Um ano após o divórcio com o Livre, Joacine faz balanço positivo

Joacine Katar Moreira deixou o Livre sem qualquer representação política na Assembleia da República há um ano, depois de ter perdido a confiança política do partido. Em declarações ao Público, assumiu que foi um ano “desafiante”, mas que o balanço é positivo.

Na ótica de Joacine Katar Moreira, o balanço do último ano é positivo. Ainda assim, a deputada não inscrita aponta algumas dificuldades, como as alterações ao Regimento da Assembleia da República, uma “obra de PS e PSD”.

Ao jornal Público, Joacine disse que, agora, tem “liberdade para tornar mais audíveis as vozes e preocupações” dos movimentos sociais e da sociedade civil em geral que a contacta em audiências e que houve uma “redução de interferências negativas e contratempos” e da “perseguição mediática feroz”.

A sua grande aposta foi a agenda pela igualdade, afirmando-se como “a voz do movimento antirracista” no Parlamento. O seu contributo fica também marcado pelos projetos relacionados com a ferrovia, a mineração e as alterações climáticas.

Além disso, destacou as 11 medidas que conseguiu incluir no último Orçamento do Estado, através da sua abstenção, e que obrigaram o Governo a comprometer-se com o aumento de verbas para a saúde mental, o alargamento dos benefícios fiscais do mecenato cultural e a criação de um Observatório Independente do discurso de ódio.

Ao diário, a deputada queixou-se da “falta de verbas” para assessoria, dizendo que “isso condiciona o tanto que ainda poderia fazer mais”, depois de ter perdido o seu chefe de gabinete, em dezembro.

Joacine considera também injusto que tenha sido financeiramente penalizada quando ficou sem partido, enquanto o Livre ficou com toda a subvenção que recebeu nas eleições legislativas apesar de não ter “de prestar contas nem sequer aos eleitores”.

Pedro Mendonça, membro do grupo de contacto [direção], disse ao Público que o Livre “não se arrepende” de ter retirado a confiança política à sua única deputada eleita. “Um partido que tem coragem de retirar a confiança política ao seu único deputado é porque leva as coisas a sério.”

De acordo com o diário, o Livre continua a trabalhar no seu modelo de eleições primárias. Nas autárquicas serão esperadas mais mudanças”, quer através do reforço do compromisso entre os candidatos e os ideais do partido e da defesa do “programa eleitoral à eleição respetiva”, quer através do aumento de debates para aumentar a exposição de ideias, vincou.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Deixa os homens cantar". Ex-paraquedistas vaiam e pedem demissão do ministro da Defesa

Centenas de ex-paraquedistas vaiaram e pediram hoje a demissão do ministro da Defesa e do Chefe do Estado Maior do Exército durante a cerimónia militar nas comemorações do Dia do Exército, em Aveiro. A iniciativa, que …

Portugal com mais quatro óbitos e 604 casos de covid-19

Portugal regista hoje mais 604 novos casos de covid-19 confirmados e quatro óbitos pela doença, assim como mais 243 pessoas recuperadas e menos internamentos em enfermaria e unidades de cuidados intensivos, segundo o boletim oficial. De …

Retrato de Monsieur Lavoisier e a sua esposa Marie-Anne-Pierrette Paulze.

Análise revela composição secreta debaixo de retrato de Lavoisier

Um icónico retrato do químico francês Antoine-Laurent de Lavoisier e da sua esposa, Marie-Anne, mostrou ter uma composição escondida debaixo dele. Antoine-Laurent de Lavoisier foi um químico francês fundamental para a revolução deste campo científico no …

Combustíveis: governantes "não fizeram o trabalho de casa"

A presidente executiva da OZ Energia, Micaela Silva, defendeu que o “Governo devia intervir menos” no mercado dos combustíveis, porque é liberalizado e não tem margens excessivas de comercialização, mas é “muito penalizado” pela quantidade …

Implante cerebral permite que paciente totalmente cega consiga ver formas e letras

Os cientistas da Universidade Miguel Hernández de Elche (UMH), em Espanha, fizeram com que uma mulher completamente cega conseguisse ver formas simples e letras, através da colocação de um implante no seu córtex visual. Os investigadores …

Teoria dos primatas pedrados. Podem os cogumelos mágicos ter sido a chave para a nossa evolução?

A teoria já era conhecida desde os anos 90, mas um novo estudo veio trazê-la à baila novamente. O argumento é de que os cogumelos com efeitos psicadélicos podem ter ajudado a tornar os nossos …

Ainda sem fumo branco para o OE, Bloco e PCP reúnem órgãos máximos

O PCP e o Bloco de Esquerda reúnem hoje os respetivos órgãos máximos entre congressos com a proposta orçamental para 2022 no centro do debate. As conclusões da reunião da Mesa Nacional do BE serão apresentadas …

Sismo de 4,9 em La Palma e novo colapso do cone do Cumbre Vieja

A ilha espanhola de La Palma registou hoje um sismo de 4,8 de magnitude, no dia em que o vulcão voltou a sofrer um colapso no cone principal, causando grandes derrames de lava. O sismo foi …

Algas vivas sensíveis à luz (um tipo de cianobactérias chamado Synechocystis) injetadas num girino

Podia ser ficção científica, mas não é. Injetar algas no sangue dos sapos pode ajudá-los a respirar

Os sapos adotam várias técnicas de respiração ao longo da sua vida. Agora, uma equipa de cientistas alemães desenvolveu um novo método que permite que os girinos "respirem" graças à introdução de algas na sua …

As misteriosas auroras de Úrano foram finalmente detalhadas ao pormenor pelos cientistas

Auroras de Úrano foram captadas pela primeira vez em 2011 através do telescópio Hubble Space, mas as suas origens representam ainda mistérios que os cientistas não conseguem esclarecer. Pela primeira vez, os cientistas conseguiram moldar a …