Jesus “quis jogar à apanhada” com Amorim e acabou assobiado. Flamengo à espera do treinador

Mário Cruz / Lusa

“Ninguém estava preparado para isto”. Foi desta forma que Jorge Jesus reagiu à derrota do Benfica na recepção ao Sporting, por 1-3, depois de ter sido assobiado, com muitos lenços brancos pelo meio, e da “lição táctica” de Ruben Amorim.

“A diferença foi quem fez os golos.” Esta é a análise de Jorge Jesus após o fim do dérbi para o campeonato que o Sporting venceu por 1-3 no Estádio da Luz.

O treinador do Benfica dá “mérito” ao Sporting pela “forma como sempre saiu, teve oportunidades e fez os golos”.

Jesus também assume que “ninguém estava preparado para isto”, pelo menos no Benfica, e nota que a sua equipa “não conseguiu criar vantagens ofensivas”.

Contudo, entre os adeptos de futebol, há quem considere que Jesus deixou muito a desejar em termos de estratégia e que levou “uma lição táctica num dérbi/clássico como não se via há muitos anos no futebol português”.

“Quis jogar à apanhada, Amorim passou-lhe ao lado”, aponta mesmo o utilizador do Twitter Tomás da Cunha, realçando que “se isto não fizer reflectir Jorge Jesus sobre a forma como defende, sobre o perfil de jogador que escolhe para o ataque, nada fará”.

Mas também há quem aponte o dedo aos dirigentes do Benfica, considerando que este é mais um plantel “mal construído e planeado” e que “ninguém salvará um projecto morto”.

No fim do jogo e após a derrota clara frente ao eterno rival, choveram assobios e lenços brancos, com pedidos de demissão do treinador à mistura.

Entretanto, no Brasil, continua a sonhar-se com o regresso de Jorge Jesus. “Vem ser feliz no Flamengo”, pedem os adeptos do clube brasileiro.

E o jornalista brasileiro Mauro Cezar nota que se o Benfica não derrotar o Dínamo na próxima quarta-feira, na Liga dos Campeões, o cenário do regresso de Jesus ao Flamengo ganha força. Além disso, refere que os jogos contra o FC Porto para o campeonato e a Taça de Portugal, a 23 e 30 de Dezembro, também podem ser decisivos para o futuro do treinador na Luz.

Jesus já disse que o Benfica tem de “vencer” ao Dínamo de Kiev e “passar aos oitavos de final” da Liga dos Campeões.

  Susana Valente, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.