Novos casos sobem, mas nem tanto. Pico terá sido em Março e o índice de contágio caiu para 0,91

Alejandro Garcia / EPA

Portugal regista, neste sábado, 687 mortes associadas à Covid-19, mais 30 do que ontem. O total de infectados confirmados é, agora, de 19.685, mais 663 do que na sexta-feira, o que constitui um aumento de 3,5%. Apesar disso, a curva continua a achatar.

O boletim epidemiológico divulgado, neste sábado, pela Direcção-Geral da Saúde (DGS) revela que já há 19.685 infectados confirmados em Portugal. São mais 663 novos casos do que nas anteriores 24 horas, constituindo um acréscimo de 3,5%, depois de na sexta-feira se ter verificado um acréscimo percentual de apenas 0,96%, com um aumento de apenas 181 casos.

As mortes associadas ao coronavírus subiram para 687, mais 30 óbitos do que na sexta-feira. Trata-se de um aumento de 4,6%.

O número de casos recuperados também subiu de 519 para 610, com mais 91 a ultrapassarem a infecção.

Nesta altura, há 1253 doentes internados, dos quais 228 em Unidades de Cuidados Intensivos, mais 6 do que na sexta-feira.

Há ainda 5166 pessoas a aguardar resultados laboratoriais.

Em termos dos óbitos, nota-se que a mortalidade continua a ser maior entre os pacientes homens, sendo que das 687 mortes, 348 são do género masculino. Mas as mulheres estão em maioria no número de infecções, constituindo 11.655 dos doentes.

Ministra diz que pico terá sido entre 23 e 25 de Março

Na análise aos números do boletim, em conferência de imprensa, a ministra da Saúde, Marta Temido, constata que se podem retirar conclusões positivas e considerar que as medidas de confinamento surtiram efeito.

A introdução das medidas de contenção reduziu o risco de contágio, como salienta a ministra, frisando que o “índice de transmissibilidade” é agora “de 0,91”, ou seja, “cada caso confirmado gerou, em média, face aos resultados dos últimos 5 dias, menos de um caso de transmissão”. Em Fevereiro, a média apontava para que um caso infectado representava um risco de gerar em média mais de 2 casos positivos.

Temido refere, ainda, que os dados apontam para que “o máximo da incidência [do contágio] tenha ficado no passado, entre os dias 23 e 25 de Março”.

“São números que nos encorajam, mas são resultados que nos responsabilizam a todos”, alerta porém Temido, frisando que é preciso manter o “comportamento individual” responsável. “Até ao final de Abril” será essencial “sair só para trabalhar e para pequenos actos essenciais”, frisa a ministra.

O distanciamento social, a lavagem das mãos e o uso das máscara nos casos recomendados continuam a ser comportamentos para manter, constata ainda Temido.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Não haverá acordo" se Londres não respeitar compromissos, avisa Michel Barnier

O negociador europeu para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), Michel Barnier, sublinhou no domingo que "o tempo urge", avisando que não haverá acordo se Londres permanecer nas posições anteriores. "O Reino Unido …

Ex-Benfica Garay acusa Valência de "campanha difamatória"

Ezequiel Garay acusou o Valência de levar a cabo uma "campanha difamatória" contra si. "Dói ver estas coisas quando estão a prejudicar os que amas", disse o argentino. O ex-jogador do SL Benfica Ezequiel Garay cumpre …

O maior salto em cinco anos. Dívida pública atingiu recorde em abril

A dívida pública aumentou para 262,1 mil milhões de euros em abril, o valor mais alto desde 1995, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal. A dívida pública aumentou para o valor recorde de 262,1 …

Diabéticos e hipertensos. PSD quer debater alteração que retirou estes doentes de regime excecional

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que retirou doentes hipertensos e diabéticos do regime excecional de proteção relativo à covid-19. A apreciação parlamentar permite que a Assembleia da República debata, altere e, no limite, …

Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área …

Aviões deixam de ter lotação reduzida a partir desta segunda-feira

Os aviões deixam, a partir desta segunda-feira, de ter a lotação de passageiros reduzida a dois terços, mas o uso de máscara comunitária é obrigatório. O Governo alinhou, assim, as regras nacionais pelas regras europeias no …

Marcelo pede que não se passe do "8 para o 80" e alerta para imagem do país

O Presidente da República reiterou hoje o apelo à população para que não se passe “do 8 para o 80” nas medidas de prevenção da covid-19, alertando para os riscos da imagem do país “cá …

Só metade das crianças deverá voltar ao pré-escolar esta segunda-feira

As crianças em idade pré-escolar regressam esta segunda-feira aos jardins de infância, que voltam a funcionar com novas regras, depois de encerradas durante mais de dois meses, devido à pandemia da covid-19. Apesar do regresso, que …

Dois astronautas (e um dinossauro de peluche) chegaram à EEI à boleia da SpaceX

Para além dos astronautas Doug Hurley e Bob Behnken, seguia a bordo da Crew Dragon um dinossauro de peluche com lantejoulas. E há uma explicação para isso. Este sábado, o foguetão Falcon 9, da SpaceX, fez …

Pescadores já podem capturar sardinha, mas recuo no consumo é uma preocupação

Os pescadores voltam a poder capturar sardinha, a partir desta segunda-feira, e até 31 de julho, com limites diários e semanais, segundo um despacho publicado em Diário da República. De acordo com o diploma, assinado pelo …