmente, Soares de Oliveira admitiu que estão a ser estudadas soluções que permitam aumentar a capacidade do estádio da Luz (cerca de 65 mil lugares), através de uma melhor utilização dos espaços existentes e da possibilidade de haver lugares em pé.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Dinheiro, imóveis e arte. João Rendeiro perde fortuna para o Estado

Um milhão e meio de euros em numerário, contas e ativos bancários, obras de arte e quatro imóveis em Lisboa, Cascais e Oeiras vão ser arrestados a João Rendeiro, ex-presidente do Banco Privado Português (BPP). Segundo …

A primeira eco-casa impressa em 3D "nasceu" em Itália

A empresa de impressão 3D WASP e o Mario Cucinella Architects concluíram a casa TECLA. É o primeiro modelo de habitação eco-sustentável a ser construído a partir de matérias-primas locais usando tecnologia de impressão 3D.  O …

Partido de Le Pen desviou 6,8 milhões de fundos europeus, segundo jornal francês

O partido francês de extrema-direita União Nacional (RN, sigla original), liderado por Marine Le Pen, terá desviado 6,8 milhões de euros de fundos do Parlamento Europeu, revela este domingo um inquérito policial noticiado pelo Le …

Proporção divina. Antiga fórmula grega pode ser responsável pelo sucesso dos musicais

Desde 1972, quando "Jesus Christ Superstar" estreou na Broadway, os mais populares musicais quase unanimemente empregaram uma fórmula centenária conhecida como “a proporção divina” - e, surpreendentemente, parecem tê-lo feito acidentalmente. A proporção divina é um …

Egito já iniciou obras de alargamento do Canal do Suez

A Autoridade do Canal do Suez iniciou este sábado obras para ampliar dez quilómetros do troço sul, onde o navio Ever Given encalhou em março passado, causando o bloqueio de uma das vias de navegação …

Museu do Prado descobre erro de 500 anos numa das suas esculturas

O Museu do Prado, em Madrid, descobriu que uma das suas esculturas, que se pensava ser do século XV, é afinal uma obra do século XX. Em comunicado, o museu espanhol explicou que a escultura – …

Costa entrou em “modo avestruz” e Cabrita é uma “mancha”. Líder do CSD não poupa nas críticas

Francisco Rodrigues dos Santos fez duras críticas ao primeiro-ministro, António Costa, e ao ministro da Administração Interna, Eduarda Cabrita. O presidente do CDS-PP disse que o primeiro-ministro entrou "em modo avestruz no caso João Galamba" referindo-se …

Morreu o prefeito de São Paulo que venceu a covid-19, mas que perdeu a batalha para o cancro

O prefeito da cidade brasileira de São Paulo, Bruno Covas, morreu este domingo, aos 41 anos, vítima de cancro, segundo a imprensa brasileira e várias personalidades que nas redes sociais têm lamentado a sua morte. Bruno …

China não está a conseguir macacos de laboratório suficientes para responder à procura da comunidade científica

A proibição do comércio de animais selvagens e o crescimento da investigação científica estão a causar uma escassez de macacos de laboratório na China. A oferta cada vez menor de macacos de laboratório, amplamente usados em …

Câmara do Porto recusa hastear bandeira LGBT no dia contra a homofobia

A Câmara Municipal do Porto recusou hastear a bandeira LGBTI+ na próxima segunda-feira, dia 17 de Maio, data em que se assinala o Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. Segundo o Público, a autarquia …