Iraniana condenada a 20 anos de prisão por tirar o véu

Shaparak Shayarizadeh, uma das mulheres detidas no Irão por tirar o véu de uso obrigatório em público, denunciou que foi condenada a 20 anos de prisão, 18 deles de pena suspensa, embora ainda não haja confirmação oficial.

“Deram-me a sentença: 20 anos. 20 anos por protestar contra uma lei injusta, pela minha desobediência civil e por tirar o véu em público”, afirmou num publicado nesta segunda-feira no seu Instagram.

Até o momento, o poder judicial iraniano não se pronunciou sobre o caso, nem sobre a condenação anunciada pela mulher. Shaparak Shayarizadeh foi libertada após o pagamento da fiança no final de fevereiro, depois de passar mais de um mês detida.

Sem véu e à beira das lágrimas, Shayarizadeh explicou no vídeo que a condenação estipula “dois anos de prisão e 18 anos de prisão de pena suspensa”. “Eu devo viver durante 18 anos quieta, e, além disso, o procurador queria uma pena de prisão mais dura“, denunciou a mulher.

Shayarizadeh foi detida em janeiro nos protestos contra o uso obrigatório do véu no Irão, onde algumas mulheres se manifestarame na avenida Engelab, no Teerão, e penduraram o hijab num poste. Dezenas de mulheres foram detidas entre dezembro e fevereiro devido a este protesto, denominado “as meninas da rua Engelab”.

A advogada de Shayarizadeh é Nasrin Sotudeh, famosa na defesa dos direitos humanos, que foi presa em 13 de junho por acusações que ainda não foram divulgadas. Devido à situação da sua advogada, Shayarizadeh conheceu a sua sentença com atraso.

O uso obrigatório do véu foi imposto às mulheres no Irão após o triunfo da Revolução Islâmica.

ZAP // EFE

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Vivemos no século (XXI)de grande mudanças sociais, tecnologias e de tradições … é normal respeitar costumes ou tradições, é possível a nossa liberdade pessoal como, manter o direito à escolha da identidade… o véu um simbolo do islamismo como outras religiões…

  2. Aqui na Europa devia ser proibido o uso do véu, até porque é um perigo para a segurança pública. Nunca se sabe se um bandido se lembra de se mascarar de mulher com burca só para fazer problemas (roubar um banco ou uma estação de gasolina por exemplo e escapar às câmaras)

  3. Os iranianos e outros da sua religião ou parecida certamente ainda não aprenderam a apreciar mulheres, será uma questão de atraso cultural!.

RESPONDER

Preço da luz vai descer 18 cêntimos no mercado regulado

Os preços da eletricidade no mercado regulado vão voltar a descer em 2020, segundo a proposta avançada esta terça-feira pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Esta terça-feira, a ERSE propôs uma atualização em baixa de …

Portugal teve perdas fiscais de 900 milhões de euros por menor tributação do gasóleo

A tributação ao gasóleo é mais baixa do que os impostos à gasolina. A diferença entre os dois combustíveis leva a perdas de 900 milhões de euros ao Estado. Quem abastece um carro a gasóleo na …

Dulce Neto é a primeira mulher a presidir um Supremo Tribunal português

A juíza conselheira toma posse, esta quarta-feira, como presidente do Supremo Tribunal Administrativo (STA), tornando-se na primeira mulher a ocupar o lugar cimeiro de um supremo tribunal em Portugal. Dulce Neto, de 58 anos, foi eleita …

Défice zero e mais crescimento. Previsões de Centeno para o OE2020 são de "elevado risco"

O Governo faz uma revisão das metas para 2020 no esboço do Orçamento de Estado para o próximo ano que enviou à Comissão Europeia, prevendo um aumento do crescimento económico e um saldo orçamental equilibrado, …

Conselho nacional do PSD pode ser atirado para novembro. Apoios a Rio e Montenegro equilibrados

Rui Rio mantém o silêncio sobre uma recandidatura a líder do PSD, o que está a ser visto como um condicionamento do partido, tendo também nas suas mãos o calendário interno. O conselho nacional para …

Varandas quer vender já em janeiro (e há três nomes em cima da mesa)

O Sporting deverá vender um jogador já no próximo mercado de transferências em janeiro. O dinheiro será destinado a renovações e a trazer um novo reforço para o ataque. Frederico Varandas continua a sua saga para …

Médicos, enfermeiros e professores lamentam recondução de ministros

Médicos, enfermeiros e professores lamentaram a recondução de ministros na pasta da Saúde, Educação e das Finanças, reagindo assim à constituição do novo Governo entregue em Belém pelo primeiro-ministro indigitado, António Costa. O secretário-geral do …

"Batalha campal" assola a Catalunha: 40 mil pessoas nas ruas, 50 detidos e mais de 100 feridos

Pelo menos 51 pessoas foram detidas e 70 polícias ficaram feridos desde o início dos atos de violência que começaram na segunda-feira na região espanhola da Catalunha após a sentença que condenou políticos separatistas catalães …

Kristalina Georgieva exige maior inclusão de mulheres nos mercados de trabalho

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional exigiu esta terça-feira, nos Encontros Anuais, uma maior inclusão de mulheres nos mercados de trabalho, dizendo que quando um país ignora "parte das suas capacidades" enfraquece o desempenho económico. Kristalina …

Cientistas nazis criaram um pesticida alternativo ao DDT (que até era melhor)

Cientistas nazis criaram uma alternativa ao inseticida DDT, que alegadamente seria menos tóxica para os mamíferos e de ação mais rápida. A sua produção viria a terminar abruptamente por intervenção das forças Aliadas. O DDT é …