Japão quer colocar homem na Lua antes da China

Estamos prestes a assistir a uma nova corrida espacial para a ida à Lua, mas desta vez os intervenientes são a China e o Japão, em vez dos EUA e Rússia.

Durante a década de 60, a Guerra Fria despoletou o desejo de mostrar a superioridade tecnológica entre as duas super-potências mundiais, culminando com a concretização da famosa promessa de Kennedy, de colocar um homem na Lua antes do final da década – e, claro, de o trazer de regresso à Terra.

Meio século depois, o panorama espacial é bem diferente…

Actualmente, temos empresas privadas a liderar em termos de chegar ao espaço a custo reduzido, e em termos governamentais, são países como a China, Índia e Japão que parecem estar contagiados com o desejo das aventuras espaciais.

Segundo o Engadget, em resposta à proposta da China de nos fazer regressar à Lua em 2036, a agência espacial japonesa JAXA avança com uma data mais ambiciosa, de o fazer já em 2030.

No entanto, poderemos não vir a assistir a uma verdadeira competição, uma vez que aparentemente o Japão está mais interessado em se tornar parceiro do projecto Chinês, contribuindo para acelerar o desenvolvimento da missão – razão pela qual estará a apresentar uma data mais ambiciosa do que a inicialmente indicada pela China.

Além disso, em declarações à CNN, um porta-voz da JAXA disse esta sexta-feira que uma missão exclusivamente japonesa à Lua poderia ser incomportável para o país, e que o plano seria “fazer parte de uma missão multinacional”.

Também a Índia seria um forte candidato a fazer parte deste esforço, pois já testou com sucesso um space shuttle reutilizável o ano passado, e este ano bateu um recorde ao enviar 104 satélites para o espaço num único foguete.

Mesmo se deste lado do mundo temos a SpaceX a manter a actividade espacial nas páginas das notícias com regularidade, estes projectos mostram que o resto do mundo não anda a dormir… muito pelo contrário.

PARTILHAR

RESPONDER

Ateneu de Lisboa perdeu exemplar raro de "Os Lusíadas"

Um exemplar raro da obra "Os Lusíadas", avaliado em 100 mil euros, desapareceu do Ateneu Comercial de Lisboa. Segundo o Observador, que cita o jornal i, desapareceu do Ateneu Comercial de Lisboa um exemplar raro da …

Pais da bebé Matilde ajudaram Tomás a tratar cancro nos ossos

Tomás Leal, de 5 anos, tal como a irmã, Marta, de 9 anos, sofre de cancro nos ossos. Os pais recorreram à Clínica Universidad de Navarra, em Espanha, para uma solução médica que evite …

Já é conhecido o novo Governo. Há mais mulheres e cinco novos ministros

António Costa levou esta tarde os nomes do novo Governo que foram validados pelo Presidente da República. Costa quis deixar o assunto encerrado antes de partir para o Conselho Europeu de quinta e sexta-feira. A …

Relação de Lisboa reconhece insónias como motivo para indemnização

Uma empresa foi obrigada a indemnizar três funcionários que tinham sido despedidos e a reintegrá-los. A Relação de Lisboa considerou que os trabalhadores "passaram a andar deprimidos e ansiosos, dormindo mal" e por esse motivo …

Incêndio no Pinhal de Leiria terá originado de dois reacendimentos

O incêndio na Mata Nacional de Leiria, no dia 15 de outubro de 2017, resultou de dois reacendimentos de um incêndio após uma queimada e outro de um possível fogo posto, refere o despacho de …

Peste suína leva China a proibir carne de Timor-Leste

A China interditou a entrada de carne de porco proveniente de Timor-Leste devido ao surto de peste suína africana detetado no arquipélago. Segundo um edital publicado esta terça-feira pela Administração Geral da Alfândega da China, mas …

Lisboa está entre as cem cidades com os melhores hospitais do mundo

Lisboa figura na lista das cidades com os melhores hospitais do mundo segundo o estudo "Best Hospital Cities Ranking 2019", realizado pela primeira vez pela tecnológica da área da saúde Medbelle, uma startup baseada em …

Gaudêncio demite-se da liderança do PSD/Açores e pede eleições internas antecipadas

O líder do PSD/Açores, Alexandre Gaudêncio, demitiu-se esta terça-feira do cargo e vai pedir eleições internas diretas, não adiantando se se irá recandidatar ao cargo que assumiu há um ano. Alexandre Gaudêncio anunciou esta terça-feira, em …

Mortes causadas por agentes da polícia crescem 4,3% com Bolsonaro no poder

Agentes da polícia no Brasil causaram a morte de pelo menos 2.886 pessoas nos primeiros seis meses deste ano, mais 4,3% que os 2.766 registados no mesmo período do ano passado. Segundo um levantamento divulgado na …

Duarte Cordeiro, Alexandra Leitão e Ricardo Serrão Santos. Costa e Marcelo reunidos para falar sobre novo governo

O primeiro-ministro indigitado está esta tarde reunido com o Presidente da República, na habitual reunião semanal, que foi antecipada e que servirá para António Costa entregar a composição do novo governo a Marcelo Rebelo de …