Jack Ma, o novo homem mais rico da China

(dr) alibaba.com

Jack Ma, fundador do Alibaba

Jack Ma, que agarra com punho de ferro as rédeas da titã do comércio eletrónico Alibaba, ascendeu à posição de homem mais rico da China.

O magnata tem hoje uma fortuna estimada de 25 mil milhões de dólares, depois de na passada sexta-feira a empresa se ter estreado na Bolsa nova-iorquina com aquela que foi a maior oferta pública de aquisição de todos os tempos.

Os multimilionários tecnológicos ocupam os dez primeiros lugares da lista dos mais ricos da China, encontrando-se Ma em primeiro lugar, ultrapassando Wang Jianlin, líder do grupo de bens imobiliário Wanda, com uma fortuna avaliada em 24,2 mil milhões de dólares.

Apesar de no ano passado terem conseguido chegar ao top 10 seis magnatas da área do imobiliário, este ano apenas dois conseguiram agarrar-se com unhas e dentes aos seus lugares, reflexo da dormência deste mercado na China.

O contablista britânico Rupert Hoogewef disse que a China está imersa numa intensa nuvem de empreendedorismo que não parece esmorecer.

A insólita OPA da chinesa do e-commerce Alibaba arremessou a empresa para uma avaliação superior a 200 mil milhões de dólares, dos quais Ma detém 7,8%.

B!T

PARTILHAR

RESPONDER

Concorrência condena MEO a pagar 84 milhões por combinar preços com a NOWO

A Autoridade da Concorrência (AdC) aplicou uma coima de 84 milhões de euros à MEO por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO nos serviços de comunicações móveis e fixas. “A Autoridade da Concorrência …

PEV quer reverter privatização dos CTT. PS admite todos os cenários

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) defendeu hoje, no parlamento, a “reversão da nacionalização” dos CTT, e ouviu o PS admitir “todos os cenários”. Numa declaração política no parlamento, o deputado José Luís Ferreira afirmou que, …

Voltar à normalidade "não está longe, mas não é já", avisa Pfizer

O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou na quarta-feira para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de covid-19. Bourla, de 59 …

Biden quer retomar acordo nuclear com o Irão, embora reconheça que será "difícil"

O vencedor das eleições presidenciais norte-americanas, Joe Biden, pretende retomar o acordo nuclear com Irão antes mesmo de novas negociações, assumiu o democrata numa entrevista ao New York Times. Joe Biden afirmou, durante a campanha eleitoral, …

Processo de reprivaticação da Efacec atrasado devido à discussão do OE2021

Apesar de as avaliações no âmbito do processo de nacionalização e futura reprivatização da Efacec já estarem concluídas, o processo esteve condicionado pela discussão do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021). De acordo com o Jornal …

Costa sobre vacinação: “Há uma luz ao fundo do túnel, mas o túnel é muito comprido e penoso”

O primeiro-ministro, António Costa, advertiu esta quinta-feira que o processo de vacinação terá imponderabilidades externas a Portugal, sendo também complexo ao nível interno, com as dificuldades a aumentarem quanto maior for o universo de cidadãos …

Alterações climáticas podem colapsar os sistemas de saúde, alertam especialistas

O quinto relatório anual da Lancet sobre saúde e clima revelou que todos os países enfrentam ameaças à saúde humana, "que se multiplicam e se intensificam" à medida que as alterações climáticas originam novas pandemias …

Obama, Bush e Clinton vão vacinar-se publicamente para encorajar os norte-americanos

Os ex-presidentes dos EUA Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton disseram que estão prontos para serem vacinados publicamente contra a covid-19, a fim de encorajar os seus concidadãos a fazer o mesmo. Obama disse …

Retenção na fonte mensal reduzida em cerca de 2%. Salários terão um "ligeiro aumento"

As retenções na fonte em 2021 sobre salários de trabalho dependente vão reduzir-se em cerca de 2% face às praticadas este ano e irão permitir um “ligeiro aumento” do rendimento líquido mensal, segundo simulações da …

Em março já deverá haver imunização “suficientemente grande” da população

O epidemiologista Manuel do Carmo Gomes defendeu esta quinta-feira que “se tudo correr normalmente” com a vacinação contra a covid-19, no final de março haverá uma imunização “suficientemente grande” na população para evitar “grandes aumentos …