Já se sabe qual foi o potente vulcão que arrefeceu a Terra e ameaçou o mundo antigo

(h) BNPB /EPA

Nos últimos dois mil anos, o planeta atravessou duas importantes mudanças climáticas: a Anomalia Climática Medieval e a Pequena Idade do Gelo. Nenhuma foi tão profundo como a que estamos a passar atualmente: o aquecimento global dos últimos 150 anos.

No entanto, no passado, houve mais momentos em que o planeta esteve em risco. Uma dessas situações aconteceu no século VI. As temperaturas caíram no hemisfério norte cerca de 15ºC, perderam-se muitas colheitas e chegaram a fome e a peste bubónica. O gatilho para essa situação foi um par de erupções vulcânicas que poluíram a atmosfera.

Sabe-se que ocorreu na Islândia ou no Alaska, por volta do ano 536 (considerado por alguns como o pior ano da história), e que o outro ocorreu por volta do ano 540. Mas não se sabe onde.

Agora, um grupo de investigadores sugeriu onde o segundo poderia ter ocorrido. Num estudo publicado a 16 de setembro na revista especializada Quaternary Science Reviews, associaram essa situação à erupção do vulcão Ilopango, em El Salvador, que gerou uma explosão vulcânica de até 50 quilómetros de altura.

Sobre a erupção em El Salvador, que criou a formação rochosa conhecida como Tierra Blanca Joven, o geólogo da Universidade Luterana da Califórnia (EUA), Robert Dull, que liderou o estudo, diz que foi a “maior da América Central que os humanos testemunharam”.

Pela primeira vez, os cientistas definiram uma data para tal erupção e isso provou ser compatível com a queda dramática das temperaturas no hemisfério norte.

Os investigadores estudaram três troncos enterrados nas cinzas, a uma distância de 25 a 30 quilómetros do lago que cobre a caldeira do Ilopango hoje. Essas árvores terão após serem envolvidas pelos ventos quentes e furacões gerados pela erupção, carregados com gases, cinzas e pedra-pomes.

Em laboratório, estimaram a idade dos diferentes cortes desses troncos, através do estudo de anéis de crescimento e datação por carbono 14.

As análises mostraram que as árvores morreram entre 500 e 545. Além disso, com base em modelos atmosféricos, os investigadores estimaram que a erupção de Ilopango ocorreu no outono de 539. Isso explicaria o arrefecimento global, a fome e uma redução temporária na construção de monumentos maias detetados por arqueólogos.

ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. A alteração de temperatura do sec VI alterou as temperaturas 15 graus… mas esta agora, de 1,5 graus em 150 anos, é que é a pior…
    Em 1960-70 estávamos com medo da idade do gelo que vinha ai.

  2. Já se sabe que entramos na quarta era glaciar. Agora, preocupem-se quando o planeta arrefecer abruptamente. O gelo vai chegar ao deserto do norte de África e à Califórnia, por exemplo.

    • Sem dúvida alguma. Muito se fala do aquecimento global, e as opiniões de alguns cientistas com uma visão mais alargada, que já há muito falam do arrefecimento global, de uma mini era glaciar?

      • Nos anos 70, a revista Time incutiu o medo a dizer que a Era Glacial estava bem próxima!… Nos dias de hoje, a propaganda diz o contrário, que está tudo a aquecer…
        Sim, há alterações climáticas, sem dúvida, os extremos são cada vez mais frequentes, e não é só a Terra, mas sim todo o nosso sistema solar! E nos outros planetas não há homens para destruir o ambiente…
        Façam investigação independente. Está tudo ao nosso dispor com a internet, juntem os pontos!

  3. Eu não percebo nada destas coisas climáticas de que se fala e também não quero perceber. Uma coisa é certa: na década de sessenta do sec. XX viam-se coelhos e lebres por toda a parte na serra onde nasci e fui criado, viam-se melros, viam-se pardais, viam-se pombos e pombas, viam-se perdizes e perdigotos, havia lobos, havia ovelhas, carneiros, cabras, porcos e porcas, havia galinhas e galos, patos perus e toda uma fauna e flora que hoje não são visíveis. Refiro-me a um lugar comum entre a serra da gralheira da freita e da arada. Desapareceu, pois, boa parte da flora e da fauna e, em seu lugar, vêem-se autocarros de luxo repletos de terceiras idades (com o devido respeito) que já não têm capacidade para desfrutar e usufruir e não deixam que o ambiente natural se refaça, tal é a frequência (diária) com que para ali se deslocam. Dizem que é o turismo, que dá muito lucro e promove a região. Pois será… mas onde está o espaço que era outrora dos lobos, dos cães, das ovelhas das cabras e dos cabrões, etc., etc.? Acaso nós humanos funcionamos bem da cabeça? Dizia-me há dias um velhinho: «olhe eu vim aqui porque veio toda a gente do lar onde estou, mas isto não me diz nada nem sei apreciar porque eu tomo 20 comprimidos por dia e todos os dias peço a Deus que me leve o mais depressa possível». Se houvesse eutanásia ou suicídio assistido, isto é, se houvesse em Portugal o direito de morrer com dignidade, segundo a vontade própria, esta pessoa não estaria a passar pela humilhação em que vive hoje – fantoche nas mãos de outrem. Pensem bem, Portugal merece!

  4. Perde toda a credibilidade quando fala que não é pior do que estamos vivendo nos últimos 150 anos. Não há nada alarmante no clima atual ainda que conspiracionistas queiram inventar isso…

RESPONDER

Imunidade de grupo poderá ser atrasada. Jovens com mais de 18 anos vacinados a partir de 4 de julho

Henrique Gouveia e Melo, coordenador da task-force para o Plano de Vacinação contra a covid-19, admitiu um atraso de até 15 dias na meta de 70% de população vacinada com a primeira dose, devido ao …

Supremo espanhol ordena libertação imediata dos nove políticos catalães

O Supremo Tribunal espanhol ordenou, esta quarta-feira, a libertação imediata dos nove líderes independentistas catalães condenados pela tentativa separatista de 2017, depois de o Governo ter concedido um indulto por "razões de utilidade pública". Segundo a …

Corona quer sair do FC Porto e tem uma escolha de eleição

Em final de contrato com o FC Porto, Jesús Corona olha para a porta de saída e vê no Sevilha a escolha de eleição para seguir a sua carreira. Jesús Corona termina contrato com o FC …

Índia alerta para variante Delta Plus, já presente em Portugal. É a chamada "mutação nepalesa"

A Índia alertou, esta terça-feira, para uma mutação da variante Delta, chamada Delta Plus, que já terá sido detetada em nove países, incluindo Portugal. O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge confirma que se …

PS acusa Rui Rio de "incoerência" por criticar Governo após palavras de Merkel

Sobre as críticas de Angela Merkel subscritas por Rui Rio, Ana Catarina Mendes lembra que, "em maio, o PSD criticava o Governo por não ter ainda anunciado a abertura aos voos do Reino Unido". A líder …

Arqueólogos investigam mistério de túmulos reabertos há 1400 anos

Um novo estudo mostra que pessoas que viviam na Europa há cerca de 1400 anos tinham o hábito de reabrir túmulos e retirar de lá certos objetos, algo que os arqueólogos ainda estão a tentar …

O dilema de Costa nas negociações: de um lado a esquerda que quer "destroikar", do outro Centeno que deixa avisos

António Costa vai dar início às negociações sobre o Orçamento do Estado em julho, mas está numa encruzilhada: se, de um lado, tem a esquerda a pressioná-lo com o dossiê do Código do Trabalho; do …

"Dever de neutralidade". Portugal não assinou carta contra a Hungria pelos direitos LGBTI

O Governo de António Costa está a ser duramente criticado por ter recusado subscrever uma carta assinada por 13 Estados-membros da União Europeia (UE) contra a Hungria, na defesa dos direitos LGBTI neste país. O …

Jogos de futebol emocionantes podem (literalmente) parar o coração

Um equipa de investigadores descobriu que um jogo de futebol emocionante, que deixa as pessoas stressadas ou zangadas, pode provocar um ataque cardíaco. Em 2014, a Alemanha venceu a Argentina na final do Campeonato Mundial de …

PSD aprovou lei que mantém libertação de presos

Num texto conjunto com o PS, no ano passado, o PSD propôs que a vigência do regime de perdão de penas no âmbito da covid-19 terminasse "na data a fixar em lei própria". O líder do …