“Queriam calar-nos, não conseguiram.” Jerónimo encerra Avante! com ataques a Marcelo e recados ao Governo

António Cotrim / Lusa

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa

Foram 45 minutos de discurso com fortes críticas e avisos. Jerónimo de Sousa encerrou, este domingo, a Festa do Avante! e não deixou nada por dizer.

Este domingo, Jerónimo de Sousa subiu ao palco na Quinta da Atalaia e, para 2.000 cadeiras lotadas, ergueu a voz rouca para dizer: “Queriam calar-nos, não conseguiram”.

Foi assim que o secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP) encerrou a 44ª edição da Festa do Avante!, marcada pelas medidas de restrição motivadas pela covid-19, muita polémica e uma grande revolta por parte dos comunistas.

“Construímos e realizámos a nossa Festa, esta grande festa e este comício da solidariedade, da paz, da amizade, da democracia e do socialismo, num quadro de inusitada hostilidade dos grandes interesses económicos e das forças mais reacionárias e conservadoras, contra a qual moveram uma insidiosa campanha, utilizando os seus poderosos recursos mediáticos e de intoxicação da opinião pública para a inviabilizar”, disse, citado pelo Observador.

“Nestes três dias conseguimos resgatar o valor da vida, da vida com felicidade. Há que continuar este combate para uma vida melhor e um Portugal com futuro”, acrescentou.

Jerónimo atirou fortes críticas ao PS, PSD e CDS-PP pela resposta dada à pandemia e à defesa dos direitos dos trabalhadores. Sem mencionar nomes nem bandeiras, o comunista criticou também quem se “está a esforçar” para fazer crer que “tudo vai ficar bem” e que “os problemas que o país hoje enfrenta são essencialmente resultado da epidemia”.

“Querem mesmo fazer crer que passada esta, tudo vai ficar bem, como se estivesse antes tudo bem e o futuro do país e do seu desenvolvimento garantido”, frisou, não deixando passar em branco alguns temas que marcaram a atualidade nas últimas semanas, entre eles o Novo Banco, os impostos e a saída de empresas nacionais para “paraísos fiscais”.

António Costa foi um dos visados no discurso de encerramento, merecendo recados diretos. “Não vale a pena uns virem agitar com ameaças de crise política. O que se impõe é aproveitar todos os instrumentos para não permitir que os trabalhadores e o povo vejam a sua vida mergulhada numa crise diária”, declarou Jerónimo de Sousa.

Apesar das críticas, não fechou a porta às negociações para o Orçamento do Estado para 2021. “Não vale a pena apressarem-se a sentenciar que o PCP não conta, que está de fora das soluções de que o país precisa.”

“O PCP não faltará, como nunca faltou, a nenhuma solução que dê resposta aos problemas, não desperdiçará nenhuma oportunidade para garantir direitos e melhores condições de vida”, garantiu.

As reprimendas de Jerónimo estenderam-se ao Presidente da República. O líder comunista disse que há “um processo de rearrumação de forças posto em marcha” e inseriu nesse “esforço” Marcelo Rebelo de Sousa.

“De pouco valem declarações do PS de que não quer nada com o PSD se as opções que vier a adotar forem, mais coisa menos coisa, aquelas que o PSD adotaria, sem romper com orientações e compromissos que têm sustentado a política de direita”, afirmou.

“Tanto mais quando se continuam a registar em matérias relevantes convergências entre os dois partidos, parte de um processo de rearrumação de forças posto em marcha, e em que o atual Presidente da República se insere, para branquear o PSD visando a sua reabilitação política e a cooperação mais intensa com o PS, indispensáveis à política de direita”, acrescentou.

Por último, Jerónimo confirmou que o PCP terá um candidato próprio às eleições presidenciais, que se realizam em janeiro do próximo ano. A candidatura foi anunciada sem um nome, mas com uma promessa: assumirá “os direitos dos trabalhadores, os valores de Abril e o compromisso do projeto que a Constituição da República Portuguesa consagra”.

A 44ª edição da Festa do Avante! foi marcada por intensa polémica em torno da sua realização. Este ano, o recinto da Quinta da Atalaia tinha uma lotação de cerca de 100 mil pessoas em simultâneo, que foi reduzida para 16.563 visitantes por dia segundo as normas definidas pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O PCP assegurou que o número nunca foi ultrapassado. Ao Público, dirigentes comunistas adiantaram que a contabilidade das presenças, assim como as entradas vendidas, será revelada em breve.

LM, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …