A Ciência determinou o pior ano da história da Humanidade

A Ciência determinou: 536 d.C foi o pior ano para a Humanidade. Esta é a conclusão de um estudo levado a cabo por uma equipa de cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Se alguém lhe perguntasse qual foi o pior ano de sempre para alguém estar vivo, que ano escolheria? 1347, o ano em que a Peste negra atingiu a Europa, poderia ser uma boa aposta. Qualquer um dos anos do Holocausto, entre 1941 e 1945, também. Ou 1918, o ano em que a Gripe Espanhola dizimou 100 milhões de pessoas em todo o Mundo.

Mas, segundo uma equipe de cientistas da Universidade de Harvard, nenhum destes é o pior ano de sempre para estar vivo. A escolha coube ao ano de 563, o início de um dos piores períodos de sempre – se não o pior – na história da Humanidade.



“Foi o começo de um dos piores períodos para estar vivo“, disse o arqueólogo e historiador medieval Michael McCormick. Este testemunho vai ao encontro à descrição que fez Procópio de Cesaréia – importante historiador bizantino do século VI – nas suas obras sobre as guerras travadas com os vândalos.

Segundo escreveu este historiador antigo, durante o décimo ano do reinado de Justiniano (527 a 565 d.C), “o Sol emitiu a sua luz fraca, como a lua” e, a partir do momento em que esse fenómeno ocorreu, “os homens não estavam livres da guerra ou da praga ou de outra qualquer coisa que não os levasse à morte”.

Também McCormick destaca este “misterioso nevoeiro” que assolou a Europa, o Médio oriente e algumas das regiões da Ásia durante um ano e meio.

De acordo com o arqueólogo, houve um nevoeiro que bloqueou os raios solares, fazendo com que as temperaturas caíssem drasticamente, desencadeando anos de caos em todo o mundo: nevou na China em pleno mês de agosto, proliferaram-se secas fortes – como as que afetaram a civilização Moche do Peru – em vários países e impôs-se uma fome generalizada devido às colheitas agrícolas perdidas.

Os relatos de ambos os historiadores sugerem por detrás deste bizarro nevoeiro estiveram várias erupções vulcânicas catastróficas. As consequências causadas pelo acentuado arrefecimento global foram tão fortes que se refletiram nos detritos acumulados desde os núcleos de gelo na Antártida até aos anéis das árvores na Gronelândia.

A investigação, agora publicada na Antiquity, dá conta que no ano de 536 d.C cinzas vulcânicas e detritos misturam-se nas camadas de gelo, não havendo nenhum sinal de recuperação económica desta catástrofe até ao ano de 640 d.C – mais de um século depois.

Estes vestígios indicam que houve uma segunda erupção já em 540 d.C, que terá prolongado a onda de desastres. No ano seguinte, a praga de Justiniano – que tal como o nome indica ocorreu no reinado do imperador Justiniano I, “o Grande” (527 a 565 d.C) – fez com que tudo piorasse.

As evidências recolhidas nos detritos acumulados nas camadas de gelo analisadas, que continham vestígios de chumbo, permitiram aos cientistas concluir que só depois de 640 d.C a humanidade começou a recuperar do terrível “século de todas as catástrofes”.

Tais vestígios de chumbo, explicam os cientistas, são  por si só uma má notícia, mas também um indício de que entre 660 e 695 d.C, houve um aumento significativo da actividade de cunhagem de moedas de prata – um sinal claro de que a Humanidade estava em plena recuperação económica.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Há uma referência dizendo que o “testemunho vai de encontro à descrição que fez Procópio de Cesaréia”… Acredito que queira dizer que VAI AO ENCONTRO. É bem diferente a situação. Grato.

  2. O pior ano para a humanidade foi o ano em que a geringonça tomou de assalto o poder em Portugal!
    Talvez nunca venhamos a recuperar dessa tragédia!

      • O progenitor da geringonça, o 44, deixou o país em pantanas, mas depois houve quem com sacrifício, sentimento de missão e responsabilidade tirou Portugal do abismo. A geringonça veio retomar o rumo para o precipício, e desta vez talvez não haja recuperação possível, pelo menos para algumas gerações de portugueses.

RESPONDER

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

EUA comprometem-se a tomar medidas concretas para resolver diferenças com França

Os Estados Unidos continuam a tentar resolver as diferenças com a França na sequência da crise dos submarinos, com o secretário de Estado a admitir que Washington terá de tomar medidas concretas para reconquistar a …

Portugueses suspeitos de violação em Espanha vão ser libertados

Depois de um recurso inicial ter sido rejeitado por perigo de fuga, um tribunal de instância superior aceitou o pedido de libertação dos dois portugueses que estavam em prisão preventiva desde Julho. Vão ser libertados esta …

Administração da insolvência defende a viabilização da Dielmar

As manifestações de interesse na compra da Dielmar devem ser apresentadas até à próxima segunda-feira. A assembleia de credores está marcada para 6 de Outubro. Segundo revela uma fonte próxima ao Jornal Económico, o administrador da …

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …

Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, revelou na quinta-feira que tentou "apostar uma caixa de uísque" com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, alegando ter mais anticorpos para a covid-19 do que o britânico. A sugestão …