Investigadores ensinam Inteligência Artificial a pensar como um cão

Investigadores da Universidade de Washington e do Instituto Allen treinaram redes neurais com o objetivo de tentar compreender e prever o comportamento canino.

O que pode a Inteligência Artificial aprender com os cães? Muito, respondem os investigadores da Universidade de Washington e do Instituto Allen que, recentemente, treinaram redes neurais para interpretar e prever o comportamento de um cão.

Na experiência foram usadas filmagens e capturas de movimento de um cão de raça Malamute, através de uma câmara GoPro colocada na sua cabeça e sensores de movimento ligados às suas pernas e corpo.

No total foram recolhidos cerca de 380 vídeos das atividades quotidianas da cadela Kelp, enquanto passeava e brincava, atividades que fazem parte do seu dia-a-dia.

De seguida, os investigadores usaram a informação recolhida para “alimentar” a Inteligência Artificial através da deep learning, técnica que permitiu que fosse possível cruzar a informação dos sensores dos membros do animal com as filmagens que estava a observar.

A partir desta informação, a Inteligência Artificial procurou encontrar formas de prever os comportamentos do animal, e foi assim que a máquina foi capaz de antecipar como a cadela reagiria em determinadas situações. Por exemplo, se uma bola fosse atirada por uma pessoa, a IA saberia que a cadela iria persegui-la.

Ao The Verge, a cientista Kiana Ehsani explicou que a capacidade preditiva do sistema de Inteligência Artificial é muito alta, mas apenas em períodos muito curtos de tempo.

Muito resumidamente, sistema consegue prever que o animal irá subir as escadas caso apareça uma escada no seu raio de visão. No entanto, as previsões mais adiantadas no tempo são impossíveis, pelo menos por agora, devido à complexidade do mundo. Depois de subir as escadas, a cadela vai ver um objeto que queira perseguir? Talvez.

Depois de treinada a rede neural, os investigadores testaram a Inteligência Artificial, de forma a perceber se o computador aprendeu alguma coisa que não fosse explicitamente programada. Assim, concluíram que a IA aprendeu sem a necessidade de introduzir informações manuais ou descrições detalhadas previamente sobre o comportamento do animal (como o caso de subir as escadas, por exemplo).

Embora haja a possibilidade de estender esta experiência a outros agentes e cenários, há ainda muito por fazer até que a Inteligência Artificial seja capaz de aprender sozinha a ser um cão. Ainda assim, a experiência demonstra empiricamente que a IA pode auto desenvolver-se a partir da observação de animais.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Ministro da Economia admite nacionalizar empresas em caso de necessidade para combater surto

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, admitiu esta terça-feira a possibilidade do Estado vir a nacionalizar empresas, caso seja necessário para combater as consequências económicas do surto de Covid-19. "O Estado tem ferramentas …

Coutinho quer voltar à Premier League (e já há cinco clubes na corrida)

Philippe Coutinho está interessado em regressar à Premier League, havendo já cinco clube ingleses na corrida pelo internacional brasileiro. Manchester United, Arsenal, Chelsea, Tottenham e Leicester são os clubes interessados em levar Coutinho de volta …

China criou um sistema para rastrear doenças infecciosas. Falhou (e já se sabe porquê)

Em 2002, o vírus SARS saiu da província chinesa de Cantão e propagou-se por 37 países, provocando 774 mortos e mais de oito mil infetados. Para que não voltasse a acontecer, o país criou um …

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …