/

Japão aprova construção de navios de guerra para instalar sistemas antimísseis

Shen Bohan / XINHUA / EPA

O Governo do Japão aprovou esta sexta-feira a construção de dois novos navios de guerra, que vão ser dotados com sistemas antimísseis Aegis, depois de ter sido afastada a instalação de bases terrestres, disseram fontes oficiais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O objetivo deste sistema de defesa é defender o Japão das ameaças do regime da Coreia do Norte.

Em junho, a instalação de sistemas de interceção de mísseis Aegis Ashore em bases terrestres no norte e sudoeste do Japão foi suspensa, por razões económicas e técnicas, que levaram as autoridades nipónicas a procurar alternativas.

Na reunião do Conselho de Ministros japonês foi dada “luz verde” a uma das alternativas em análise e foram descartadas outras duas, uma que era a instalação do sistema em navios privados, enquanto outra apontava para plataformas marítimas.

Em conferência de imprensa, o ministro da Defesa japonês, Nobuo Kishi, indicou que as autoridades vão continuar a analisar outras medidas para reforçar os sistemas antimísseis.

A instalação de baterias dotadas com sistemas antimísseis Aegis Ashore foi aprovada em 2017, na sequência da crescente ameaça que representa os programas de mísseis balísticos e nuclear da Coreia do Norte.

Desde então, a região viveu momentos de redução da tensão com a aproximação entre Washington e Pyongyang e a discussão da desnuclearização da península coreana, o que coincidiu também com uma reavaliação japonesa do sistema Aegis Ashore.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.