Jesus voltou a testar negativo. Benfica confirma presença na Taça da Liga

José Coelho / Lusa

O treinador do Benfica voltou a testar negativo ao novo coronavírus, num segundo teste realizado esta terça-feira, dia em que o clube anunciou ter 17 casos de infeção na sua estrutura profissional de futebol.

“O Benfica esclarece que o seu treinador Jorge Jesus voltou hoje a testar negativo à covid-19, pelo que estará amanhã, quarta-feira, no banco a orientar a equipa do Benfica na meia-final da Taça da Liga, em Leiria”, indicou o clube em comunicado.

O treinador nunca foi identificado como um caso positivo, mas o facto de ter apresentado durante o dia “sintomas gripais” levou a que se realizasse um novo teste de despistagem ao vírus SARS-Cov-2.

“A insistência num segundo teste no espaço de 24 horas prendeu-se com aparentes sintomas gripais, sem consequências de maior”, acrescentou o Benfica na mesma nota.

Durante o dia o clube comunicou que 17 elementos testaram positivo, identificando os casos dos futebolistas Gilberto, Grimaldo, Vertonghen, Diogo Gonçalves e Luca Waldschmidt e do presidente Luís Filipe Vieira.

Um cenário que levou o clube a remeter, num primeiro momento, para a Direção-Geral da Saúde a decisão de se apresentar nos próximos 14 dias à competição, e, depois, a comunicar que estará na meia-final de quarta-feira.

“Após ter exposto publicamente, de forma cautelar e transparente, o aumento de casos de covid-19 na sua estrutura profissional, não recebeu por parte das autoridades competentes – DGS e Liga de Clubes – qualquer recomendação contrária às regras até agora vigentes nas competições nacionais. Ou seja, proceder ao isolamento dos jogadores que testaram positivo e incluir no lote de atletas à disposição da sua equipa técnica todos aqueles que testaram negativo, 48 horas antes da partida”, referiu o clube num outro comunicado.

“Nesse sentido, em mais um testemunho de inabalável espírito de grupo e tenacidade do seu plantel, o Benfica reafirma a intenção de marcar presença na meia-final da Taça da Liga, com o desígnio de vencer um troféu que já conquistou por sete vezes”, lê-se.

“O Benfica ressalta que ao longo da época realizou mais de sete mil testes SARS-CoV-2 a todos os elementos da sua estrutura profissional – em média, 82 por cada colaborador – num universo que se situa claramente acima das orientações da DGS e do que se encontra estipulado pela Liga de Clubes, sendo provavelmente a equipa que mais testou em Portugal.”

“Por fim, importa vincar que o comportamento do seu staff se tem pautado, desde sempre e sem exceções, pelo escrupuloso cumprimento das normas e das recomendações emanadas pelas autoridades competentes no que às equipas profissionais concerne em atual contexto pandémico”, conclui.

Além dos casos confirmados pelo clube, a imprensa avançou também que boa parte da equipa técnica está infetada, nomeadamente os treinadores adjuntos João de Deus, Pietra, Fernando Ferreira, Paulo Lopes, Márcio Sampaio ou Mário Monteiro, bem como o diretor e ex-jogador Luisão.

O Benfica defronta, esta quarta-feira, o Sporting de Braga, no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, já depois de o Sporting ter garantido um lugar na final, ao vencer o FC Porto, por 2-1.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Sporting 2-2 Belenenses SAD | Líder salva virgindade nos descontos

A Belenenses SAD esteve a segundos de cumprir a promessa de Petit, que na antevisão da partida apontava para a primeira derrota do Sporting. Os “azuis” estiveram a vencer por 2-0, graças a uma eficácia …

Quatro anos depois, Danny recuperou a sua prancha. Estava a 2700 quilómetros

Um surfista australiano recuperou a sua prancha quatro anos depois de a ter perdido. Estava a 2700 quilómetros do sítio onde a tinha visto pela última vez. Danny Griffiths, um surfista habituado a ondas grandes, perdeu …

Os astronautas precisam de um frigorífico. Engenheiros trabalham num que funciona de "cabeça para baixo"

Para que os astronautas façam longas missões à Lua ou a Marte, precisam de um frigorífico, mas estes eletrodomésticos não são projetados para funcionar em gravidade zero. Os astronautas precisam de frigoríficos para as missões prolongadas …

A maior "cidade-fantasma" da China voltou a florescer (graças à educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior "cidade-fantasma" da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação. Há alguns anos que Kangbashi, uma …

Carro da Tesla ajuda o FBI a capturar homem suspeito de atear fogo em igreja

As câmaras de um Tesla ajudaram as autoridades a prender um homem suspeito de atear fogo numa igreja na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts. A congregação foi atacada mais de uma vez em …

Destemida e aventureira. Com apenas 18 anos, Simone Segouin ajudou a França a derrotar os nazis

Quando tinha apenas 18 anos, Simone Segouin juntou-se à Resistência Francesa para capturar as tropas nazis, sabotar os planos alemães e lutar contra o fascismo no seu país. Apesar de ter abandonado a escola bastante cedo, …

Orgulho e ciúmes. Corrida armamentista entre Coreias coloca ambiente de paz em risco

A relação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul é conhecida por ser bastante conturbada, sendo que nos últimos anos já ocorreram alguns incidentes entre os países. Agora, as duas nações peninsulares …

"Estória mal contada": a saída de João Marques do Famalicão

Perto do final do campeonato feminino de futebol, o treinador das candidatas ao título abandona o emblema minhoto. Provavelmente porque vai liderar outra equipa minhota. Adeptos não gostaram. A Liga BPI, a primeira divisão nacional feminina …

Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em "chicana política"

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não …

Pena de morte diminuiu. Execuções globais atingem o número mais baixo numa década

Globalmente, foram executadas 483 pessoas em 2020, o número mais baixo registado pela Amnistia Internacional (AI) numa década, marcando uma redução de 26% em relação a 2019 e 70% comparativamente a 2015. Segundo um artigo da …