Janelas da Basílica de Mafra precisam de restauro “urgente” resistente a infiltrações e pombos

Alvesgaspar / Wikimedia

Fachada principal do Palácio Nacional de Mafra

As janelas e portas da Basílica do Palácio Nacional de Mafra estão a precisar de uma “intervenção urgente” que proteja todo o património de infiltrações e dos pombos, alertou o responsável pelo restauro dos órgãos históricos.

“Há necessidade de fazer uma intervenção urgente dos janelões que circundam os órgãos”, afirmou à agência Lusa Dinarte Machado, que tem vindo a alertar o Ministério da Cultura desde que foi concluído o restauro dos seis órgãos históricos, em 2010.

Para o mestre organeiro, “há risco de haver vidros partidos nos janelões dos órgãos e se isso acontecer [haverá] água nos órgãos, o que os destruiria de imediato, o que não é admissível, depois de ter sido efetuado o restauro e, mais recentemente, obras de conservação nos instrumentos”.

O diretor do Palácio Nacional de Mafra, Mário Pereira, admitiu à Lusa que, “passados 15 anos da última intervenção, é bom que haja uma intervenção por causa das infiltrações”. Quando se apercebe de um vidro partido ou em risco de partir “no próprio dia é substituído”, assegurou.

Questionada pela Lusa, a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) respondeu que “prevê avançar com uma intervenção de melhoria das janelas e portas do Palácio Nacional de Mafra”, a ser “oportunamente calendarizada”.

Nos últimos meses, enquanto decorrem obras nas torres sineiras do palácio para o restauro dos respetivos sinos e carrilhões, os pombos que aí existiam têm vindo a procurar outros refúgios, entrando de forma esporádica dentro da basílica. Ao contrário do que antes acontecia, nas últimas semanas foram detetados dois a três pombos no interior da basílica, disseram à Lusa o mestre organeiro e o organista e diretor artístico do programa de concertos, João Vaz, o que foi confirmado pelo diretor do Palácio.

“Se os pombos entram é porque há vidros partidos ou a cair e isso é sinal de preocupação, porque podem provocar danos nos órgãos”, sublinhou Dinarte Machado. Mário Pereira garantiu que os pombos já saíram e que “não há vidros partidos, ainda assim, os pombos têm entrado pelo zimbório e pela porta principal da basílica”.

À Lusa, a DGPC esclareceu que a entrada de pombos foi um “episódio pontual relacionado com a recente intervenção” nas torres sineiras, tendo sido “tomadas todas as medidas necessárias para a resolver”. Segundo a DGPC, nas vistorias que são efetuadas constantemente, “foi detetado um vidro partido, que terá contribuído para a entrada de pombos, mas foi reparado de imediato”.

Um visitante do palácio remeteu uma carta à DGPC e à ministra da Cultura, a que a Lusa teve acesso, a alertar para a existência de dejetos de pombos na galilé e dois pombos no interior da basílica, “voando entre os vários órgãos”.

Mandado construir por João V no século XVIII, o Palácio Nacional de Mafra é detentor do maior conjunto sineiro do mundo, composto por dois carrilhões e 119 sinos, e seis órgãos históricos, concebidos para tocarem em conjunto, o que constitui caso único em todo o mundo.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Medina clarifica críticas em público: eram para chefias regionais (e não para Temido)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Media, veio esta quarta-feira a público esclarecer as duras críticas que vez relativamente à atuação das autoridades de saúde no combate à pandemia de covid-19. No seu habitual espaço …

Fraude nas viagens entre ilhas e continente. PJ desmantela mais uma rede criminosa

Esta quarta-feira, foi desmantelada mais uma rede criminosa que se aproveitava de forma fraudulenta do subsídio que financia as deslocações dos habitantes dos Açores e da Madeira ao continente. Existem fraudes nos subsídios das viagens entre …

Nova reviravolta. Livro polémico da sobrinha de Trump com luz verde para publicação

Um juiz do Tribunal de Recurso de Nova Iorque levantou na noite de quarta-feira uma proibição temporária de publicação de um livro escrito pela sobrinha do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contendo revelações polémicas. Segundo …

Epidemiologista chefe da DGS abandona cargo. Saída foi "programada"

A chefe da divisão de Epidemiologia e Estatística da Direção-Geral da Saúde, Rita Sá Machado, vai integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas, em Genebra. A …

"É com Vieira que o FC Porto consegue tirar a final da Taça do Jamor"

Rui Gomes da Silva, candidato à presidência do Benfica, apontou baterias ao atual presidente das águias, Luís Filipe Vieira, poucas horas depois de a Federação Portuguesa de Futebol ter anunciado que a final da Taça …

Rui Rio propôs fim dos debates quinzenais sem consultar deputados

A bancada do PSD só recebeu as propostas do partido para alterar o regimento da Assembleia da República mais de 24 horas depois do anúncio feito por Rui Rio, na terça-feira, no Porto. Rui Rio, líder …

TAP escapa à nacionalização. Estado assume controlo com 72,5% da companhia

O Estado e os acionistas privados da TAP estão perto de chegar a acordo, devendo a companhia aérea escapar à nacionalização. Ainda não há fumo branco, mas o acordo sobre o futuro da TAP deverá …

Encontradas 115 crianças enterradas com moedas na boca na Polónia

Trabalhadores que construíam uma nova estrada na Polónia encontraram os restos de 115 corpos de crianças enterras com moedas na boca. Durante os trabalhos de construção de uma autoestrada em Jezowe, na Polónia, trabalhadores descobriram restos …

À frente de Figo, Futre e Ronaldo. Joelson é o terceiro mais novo de sempre a estrear-se pelo Sporting

O Sporting venceu esta quinta-feira na receção ao Gil Vicente, por 2-1, no jogo de encerramento da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. A partida marcou também a estreia do jovem extremo Joelson …

Austrália pondera dar refúgio a quem abandone Hong Kong

O primeiro-ministro australiano disse esta quinta-feira que o Governo está a ponderar dar refúgio aos residentes de Hong Kong que desejem abandonar a ex-colónia britânica devido à nova lei de segurança nacional imposta por Pequim. Scott …