Javalis estão a cruzar-se com porcos domésticos (e podem trazer a peste suína)

Se o aumento de javalis em Portugal vier a disseminar a peste suína africana (PSA) “será uma catástrofe”, refere Nuno Faustino, presidente da Associação de Criadores de Porco Alentejano (ACPA).

Nuno Faustino, presidente da Associação de Criadores de Porco Alentejano (ACPA), afirmou, em declarações ao jornal Público, que se o exponencial aumento de javalis em Portugal vier a disseminar a peste suína africana (PSA) “será uma catástrofe“. A peste poderá causar impacto na fileira do porco alentejano, um setor “exporta mais de 90% do que Portugal produz”.

Com a presença da peste suína africana, “as fronteiras fecham e não há onde colocar o produto”. O recurso será confinar os animais aos aparcamentos, embora se saiba que os javalis conseguem ter acesso às porcas reprodutoras domésticas. Quando tal acontece, as ninhadas são de porcos cruzados, sem valor de mercado.

A certificação nunca será posta em causa, mas a sanidade animal sim. “Quando as porcas são tocadas pelo javali são imediatamente afastadas e observadas para confirmar se houve ou não contágio” explica Nuno Faustino, admitindo que o contacto entre as porcas reprodutoras e o javali “é muito difícil de evitar”.

biólogo e investigador da Universidade de Aveiro, Carlos Fonseca, admite que Portugal “poderá vir a ter a peste suína a curto/médio prazo”, adiantando que o país está perante “um aumento” exponencial de javalis em simultâneo com o decréscimo de caçadores.

A zona onde a presença de javalis é mais significativa estende-se desde a região alentejana (Serpa) até ao distrito de Castelo Branco. Por ano, são abatidos legalmente uma média de 30 mil javalis.

Por sua vez, o dirigente da Confederação Nacional de Agricultura (CNA) João Diniz revela também um acentuado grau de preocupação, uma vez que muitos agricultores estão a deixar de produzir, nomeadamente milho, mas também culturas permanentes como vinhas, olivais, nogueiras, castanheiros.

Perante este cenário, o responsável critica a postura do Ministério da Agricultura, ao pretender lançar para as zonas de caça o ónus do problema, “obrigando-as a pagar os prejuízos causados seja por javalis, veados ou gamos”.

“E depois manda as pessoas lesadas queixarem-se à GNR.” Esta situação “está a lançar agricultores contra caçadores nas aldeias” adverte o dirigente da CNA, citado pelo Público.

Jorge Neves, presidente da Associação de Produtores de Milho e Sobro (Ampromis), também está preocupado. Ao mesmo jornal, adianta não ser ainda possível contabilizar os prejuízos que os javalis já terão causado nas searas de milho.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Autoridade da Concorrência faz buscas em cinco empresas de vigilância privada

A Autoridade da Concorrência (AdC) anunciou, esta segunda-feira, que realizou diligências de busca e apreensão em cinco empresas do setor da vigilância privada, no distrito de Lisboa, "por suspeitas de práticas anticoncorrenciais lesivas do normal …

"Breaking Bad" da vida real. Dois professores de Química acusados de produzir metanfetamina

Dois professores universitários de Química do estado do Arkansas, nos Estados Unidos, foram detidos no domingo por suspeitas de produzirem metanfetaminas. O caso tem atraído atenção mediática por se parecer inspirar no enredo da série …

TAP regista prejuízos de 111 milhões de euros até setembro

A TAP registou, nos primeiros nove meses deste ano, prejuízos acumulados de 111 milhões de euros que atribui a "variações cambiais sem impacto na tesouraria". "A TAP S.A. apurou um prejuízo acumulado, nos primeiros nove meses …

Coreia do Norte não está interessada em mais cimeiras com os EUA

A Coreia do Norte advertiu, esta segunda-feira, que "não está interessada" em mais cimeiras com os Estados Unidos, se Washington persistir na recusa em fazer concessões. A Coreia do Norte deu a Washington até ao final …

Refugiado detido que escreveu um livro pelo Whatsapp conquista a liberdade

O jornalista e escritor curdo-iraniano Behrouz Boochani, que estava detido há seis anos num centro de imigrantes na Austrália, conquistou a liberdade. Boochani escreveu, através de mensagens da rede social Whatsapp, o livro “No Friend But …

Pinto Luz não se resigna a disputar "campeonato dos pequeninos"

O candidato à liderança social-democrata afirmou, esta segunda-feira, não se resignar a um partido que disputa o "campeonato dos pequeninos" ou é "uma segunda escolha do PS", pedindo a "quem não gosta deste PSD" que …

Militares portugueses já salvaram mais de 14 mil migrantes no Mediterrâneo

Marinha, Polícia Marítima e Unidade de Controlo de Costa da GNR, ao serviço da agência Frontex, no sul de Espanha e de Itália, já resgataram 14.151 migrantes no Mediterrâneo desde 2014. As equipas militares portuguesas, a …

Estudantes de Medicina dizem adeus ao "terrível" Harrison

Mais de 2.700 recém-licenciados de Medicina realizaram, esta segunda-feira, a Prova Nacional de Acesso (PNA), que substitui o "terrível" Harrison. Esta segunda-feira, mais de 2.700 candidatos responderam pela primeira vez a 150 questões da Prova Nacional …

Vítimas de legionella de Vila Franca de Xira reclamam 2,6 milhões ao Estado

A Associação de Apoio às Vítimas do Surto de Legionella de Vila Franca de Xira reclama uma indemnização de 2,6 milhões de euros por falhas e omissões de entidades públicas em relação às vítimas que ficaram …

Pelo menos três mortos em tiroteio em supermercado no Oklahoma

Pelo menos três pessoas morreram, esta segunda-feira, num tiroteio num supermercado da cadeia Walmart em Duncan, cidade do Estado norte-americano Oklahoma. O responsável da polícia de Duncan, Danny Ford, citado pela televisão local TNN-ABC, indicou que …