Primeiro-ministro israelita ordena continuação de “ataques massivos” contra Faixa de Gaza

Amir Farshad Ebrahimi / FLickr

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, anunciou hoje que deu instruções ao exército israelita para continuar com os “ataques massivos” contra alvos do Hamas e da Jihad Islâmica na Faixa de Gaza.

“Dei instruções ao exército para continuar os ataques massivos contra os elementos terroristas da Faixa de Gaza, e ordenei para que as forças estacionadas em redor da Faixa de Gaza fossem reforçadas com tanques, artilharia e tropas“, disse Netanyahu ao conselho de ministros, de acordo com seus serviços.

Netanyahu enviou as condolências à família da vítima israelita que morreu esta madrugada pelos ferimentos provocados por um foguete lançado a partir de Gaza, nesta nova escalada de violência que começou há 24 horas e que esta manhã continua com a ativação dos alertas antiaéreos em Israel.

As milícias palestinianas lançaram cerca de 450 foguetes contra Israel, que respondeu com bombardeamentos sobre 220 objetivos militares das milícias palestinianas.

No total, seis palestinianos morreram na Faixa de Gaza, quatro milicianos, uma bebé e a mãe desta, segundo o ministério da Saúde palestiniano.

A aviação israelita continuou a atacar diversos objetivos do Hamas, que controla de facto o enclave, e da organização islamita Jihad Islâmica, aos quais responsabiliza pela escalada de violência.

O primeiro-ministro israelita pediu aos residentes de Israel para seguirem as instruções de segurança, como estar perto dos refúgios antiaéreos e afirmou que está a trabalhar “para restaurar a paz e a segurança dos habitantes do sul”.

As Nações Unidas e o Egito estão a mediar desde a última noite as partes para conter a escalada de violência e retomar o acordo de “calma por calma”, que inclui um alívio do bloqueio ide Gaza e o fim da instabilidade na fronteira pela parte das milícias.

Israel, que como a União Europeia ou os Estados Unidos, considera o Hamas uma organização terrorista, mantém o enclave sob bloqueio desde que os islamitas assumiram o poder em 2007 e responsabiliza-os pela violência procedente da Faixa de Gaza.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pode ter sido encontrada (e ignorada) vida em Marte em 1976, defende antigo cientista da NASA

O antigo cientista da agência espacial norte-americana Gilbert V. Levin afirma que foram encontradas evidências de vida em Marte na década de 70. No entender do especialista, deviam ter sido levado a cabo mais investigações …

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …

Associação de Armas americana editou artigos da Wikipédia para desacreditar o Holocausto

A National Rifle Association (Associação Nacional de Armas) dos Estados Unidos tem estado a editar artigos da Wikipédia de forma a desacreditar o Holocausto. Um trabalho de investigação da Splinter identificou pelo menos 150 edições em …

Bebé recém-nascida encontrada enterrada viva numa sepultura na Índia

Uma bebé recém-nascida enterrada viva foi encontrada na Índia por um pai que estava a enterrar a filha, que morreu após o parto, revelou o chefe da polícia local, Abhinandan Singh. A menina foi encontrada dentro …

Reutilização é a verdadeira alternativa a plástico descartável

A alternativa aos produtos de plástico descartáveis tem sido outros produtos também descartáveis, mas a melhor solução passa pela reutilização, indica um relatório divulgado esta terça-feira, que dá exemplos de sucesso. O documento, “The Reusable solutions: …

Booking abandona a criptomoeda do Facebook

  Booking junta-se ao Mastercard, eBay, Visa, PayPal, Stripe e Mercado Pago e desiste do projeto da Associação Libra, promovida por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, para a desenvolver a infraestrutura financeira que está na base …