Investigadores ensinam Inteligência Artificial a pensar como um cão

Investigadores da Universidade de Washington e do Instituto Allen treinaram redes neurais com o objetivo de tentar compreender e prever o comportamento canino.

O que pode a Inteligência Artificial aprender com os cães? Muito, respondem os investigadores da Universidade de Washington e do Instituto Allen que, recentemente, treinaram redes neurais para interpretar e prever o comportamento de um cão.

Na experiência foram usadas filmagens e capturas de movimento de um cão de raça Malamute, através de uma câmara GoPro colocada na sua cabeça e sensores de movimento ligados às suas pernas e corpo.

No total foram recolhidos cerca de 380 vídeos das atividades quotidianas da cadela Kelp, enquanto passeava e brincava, atividades que fazem parte do seu dia-a-dia.

De seguida, os investigadores usaram a informação recolhida para “alimentar” a Inteligência Artificial através da deep learning, técnica que permitiu que fosse possível cruzar a informação dos sensores dos membros do animal com as filmagens que estava a observar.

A partir desta informação, a Inteligência Artificial procurou encontrar formas de prever os comportamentos do animal, e foi assim que a máquina foi capaz de antecipar como a cadela reagiria em determinadas situações. Por exemplo, se uma bola fosse atirada por uma pessoa, a IA saberia que a cadela iria persegui-la.

Ao The Verge, a cientista Kiana Ehsani explicou que a capacidade preditiva do sistema de Inteligência Artificial é muito alta, mas apenas em períodos muito curtos de tempo.

Muito resumidamente, sistema consegue prever que o animal irá subir as escadas caso apareça uma escada no seu raio de visão. No entanto, as previsões mais adiantadas no tempo são impossíveis, pelo menos por agora, devido à complexidade do mundo. Depois de subir as escadas, a cadela vai ver um objeto que queira perseguir? Talvez.

Depois de treinada a rede neural, os investigadores testaram a Inteligência Artificial, de forma a perceber se o computador aprendeu alguma coisa que não fosse explicitamente programada. Assim, concluíram que a IA aprendeu sem a necessidade de introduzir informações manuais ou descrições detalhadas previamente sobre o comportamento do animal (como o caso de subir as escadas, por exemplo).

Embora haja a possibilidade de estender esta experiência a outros agentes e cenários, há ainda muito por fazer até que a Inteligência Artificial seja capaz de aprender sozinha a ser um cão. Ainda assim, a experiência demonstra empiricamente que a IA pode auto desenvolver-se a partir da observação de animais.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …