Investigadores desenvolvem telemóvel que funciona sem bateria

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, formada por engenheiros electrotécnicos e cientistas da computação eliminou um dos fatores que mais consome energia em aparelhos convencionais: criou um telemóvel capaz de funcionar normalmente sem precisar de bateria.

O aparelho desenvolvido conseguiu reduzir o consumo para 3,5 microwatts. O telefone usa duas fontes de energia: um mini painel solar, com as dimensões de um grão de arroz e que pode se ligar a estações base a pouco mais de 15 metros de distância, ou sinais de rádio transmitidos de uma estação a aproximadamente 9 metros.

Neste último caso, são usadas vibrações produzidas pelo microfone e pela saída de som durante as chamadas. Também há uma antena que fica ligada e que é capaz de converter os movimentos em sinais analógicos de rádio compatíveis com as estações que emitem sinal celular.

A novidade não se prende apenas com o pequeno aparelho que, por si só, não tem nada de diferente, mas sim com a capacidade de enviar e receber de dados com tão pouca energia, permitindo estabelecer ligações que tornam possível fazer chamadas.

O primeiro protótipo deste telemóvel sem bateria foi feito a partir de materiais que os cientistas tinham no laboratório, o que significa que, pelo seu aspeto, o produto está longe de ser comercializável, apesar da eficiência testada em laboratório.

“No futuro todas as antenas ou routers de Wi-Fi poderiam vir com a tecnologia de estação base incorporada. E, se em todas as casas houvesse Wi-Fi, o aparelho poderia ter cobertura do telemóvel sem bateria em qualquer lado”, disse Vamsi Talla, coautor do projeto.

O resultado mais entusiasmante da experiência foi uma chamada feita por Skype sem grandes perdas de qualidade e com um gasto energético praticamente nulo, muito próximo do esperado pela equipa de investigação da Allen School of Computer Science & Engineering e do Departamento de Engenheria Electrónica da Universidade de Washington.

Mas, aparentemente, o objetivo não é criar um telemóvel que funcione totalmente sem bateria, mas aplicar essa tecnologia aos futuros smartphones para que gastem menos energia com as chamadas de voz.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Boa! Excelente notícia!
    Um telemóvel que funciona a 1 m da antena!
    Estou a gozar, é claro!
    Sem muita complicação já era possível construir um telemóvel que funciona com a energia emitida da antena a esta distância.
    A notícia importante é a redução do consumo dos circuitos internos (também nada de muito novo) e que vai possibilitando circuitos que podem funcionar muitos anos com uma pequena bateria de relógio e transmitir sinais para fora do corpo na medicina.
    Agora para telemóveis, o caso é muito diferente! há um mínimo de energia para comunicar com as antenas (aumenta quadraticamente com a distância, como aprendemos na escola) e com as funções que temos no telemóvel (o meu tem a função de reduzir o consumo que faz imediatamente a bateria durar três vezes mais, mas poucas pessoas prescindem do ecrã a cores!)

Responder a ZAP Cancelar resposta

"Toupeira" do InSight termina a sua viagem em Marte

A sonda de calor desenvolvida e construída pelo Centro Aeroespacial Alemão (DLR) e implantada em Marte pelo lander InSight da NASA terminou a sua parte da missão. Desde 28 de fevereiro de 2019 que a …

Após injetar chá de cogumelos, homem começou a desenvolver fungo no sangue

Um homem preparou um chá de "cogumelos mágicos" e decidiu injetá-lo no corpo. Vários dias depois, acabou nas urgências devido ao crescimento de um fungo na sua circulação sanguínea. De acordo com o Live Science, o …

Ministro da Economia testa positivo ao novo coronavírus

O ministro da Economia e do Estado, Pedro Siza Vieira, testou positivo ao novo coronavírus que causa a covid-19, anunciou o ministério que tutela.  Em comunicado citado pelo jornal digital Observador, o ministério da Economia refere …

"Reis do esperma". Homens vendem e doam espermatozóides nas redes sociais (e a procura é surreal)

São muitos os norte-americanos que têm vendido ou doado o seu esperma nas redes sociais. A procura pelo material tem sido cada vez maior, e os bancos não estão a dar conta desta nova realidade, …

Sporting 2-1 FC Porto | Jovane Cabral entra para virar resultado e levar Sporting à final

O suplente Jovane Cabral ‘bisou’ esta terça-feira na vitória do Sporting frente ao FC Porto, por 2-1, em Leiria, consumando a reviravolta no clássico das meias-finais da Taça da Liga de futebol, depois de Marega …

Entrevista: "Amigos meus falam em dar um tiro na cabeça. Eu espero não fechar, mas..."

As novas medidas de confinamento estão quase a entrar em vigor e vão afetar muito a restauração. Contactámos o proprietário de um dos cafés mais conhecidos no Porto. 38 anos depois de ter começado a …

Escutas, cartas e chantagens. Como o FBI tentou minar reputação de Martin Luther King

Desde a Marcha sobre Washington por Trabalho e Liberdade em 1963 até aos seu assassinato em 1968, o FBI lançou-se numa intensa campanha para desacreditar Martin Luther King Jr., de acordo com o novo documentário …

Costa anunciou campanha de testes rápidos já esta quarta-feira. Escolas dizem nada saber

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta terça-feira, no Parlamento, que arrancará esta quarta-feira uma campanha de testes rápidos nas escolas, mas as instituições de ensino dizem nada saber sobre a iniciativa. O líder do Executivo …

Tando: O drone projetado para ser um segurança voador

Drones voadores já são usados para patrulhar áreas externas, mas não ambientes internos onde o GPS não funciona. Isto pode estar prestes a mudar com o lançamento do sistema Tando. Desenvolvido pela startup israelita Indoor Robotics, …

Jorge Jesus com sintomas de covid-19

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, também está a apresentar sintomas da covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus. A notícia foi avançada pelo desportivo O Jogo, que dá conta que em causa está uma …