Itália está a vender casas por 1 euro (mas com uma condição)

A crescente popularidade de determinadas cidades italianas tem levado a um despovoamento também cada vez maior das zonas mais rurais.

Para combater o problema e tentar atrair novos moradores, estão a ser colocadas à venda casas abandonadas por um euro. Em contrapartida, os compradores têm de entregar uma caução, cujo valor varia consoante a zona, para garantir que renovam as propriedades dentro de três anos. Caso não consigam cumprir o prazo estipulado, arriscam-se a perder o valor da caução.

Um dos maiores municípios a participar no programa é Mussomeli, situado na região da Sicília, a poucas horas de Nápoles. Numa fase inicial, foram colocadas cem habitações para venda – algumas delas já foram compradas -, mas estima-se que entrem outras 400 para o programa.

A caução para comprar uma dessas propriedades ronda os quatro mil euros para que renasçam novas habitações junto ao castelo medieval, às igrejas antigas e às grutas bizantinas.

Cada comprador pode esperar, de acordo com o Bussiness Insider, um investimento de 66 euros por cada metro quadrado, fora as taxas notariais e administrativas que estão avaliadas entre os 2 e os 3 mil euros.

Também a sul de Itália, num dos municípios da região de Campania, foram colocadas 15 habitações abandonadas para venda. As condições do programa estipulado para Zungoli são as mesmas, tirando o valor da caução que desce para metade (dois mil euros).

“Criei uma tarefa especial de jovens voluntários que ajudam compradores em contacto com empresas de construção para a renovação”, disse Paolo Caruso, presidente de Zungoli, uma das aldeias italianas no programa, citado pela CNN. “A transparência é a chave, mas as pessoas realmente precisam de ver por si mesmas a beleza do lugar, saborear a boa comida e respirar o ar fresco e saudável”.

Magaraggia, um escritório de advocacia que está a acompanhar o crescimento do programa, listou, em fevereiro, a participação de 11 municípios. O programa tem tido tal adesão que os primeiros lotes a serem colocados à venda já estão praticamente vendidos. Só para Ollolai, na região de Sardenha, foram feitas cinco mil ofertas para as cem propriedades disponibilizadas pelo município.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A matéria publicada não informa o link de contactos, para nos informa mais sobre uma possível adesão e as regras que tem. Poderia me informar onde fazer esse cadastro? Caso vocês tenham essa informação.

Responder a Incha Cancelar resposta

Telmo Correia critica abstenção do CDS na votação do estado de emergência

O líder parlamentar do CDS-PP criticou a direção do partido por ter optado, na última sexta-feira, pela abstenção na votação do quinto estado de emergência. Mais um sinal de divergência entre a direção e o grupo …

Governo brasileiro deixou de aplicar grande parte das verbas públicas para combater covid-19

O Governo brasileiro deixou de executar grande parte das verbas públicas disponibilizadas para programas destinados a conter os efeitos da pandemia da covid-19, estando em causa vários milhões de reais. Segundo revelou o Folha de São …

Meghan Markle revela que passou por aborto espontâneo. "Perder um filho é uma dor quase insuportável"

Meghan Markle revelou que teve um aborto espontâneo em julho, contando a sua experiência traumática na esperança de ajudar outras pessoas. A Duquesa de Sussex descreveu o aborto num artigo de opinião publicado hoje no jornal …

FC Porto e Sporting com duelos de "primeira" na Taça, Benfica à espera

O sorteio realizado, esta quarta-feira, deu a conhecer os adversários do FC Porto e do Sporting na quarta eliminatória da Taça de Portugal. Benfica ainda aguarda o resultado da partida entre Vilafranquense e Sanjoanense. O FC …

Von der Leyen lembra Hungria e Polónia que milhões de europeus estão à espera

A presidente da Comissão Europeia deplorou, esta quarta-feira, o impasse na aprovação do Orçamento Plurianual e do Fundo de Recuperação, apontando que os líderes devem uma resposta urgente a milhões de cidadãos europeus angustiados, incluindo …

Lista da Bloomberg ordena os 50 países que respondem melhor à pandemia. Portugal fora dos 30 primeiros

O Ranking da Bloomberg avalia dez critérios que dizem respeito à forma como os países dominaram a pandemia. Portugal aparece sensivelmente a meio, melhor no acesso à saúde, pior no fator económico. A Bloomberg, grupo de …

Altice Portugal corta relações institucionais com a Anacom

A Altice Portugal anunciou, esta quarta-feira, que decidiu suspender "qualquer relacionamento institucional" com a Autoridade Nacional das Comunicações (Anacom). "No atual contexto, em que toda a economia nacional e seus agentes se sentem já esclarecidos e …

Ana Gomes espera que Marcelo pare de alimentar "tabu" sobre uma recandidatura

A candidata presidencial Ana Gomes disse nesta quarta-feira esperar que o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, não continue a alimentar o "tabu" sobre uma recandidatura, "até para não se valer do cargo" …

Bloco de Esquerda vai votar contra o Orçamento do Estado

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), que vai ser votada, na Assembleia da República, esta quinta-feira. De acordo com o jornal Público, a decisão ainda vai …

Agência europeia de aviação prepara-se para autorizar regresso do Boeing 737 MAX

A Agência Europeia para Segurança da Aviação (EASA) manifestou hoje intenção de aprovar o regresso da aeronave Boeing 737 MAX aos céus da União Europeia (UE), mas apenas se forem cumpridos requisitos técnicos e de …