Iniciativa Liberal insinua que Santana Lopes copiou as suas ideias e programa

Tiago Petinga / Lusa

O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Pedro Santana Lopes

O partido Iniciativa Liberal (IL) acusou Pedro Santana Lopes de se estar a tentar colar aos novos movimentos europeus com quem este partido já está envolvido e insinuou que terá copiado temas do seu programa partidário.

Num comunicado, o presidente do recém-formado IL, que aprovou o seu programa político em maio, questiona por que motivo Pedro Santana Lopes nunca fez nada para mudar a orientação do partido no sentido dos movimentos e partidos liberais europeus, nos quais diz que se inspira.

Miguel Ferreira da Silva vai mais longe e acusa o antigo Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa de querer “vir dar cabo do liberalismo sem pensar que está a condenar o país a mais umas décadas de estatismo”, tudo por causa de um “acerto de contas” com o presidente do PSD, Rui Rio, que quer derrotar.

Este líder partidário afirmou ainda que “Santana Lopes, por coincidência ou não, parece que foi copiar muitos temas do programa da Iniciativa Liberal, como a liberalização da segurança social ou da saúde – quando ainda há poucas semanas dizia que queria mais Estado na saúde”.

Sublinhando que o liberalismo económico e social já é defendido pela IL, Miguel Ferreira da Silva considera que se Pedro Santana Lopes quisesse mesmo renovação, deveria apoiar quem representa essa renovação, em vez de “criar outro partido” com a mesma orientação.

As declarações do presidente da IL surgem depois de, no sábado, ter sido noticiado que o novo partido do ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes se vai chamar Aliança e que a recolha de assinaturas para se constituir formalmente arranca na próxima semana.

No final de junho, o antigo primeiro-ministro (2004/2005) afirmou, em entrevista à Visão, que a sua intervenção política no PSD “acabou”, mas na ocasião não esclarecia se se iria desfiliar deste partido ou fundar uma nova formação política.

Em agosto, comunicou a decisão de sair do partido através de uma carta aberta aos militantes, pondo fim a 40 anos de militância no PSD.

Na carta de despedida, Pedro Santana Lopes considera: “não faz sentido continuar numa organização política só porque já estamos há muito, ou porque em tempos alcançamos vitórias e concretizações extraordinárias se, no passado e no tempo que importa, no tempo presente, não conseguimos fazer vingar ideias e propostas que consideramos cruciais para o bem do nosso país”.

A Iniciativa Liberal é o mais recente partido político formado em Portugal. Defende a liberalização quer da economia, quer dos costumes sociais. A Iniciativa Liberal reforça os valores liberais essenciais para o progresso de Portugal, defendendo mais liberdade política, social e económica.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. … “foi copiar muitos temas do programa da Iniciativa Liberal, como a liberalização da segurança social ou da saúde”… ou seja, deixar os pobres entregues a si mesmos… Grande “liberalismo” que, a ter alguma predominância neste País, conduzirá a mais miséria, doença e sem apoios sociais. Querem entregar a Saúde às seguradoras. Todos sabemos como elas funcionam, infelizmente e quem já precisou de recorrer a elas…

RESPONDER

Portugal vai ser o país europeu com menor percentagem de população ativa

De acordo com as novas projeções, em 2050, Portugal terá 1,6 pessoas em idade ativa por cada idoso, sendo que atualmente conta com 2,9. As projeções do Eurostat, divulgadas pelo Jornal de Notícias, indicam que em …

"Sentimento anti-Modi." Pandemia deixa primeiro-ministro indiano debaixo de fogo

A segunda vaga de covid-19 na Índia tem alfinetado Narendra Modi. Restam saber quais serão as consequências políticas para o primeiro-ministro indiano. Narendra Modi chegou ao poder em 2014, cheio de promessas de crescimento e prosperidade …

"Um dia feliz". Britânicos voltam em força (e até o calor se antecipou)

Turistas de quase toda a Europa podem, a partir desta segunda-feira, entrar em Portugal, no regresso do turismo internacional. É "um dia feliz" para o turismo nacional, sobretudo devido ao regresso dos britânicos que trazem …

FC Porto avança por Beto e já há valores em cima da mesa

O negócio entre o FC Porto e o Portimonense pelo avançado Beto já estará numa fase bastante avançada. Apesar de os três grandes terem demonstrado grande interesse em Beto, segundo avança o jornal O Jogo, são …

Odemira não é um caso único. Em Santarém, há situações "em tudo semelhantes"

O SEF tem investigado em Santarém situações "em tudo semelhantes às investigadas em Odemira e no Alentejo" por auxílio à imigração ilegal e tráfico de pessoas. Odemira tem estado recentemente no centro de toda a atenção …

No último ato da Liga, há uma luta por uma vaga europeia e uma fuga à despromoção

Vitória de Guimarães, Santa Clara e Famalicão lutam pela derradeira vaga de acesso às competições europeias de futebol da próxima época, numa 34.ª e última jornada marcada também pela ‘fuga’ à despromoção da I Liga …

"O PSD nacional tem de mudar e já", apela Alberto João Jardim

O antigo presidente do Governo Regional da Madeira defendeu num artigo de opinião, publicado esta segunda-feira, que o PSD nacional tem de "acordar" e "mudar já" e "não esperar pelos resultados das eleições autárquicas". No artigo …

Marega quebrou as regras e não volta a jogar pelo FC Porto

Depois de interagir com o Al Hilal, o seu novo clube, nas redes sociais, Moussa Marega não deverá voltar a jogar ao serviço do FC Porto, por ordem de Sérgio Conceição. É certo que falta apenas …

Os processos foram separados, mas Salgado e Vara serão julgados pelos mesmos juízes

Nos dois julgamentos que resultaram da separação de processos decidida por Ivo Rosa, Salgado e Armando Vara serão julgados pelo mesmo coletivo de juízes, apesar da distribuição ter sido eletrónica. Segundo avança o ECO, Ricardo Salgado …

Afinal, jogos da última jornada não vão ter público nas bancadas

A direção da Liga Portugal comunicou, esta segunda-feira, que, afinal, os jogos da última jornada da Liga NOS não vão ter público nas bancadas, como chegou a ser anunciado. "A Direção da Liga Portugal reuniu-se na …