Jantares de família? Sim, mas com as devidas precauções

José Sena Goulão / Lusa

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales

Nesta fase de desconfinamento já é possível ter ajuntamentos sociais como refeições em família, mas com as devidas precauções.

Com a abertura gradual do comércio e a retoma do trabalho presencial entramos numa nova fase do combate à pandemia, e com ela surge o levantamento de outras questões, nomeadamente de índole familiar. É o caso dos jantares de família.

Questionada sobre a possibilidade de as famílias organizarem jantares, a Direção-Geral da Saúde respondeu, esta terça-feira, que os portugueses podem fazer jantares de família, mas com cuidados acrescidos. “Podemos fazer um jantar de família, mas com as devidas cautelas e distanciamento social. Não podemos fazê-lo nos moldes em que o fazíamos anteriormente”, explicou o subdiretor-geral da Saúde, Diogo Cruz.

“Devemos tentar manter as regras que tivemos até agora, ainda que com mais liberdade e permissões. Mas como presumo que nenhum de nós queira uma segunda onda, devemos manter as recomendações”, acrescentou o responsável, citado pelo Público.

“Temos de ter noção que é verdade que saímos do estado de emergência, mas também é verdade que ainda temos transmissão da doença em Portugal”, recordou, Diogo Cruz.

Antes da conferência de imprensa desta terça-feira, Rita Sá Machado, chefe de Divisão de Epidemiologia e Estatística da Direção-Geral da Saúde​, apelou a que os portugueses evitassem reuniões deste tipo.

“Embora seja permitido que estejam no mesmo espaço até dez pessoas, a minha opinião enquanto médica é que ainda não devemos promover este tipo de actividades, apenas porque estamos numa fase muito precoce em que precisamos de manter a nossa cautela e alguma abertura para, se necessário, voltarmos atrás nas medidas que foram implementadas”, explicou ao diário.

“Devemos evitar ao máximo os jantares de amigos e de família. Do ponto de vista da saúde mental é bom estarmos com as pessoas de quem gostamos e com quem temos afinidade, mas será melhor continuar a promover aquilo que é o contacto através das telecomunicações, pelo menos nesta primeira fase“, rematou a especialista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Novo recorde: SNS24 recebeu mais de 23 mil chamadas só esta segunda-feira

O centro de contactos SNS24 bateu um novo recorde de atendimentos no dia 19 de outubro, com 23.373 chamadas atendidas, revelaram os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) ao Público. Os picos de chamadas …

Israel descobre túnel escavado desde a Faixa de Gaza

"O túnel, com várias dezenas de metros de comprimento, foi escavado em Khan Younès, no sul da Faixa de Gaza, e entra no território israelita", afirmou o porta-voz do exército, Jonathan Conricus, durante uma conferência …

Lei aprovada no Parlamento pretende facilitar prescrições de multas a partidos políticos

O projeto foi aprovado na generalidade no Parlamento, e está em discussão na especialidade. A Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP) teme os efeitos da nova legislação sobre as prescrições de multas a partidos …

Noiva de Khashoggi processa príncipe herdeiro saudita

Hatice Cengiz, noiva de Jamal Khashoggi, colocou um processo contra o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman e outros alegados mentores do assassínio. A noiva do jornalista Jamal Khashoggi, assassinado na Turquia em outubro de …

Papa Francisco defende pela primeira vez uniões de facto para casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu a regulação do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, afirmando que os homossexuais têm direito a constituir família. "Homossexuais têm o direito de constituir família. São filhos de Deus", defendeu o …

“Uma desgraça completa”. Ex-ministro do PSD arrasa atuação do Ministério da Saúde no combate à pandemia

O antigo governante do PSD Fernando Leal da Costa acusou esta quarta-feira o Ministério da Saúde de “falta de liderança” na gestão da pandemia de covid-19, e falou até de “uma desgraça completa” do ponto …

Ministro defende que investimento nas Forças Armadas “é tão relevante” como na saúde

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, destacou o papel das Forças Armadas no combate à pandemia de covid-19 e defendeu que o investimento público nesta área “é tão relevante” quanto na saúde ou …

Giro. João "Rosa" Almeida segura liderança da geral

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) manteve esta quarta-feira a liderança da Volta a Itália em bicicleta, numa 17.ª etapa ganha pelo australiano Ben O'Connor (NTT). O'Connor, de 24 anos, cumpriu os 203 quilómetros entre Bassano del …

Investimento público atinge máximo de uma década em 2021

Dados do relatório do Orçamento do Estado mostram que o Governo conta terminar 2020 com um investimento público de 4.884 milhões de euros (75 milhões de euros a menos do que a previsão do Orçamento …

Audições urgentes pedidas pelo PS sobre StayAway Covid são por escrito ou em dezembro

O Parlamento aprovou, esta terça-feira, a audição de entidades e personalidades sobre a obrigatoriedade da aplicação Stayaway Covid, proposta pelo PS, "com caráter de urgência", por escrito ou em dezembro, após o debate do Orçamento …