Já não é obrigatório haver vinho da casa nos restaurantes

LexnGer / Flickr

O “vinho da casa” era de venda obrigatória em alguns restaurantes há mais de 30 anos, mas esta obrigação legal deixou de existir, segundo a ASAE, porque não há uma tipificação clara dos estabelecimentos aos quais pode ser aplicada.

Os restaurantes e estabelecimentos de bebidas de 2.ª e de 3.ª, e os estabelecimentos sem interesse para o turismo “deverão obrigatoriamente ter à disposição do consumidor o ‘vinho da casa’ e fazer constar o seu preço, quer da carta de vinhos quer das ementas das refeições com o respetivo preçário”, lê-se numa portaria de 1984.

Em meados de 2011, por portaria do Governo, e para dar cumprimento ao licenciamento zero previsto no programa SIMPLEX, foi aprovado o regime de classificação de estabelecimentos de restauração ou de bebidas.

A nova tipologia qualificou dois grupos: os estabelecimentos de restauração (alimentação e bebidas) e os estabelecimentos de bebidas (com serviço de bebidas e de cafetaria).

“Como as várias definições não são similares torna-se impossível fazer a correspondência entre os estabelecimentos indicados” na portaria de 1984 que obriga à disponibilização do “vinho da casa” em alguns estabelecimentos, explica a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) numa nota publicada no ‘site’.

A identificação dos estabelecimentos de restauração e bebidas que são considerados de 2.ª e de 3.ª é “impossível”, frisa, precisando que também não existe legislação específica nesse sentido.

“Assim, sendo inexequível a aplicação da referida portaria de 1984, por não existir uma tipificação clara dos estabelecimentos de restauração ou de bebidas a que a mesma seria aplicável, a mesma está tacitamente revogada, tendo deixado de existir”, acrescenta a ASAE.

Em consequência, a obrigatoriedade por parte dos estabelecimentos de restauração e de bebidas de ter à disposição do consumidor “o vinho da casa” também deixa de existir.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O vinho da casa existe em muitos estabelecimentos de 2ª ou 3ª pois por norma é um vinho mais económico e não é por haver ou não legislação que vai deixar de existir. A prática sobrepõe-se à lei. Neste país deveriam de deixar de existir muitas leis que são estúpidas, pois o mercado em muitas vezes é que faz a sua lei.

  2. E porque não vender-se, como se vendia antigamente, diretamente do pipo cheio na adega do lavrador ou produtor ????.
    Com a documentação à mão para qualquer fiscalização de qualidade ou traficância, o cliente só teria a ganhar, bem como o produtor e o vendedor…

RESPONDER

OE2020. Governo quer baixar preço da luz sem mexer no IVA

O Governo socialista está a estudar hipóteses "alternativas" para baixar o preço da luz sem mexer na taxa do IVA, devendo estas soluções constar já da proposta inicial do Orçamento de Estado para 2020 (OE2020). De …

Pelosi acionou votação para impeachment a Trump. "Os factos são incontestáveis"

A Presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, anunciou esta quinta-feira que o órgão irá avançar com a redação de acusações contra o Presidente norte-americano, no âmbito do processo de impeachment. “As ações …

Relação volta a contrariar Ivo Rosa. Depoimentos de Salgado nos casos BES e Monte Branco podem ser usados na Operação Marquês

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) autorizou a utilização na Operação Marquês dos depoimentos do banqueiro e arguido Ricardo Salgado, prestados nos processos Monte Branco e Universo GES/BES, contestando a decisão de Ivo Rosa, …

Carga fiscal subiu aos 35,4% em 2018. É o valor mais alto desde 2000

A carga fiscal em Portugal subiu dos 34,3% do PIB em 2017 para os 35,4% em 2018, o valor mais elevado desde 2000, acima da média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento …

Família da jornalista assassinada apresenta queixa-crime em França contra várias figuras maltesas

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) e a família da jornalista maltesa assassinada em 2017 disseram, esta quarta-feira, que apresentaram uma queixa-crime em França por “cumplicidade em homicídio” e “corrupção” contra várias figuras maltesas implicadas …

Portugal foi o país da Europa que mais pagou a agentes de futebol

Em 2019, Portugal foi o país da Europa que mais gastou em comissões a agentes nos processos de venda de jogadores de futebol. Os números são de um relatório FIFA, citado esta quinta-feira pelo Jornal de …

"Agregar, agregar, agregar". Se vencer, Pinto Luz conta com Rio e Montengro

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz disse que caso vença as diretas de 11 de janeiro quer contar os seus adversários nesta corrida - o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o …

Açores são o único arquipélago do mundo com certificado de destino turístico sustentável

Os Açores são a primeira região do país certificada como destino turístico sustentável, distinção atribuída a apenas 13 regiões no mundo e entregue esta quinta-feira com a categoria de "prata" pela certificadora Earthcheck. "É com profundo …

Kendrick Lamar atua em data extra do Alive

O rapper norte-americano Kendrick Lamar vai atuar a 8 de julho, num dia extra do festival Alive, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Esta será a terceira vez que o rapper atua em Portugal, tendo …

Hugh Grant em campanha porta a porta contra Boris Johnson e o Brexit

Hugh Grant está em campanha contra o primeiro-ministro do seu país. O ator britânico decidiu juntar-se aos trabalhistas e liberais democratas para derrotar Boris Johnson e, nos últimos dias, tem participado em ações de campanha …