Entre interrupções e insultos, Biden chama palhaço a Trump (e este põe em causa a sua sanidade mental)

Aconteceu ontem o primeiro de três debates, nos quais os candidatos republicano e democrata à Casa Branca – Donald Trump e Joe Biden – têm oportunidade de apresentar aos eleitores norte-americanos as suas propostas para os próximos quatro anos. A troca de ideias ficou marcada por constantes interrupções e insultos.

Durante o debate, que se realizou na Universidade Case Western Reserve, no estado do Ohio (na passada madrugada de Portugal), o jornalista Chris Wallace, da Fox News, tinha prometido manter-se invisível, de forma a ser o mais imparcial possível. Contudo, como já se esperava, a promessa de Wallace não passou de um desejo bem-intencionado. Logo nos nos primeiros minutos do debate o moderador viu-se obrigado a intervir.

Os 90 minutos de aceso debate entre os dois candidatos podem ter sido inúteis, e pouco ou nada terão feito para fazer mexer as estimativas das sondagens. Para Biden isso pode ser bom, uma vez que tem-se mantido à frente nas sondagens.

Trump tem optado por uma estratégia eleitoral um pouco diferente do habitual. No decorrer do debate, o candidato republicano preferiu aniquilar o seu adversário com acusações e insultos, pondo até em causa as capacidades mentais de Biden para governar os EUA.

O atual presidente dos EUA sugeriu que o candidato do Partido Democrata só teria uma boa prestação nas eleições, e caso eleito, na presidência, se fosse estimulado por drogas e recebesse indicações constantes através de um auricular. Mas esta estratégia do candidato republicano, que é sobretudo uma tentativa de agradar ao seu eleitorado, pode ter um efeito inverso ao que espera.

“Vais-te calar, homem?”

Ao longo de todo o debate Trump interrompeu várias vezes Biden. A nomeação de um novo juiz para o Supremo Tribunal foi uma das questões abordadas durante a hora e meia de debate, durante o qual os candidatos trocaram insultos e acusações.

Questionado sobre a possibilidade de acrescentar mais um lugar ao Supremo Tribunal dos EUA, Biden acabou por não completar a resposta, tendo sido interrompido por Donald Trump, que nomeou a juíza conservadora Amy Coney Barrett para o lugar a 56 dias das eleições. “Tenho todo o direito” de preencher a vaga, disse o presidente dos EUA.

Biden insistiu novamente que a vaga deixada no Supremo Tribunal pela morte da juíza Ruth Bader Ginsburg não deve ser preenchida antes das eleições, e que os eleitores devem ter a oportunidade de decidir quem vai nomear o próximo juiz da instituição. Em 2016, a 9 meses do fim do seu mandato, Barack Obama deixou a nomeação de um juiz para o presidente que lhe sucedesse.

Biden disse ser “difícil responder a seja o que for com este palhaço” e afirmou que Trump é “o pior Presidente que a América já teve”. É “racista“, “mentiroso”, “fantoche de Putin” e “sem conhecimento” do que diz, acrescentou Biden. Por seu lado, Donald Trump colocou em causa a inteligência de Joe Biden, considerando que não há “nada de esperto” no oponente democrata.

Chris Wallace pediu repetidamente a Donald Trump que deixasse Biden responder às questões. Com frequência, o Presidente norte-americano falou por cima do adversário, de forma agressiva. Num destes momentos Biden chegou mesmo a mandar calar o presidente dos EUA: “Vais-te calar, homem?”.

Resultados podem “demorar meses”

O presidente dos EUA disse ainda, durante o debate com o seu adversário, que o vencedor da eleição presidencial nos Estados Unidos, marcada para 3 de novembro, poderá não ser conhecido “durante meses” por causa do voto por correspondência. “Podemos não saber durante meses, porque estes boletins de voto vão estar espalhados por todo o lado”, disse Trump que defende que este método “é uma fraude e uma vergonha“.

Apesar de não haver evidências de que esta forma de voto conduza a fraude, Donald Trump sustenta que “haverá fraudes como nunca vimos antes”. O presidente dos EUA disse ainda que contará com o Tribunal Supremo para “olhar para os boletins”, afirmando, sem evidências, que há boletins de voto a serem atirados para os rios, para o lixo e até vendidos.

A certa altura do debate com o oponente democrata, Donald Trump disse mesmo que “isto não vai acabar bem” e pediu aos seus apoiantes para estarem atentos e preparados.

Biden afastou a ideia de que o voto por correspondência possa ser fraudulento, e lembrou que há cinco estados norte-americanos (Colorado, Havai, Oregon, Utah e Washington) – alguns dos quais de maioria republicana – onde os boletins de voto são automaticamente enviados para todos os eleitores há vários anos e sem registo de problemas.

Americanos continuam indecisos

Apesar de o debate ter sido polémico, e das fortes acusações trocadas, os cidadãos norte-americanos consideraram hoje que o debate entre os candidatos Donald Trump e Joe Biden não terá aumentado significativamente o apoio a nenhum dos candidatos, não atingindo o principal objetivo da disputa: formar opiniões sobre os mesmos e permitir ao eleitorado escolher um deles para votar.

Para uma parte dos norte-americanos que assistiram ao debate a partir de casa, isso não terá acontecido devido às frequentes interrupções entre os dois oponentes.

O especialista em debates David Birdsell, diretor da Escola de Assuntos Públicos e Internacionais do Baruch College, considerou durante o debate que “é inédito este nível de desrespeito das regras, por parte de qualquer candidato em qualquer ciclo eleitoral anterior”.

Estão marcados mais dois debates, sendo que o desta noite levou alguns comentadores da CNN, estação que transmitiu o debate, a questionar se Joe Biden deverá ou não manter  o plano de voltar a estar em palco com Trump.

O próximo debate do ciclo eleitoral será entre os candidatos a vice-presidente, Mike Pence (republicanos) e Kamala Harris (democratas), a 7 de outubro.

ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Joe Biden como nunca diz nada de jeito tem que se defender com insultos. Se ganhar, vai ser o fim dos EUA. Também com tudo isto, quem fica a ganhar vai ser a China, pois é o único país que lhes está a complicar o objectivo de controlar o mundo, isto enquanto Mr. Trump tiver como presidente.

  2. Já era de esperar a triste figura de Trump neste 1º debate, em 1º lugar como (des)governante de uma nação, como cidadão, como homem, um fanfarrão mimado e mal educado. Claro que o Biden depopis de tanto insulto atirava-lhe com uma farpazinha, é que ninguém aguenta!!!!

  3. Biden mentiu do inicio ao fim, até disse que o filho Hunter não tinha sido expulso do exercito por consumir cocaina ou que não tinha recebido 3.5 milhoes em Moscovo. Há documentos das 2 situações

    • Os milhões que recebeu da Ucrânia e China torna o caso ainda mais escandaloso.
      DNC = CORRUPTOS
      E mais! A última investigação do project_Verita s, desmascararam a demoncrática Ilhan Omar , a corrupção que fazem com os votos por correspondência, tudo feito pelos democratas!!! ESCANDALOSO!!! E os media nem sequer falam nisto !!! Por isso é que o Trump é contra o voto por correspondência.
      Pensem, investiguem!

    • hahahah…….devia ser uma luta de sumo, entre os 2…….
      até nas guerras, deveriam ser os dirigentes a fazer uma luta num ringue, sumo, wrestling, whatever,…..

      andam ali os soldados a matarem-se e a destruir tudo e outras vidas, por causa da má gestão politica

  4. Mas naquele país não haverá gente mais capacitada para assumir as rédeas da nação? Isto está-se a tornar assustador ao vermos cada vez mais países a ser geridos por gente que não garantem um mínimo de estabilidade e coerência para assumirem tal cargo.

  5. Trump sempre foi e sempre será uma pessoa problemática sem o mínimo perfil para ser presidente dum país como aquele……Jo Biden, neste momento talvez seja o indicado, apesar de também ter os seus defeitos….mas dos dois, Biden é um mal bem menor.

Sacavenense 1-7 Sporting | Sporting goleia Sacavenense e segue em frente na Taça

O Sporting goleou o Sacavenense por 7-1, na terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, ‘castigando’ em demasia a equipa do Campeonato de Portugal, incapaz de contrariar a supremacia ‘leonina’ em toda a linha. Nuno …

The Crown baseia-se em "muita conjetura e muita invenção", diz irmão da princesa Diana

Desde a estreia da quarta temporada, The Crown tem dado muito que falar na família real britânica. Além das acusações feitas por amigos do príncipe Carlos, que consideram que a Netflix está a explorar a …

Nativos ancestrais do Novo México derretiam gelo para sobreviver às secas

Os habitantes ancestrais do árido Novo México sobreviveram a períodos de seca extrema, durante o primeiro milénio, ao derreter o gelo acumulado em tubos de lava profundos. De acordo com a agência Europa Press, a equipa …

Cristiano Ronaldo candidato a melhor da época e do século nos Globe Soccer Awards

O internacional português está entre os nomeados para melhor jogador do ano da Globe Soccer Awards e integra ainda, com Luís Figo, a lista dos candidatos a futebolista do século XXI. Cristiano Ronaldo integra a lista …

Os desenhos de da Vinci escondem um mundo de bactérias e fungos

Leonardo da Vinci é famoso pelas suas obras de arte elaboradas e cheias de nuances. Mas um novo estudo revelou um outro nível de complexidade nos seus desenhos: um mundo oculto de minúsculas formas de …

Bandeira anticorrupção de Bolsonaro caiu. Agora, terá que encontrar outro slogan

A Lava Jato levou à condenação de políticos, enquanto a eleição de Jair Bolsonaro colocou no poder um político que prometeu erradicar a corrupção e que para seu ministro da Justiça nomeou o juiz anticorrupção …

O Prodigium é um iate-tubarão luxuoso (e um dos maiores navios do mundo)

O Lazzarini Design Studio revelou o seu mais recente conceito de um mega iate, o Prodigium. O King of the Seas, como também é conhecido, tem a forma de um tubarão gigante e mede 153 …

Autoridades mexicanas encontram pelo menos 113 corpos em vala clandestina

Pelo menos 113 corpos foram descobertos numa vala clandestina no município de El Salto, no estado mexicano de Jalisco, indicaram no domingo as autoridades. O procurador Gerardo Octavio Solis anunciou, em conferência de imprensa, que 113 …

A cidade capaz de "superar o Dubai" que o Paquistão quer construir vai deixar pescadores em risco

A proposta de uma megacidade insular ao largo de Karachi poderá colocar em risco vários pântanos e, ao mesmo tempo, os milhões de empregos que dependem deles. A Ilha Bundal localiza-se no Mar da Arábia, ao largo …

Árbitros afastados após os penáltis mais insólitos de sempre

Nani aparece no meio da história mais louca do futebol, no que diz respeito a grandes penalidades. Tudo começou com uns centímetros. Equipa de Nani celebrou o apuramento três vezes - só na última é …