Investimento estrangeiro no imobiliário português pode atingir 2 mil milhões

Simon Collison / Flickr

-

O presidente da associação de mediação imobiliária afirmou hoje que o investimento estrangeiro no setor deverá atingir entre 1,5 e 2 mil milhões de euros este ano, graças ao programa fiscal para não residentes.

“O investimento estrangeiro no imobiliário português [deverá] representar entre 1,5 a 2 mil milhões de euros em 2014”, referiu o presidente da APEMIP – Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal, Luís Lima.

Sublinhando que o investimento estrangeiro no imobiliário permite “dinamizar a economia” porque implica investimento em outros setores como a saúde, a restauração e o turismo, o responsável critica a falta de apoios à internacionalização.

“A recuperação da economia do país poderá não viver exclusivamente das exportações, mas o investimento que estas gerarem irá contaminar positivamente o mercado e a confiança internos”, alertou Luís Lima em nota hoje divulgada à imprensa.

Entre os maiores investidores estrangeiros em imobiliário português estão, de acordo com os estudos da APEMIP, os franceses, seguidos dos britânicos e dos chineses.

“Os cidadãos britânicos e franceses estão no Top 3 dos investidores que mais procuram o mercado português”, o que “é uma prova de que o Regime Fiscal para Residentes Não Habituais tem captado um largo número de investidores”, defendeu Luís Lima, acrescentando que “apesar da Autorização de Residência para Investimento ser um programa mais popular, são os cidadãos europeus que mais procuram Portugal”.

Só entre janeiro e março, e de acordo com dados avançados pela associação, cerca de 3.500 cidadãos estrangeiros investiram em imóveis portugueses, o que representa 14% do total de imóveis transacionados nesse período.

Para aumentar o investimento, a APEMIP vai atualizar na quinta-feira um acordo que tem, desde 2012, com a sua congénere francesa, o Syndicat Français de L’Immobilier (SNPI), para divulgar imóveis entre os dois países.

A APEMIP “continuará a envidar todos os esforços para promover, junto de associações congéneres, mais parcerias desta natureza, especialmente junto dos países que mais têm procurado o mercado imobiliário português”, concluiu Luís Lima.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Infarmed já tem substituto para medicamento de Parkinson que esgotou

O Infarmed, Autoridade Nacional do Medicamento, garantiu uma alternativa ao Sinemet, medicamento para a doença de Parkinson que está esgotado nas farmácias portuguesas. "Na sequência das diversas reuniões com as empresas que têm medicamentos nesta área, …

Outono chega no domingo com temperaturas de verão

O outono começa no domingo com temperaturas acima dos 30 graus Celsius, podendo aproximar-se dos 40 nas regiões da Beira Baixa, Alentejo e Vale do Tejo, segundo Ricardo Tavares, do Instituto Português do Mar e …

Sánchez disposto a ir ao senado explicar “erro numa passagem” do seu livro

O primeiro-ministro espanhol disse, esta quinta-feira, que está disposto a ir ao senado explicar o "erro numa passagem" de um livro que escreveu e que "vai ser corrigido", avisando a oposição que vai continuar a …

Empresa austríaca cria método que transforma plástico em petróleo

A companhia petrolífera austríaca OMV apresentou esta quinta-feira um inovador procedimento que permite a produção de petróleo a partir de resíduos de plástico - material que é precisamente fabricado a partir deste recurso natural. A inovadora …

José Sócrates promete escrever um livro sobre a "traição" do PS

O ex-primeiro-ministro socialista compara a sua situação com a do ex-Presidente brasileiro Lula da Silva. A única diferença, segundo José Sócrates, é que "o PT manteve-se sempre ao lado de Lula". Numa entrevista ao Folha de …

Em nome da ciência, polvos tomaram ecstasy (e houve muito amor à mistura)

O que é que acontece quando um polvo consome drogas, mais concretamente ecstasy? Cientistas norte-americanos tiveram a oportunidade de realizar essa experiência. De acordo com o Science Alert, a equipa de investigadores deu MDMA, substância psicotrópica …

Recapitalização da CGD faz disparar défice de 0,9% para 3%

Sem a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD), o défice orçamental de 2017 situar-se-ia nos 0,9% do Produto Interno Bruto (PIB). Mas o cheque de quase 4 mil milhões de euros que o Governo …

Jovem foi violada quando estava inconsciente. Tribunal fala em "sedução mútua"

Uma jovem de 26 anos foi violada por dois indivíduos quando estava desmaiada, numa discoteca em Vila Nova de Gaia. A Relação do Porto entendeu que os criminosos não devem ser condenados a uma pena …

7 dos 10 políticos mais ricos de Portugal são do PS. Basílio tem 11 milhões

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, tem um património superior a 11,5 milhões de euros, sendo assim o político em funções mais rico de Portugal. Os dados são avançados pela revista Sábado …

Trump ameaça paralisar Governo se não houver dinheiro para o muro

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou esta sexta-feira travar um acordo orçamental que permitiria evitar a paralisação das instituições federais do país, por este não prever financiamento para construir o seu desejado muro na fronteira …