Ingerir vitamina D não reduz riscos de doenças ou fracturas

sean dreilinger / Flickr

-

Um estudo realizado por cientistas neo-zelandeses sugere que há pouca ou nenhuma razão para ingerir vitamina D como forma de reduzir o risco de doenças ou fracturas.

A investigação foi publicada na revista científica Lancet. Os cientistas analisaram 100 pacientes e descobriram que não houve diminuição significativa do risco em qualquer área do corpo humano com a ingestão da vitamina.

Os cientistas acrescentaram no entanto que mais dados são necessários para comprovar as descobertas, e acrescentaram que grupos de risco, como bebés, mulheres grávidas e idosos, ainda devem ser aconselhados a tomar o medicamento.

A equipa responsável pela pesquisa, da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, já tinha anteriormente realizado um estudo que mostrou que os suplementos de vitamina D não tiveram efeito na densidade mineral dos ossos.

Na altura, foi feita uma análise minuciosa de testes clínicos aleatórios de ingestão de vitamina D, com ou sem cálcio, tendo sido descoberto que os suplementos de vitamina D não alteram significativamente o risco de enfarte ou outras doenças cardiovasculares, derrame cerebral, cancro e fracturas.

De acordo com os cientistas, os pacientes hospitalizados que ingeriram a substância apresentaram um risco de fractura dos quadris inferior a 15% – patamar considerado baixo para justificar a ingestão da vitamina D.

A mesma investigação foi feita com pacientes saudáveis. Quando tomaram cálcio, também não apresentaram nenhum fortalecimento dos ossos.

O estudo afirmou que “não há certeza se a vitamina D, com ou sem cálcio, reduz o risco de morte”.

“De acordo com as nossas descobertas, há pouca ou nenhuma razão para prescrever suplementos de vitamina D para prevenir enfarte do miocárdio ou doença de coração isquémica, AVC ou doenças vasculares cerebrais, cancro, ou fracturas”.

As fontes de vitamina D mais comuns são os óleos de fígado de peixes e alimentos derivados do leite, como manteiga e queijos gordurosos, além da exposição ao sol.

HealthGauge / Flickr

-

Cautela

Karl Michaelsson, do departamento de ciências cirúrgicas da Universidade de Uppsala, na Suécia, afirma entretanto, que ainda há um debate sobre os eventuais benefícios de saúde envolvendo a ingestão de suplementos em casos de deficiência de vitamina D.

“A impressão que muitas pessoas têm é que altas doses de vitamina D ajudam a melhorar a saúde”, critica Michaelsson.

Para o investigador, enquanto não houver informações suficientes que justifiquem os benefícios, o melhor a fazer é manter cautela em relação à ingestão da substância.

Enquanto alguns especialistas em nutrição afirmam que a falta da vitamina é responsável por inúmeras doenças, como fracturas, cancro, doenças cardiovasculares ou diabetes, outros dizem que a deficiência é, na verdade, o resultado – e não a causa – da deterioração da saúde de um indivíduo.

Para Colin Michie, consultor em pediatria e presidente da comissão de nutrição da Royal College of Paediatrics and Child Health, o estudo comprova que “a vitamina D pode até gerar benefícios, mas eles não são tão relevantes”.

Michie recomenda no entanto cautela aos médicos, bem como aos pacientes.

“Os médicos não devem exagerar a pedir exames de sangue para detectar uma possível carência da vitamina no organismo dos pacientes”, diz Michaelsson.

“Em vez disso, as pessoas saudáveis têm de comer mais peixe, prestar atenção à sua dieta e a seu estilo de vida”, acrescenta o especialista.

Entre os que apresentam maior insuficiência de vitamina D, estão as crianças abaixo de cinco anos, mulheres grávidas e em fase de amamentação e idosos com mais de 65 anos, além das pessoas que têm pouca exposição ao sol.

Recentemente, estudos mostraram que indivíduos com a pele mais escura, tais como africanos, caribenhos e asiáticos naturais do Sudeste da Ásia, ou mesmo pessoas que usem roupas que cobrem todo o corpo, ou com pele mais pálida, também se incluem no grupo de risco.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Claro que não. Para se ter os beneficios da toma de vitaminas há que saber tomá-las e,inclusive, saber qual a melhor combinação de vitaminas e doses a tomar.

RESPONDER

Vem aí chuva de poeiras vindas do Norte de África

Este fim de semana, o sul de Portugal pode enfrentar uma chuva carregada de poeiras vindas do Norte de África. O IPMA explica que se trata apenas de uma deposição. Uma chuva de poeiras pode atingir …

Marcelo deverá vetar mudança de género aos 16 anos

O Presidente da República deverá vetar a lei que permite a mudança de género no registo civil aos 16 anos, por questionar não ser necessário um relatório médico. Marcelo Rebelo de Sousa deverá vetar a lei …

Nacionalidade automática para filhos de imigrantes há 2 anos em Portugal

Os filhos de imigrantes que vivam em Portugal há dois anos vão ser considerados portugueses originários, a não ser que declarem que não querem ser portugueses. Esta alteração vai "inverter a atual regra" e irá encurtar …

Eleições de 2019 com plano europeu para travar perturbações nas redes sociais

Em 2019, o objetivo central dos técnicos da "sala de situação" é proteger as infraestruturas de apoio ao processo eleitoral, nas europeias e as legislativas, ainda sem data marcada. O cenário internacional tem sido marcado pela …

PSD dá a Costa espaço para reformar o SNS sem o Bloco

O ministro-sombra da saúde de Rui Rio, Luís Filipe Pereira, está a preparar um documento estratégico sobre o SNS. O PSD pretende, assim, ir a jogo na discussão sobre o futuro do Serviço Nacional de Saúde. A …

O Benfica criou um plano para mandar no futebol português

Emails revelados pelo blogue do "Mercado de Benfica" mostram que os quadros do clube debateram entre si uma estratégia a cinco anos para influenciar e dominar as "diferentes áreas do poder da indústria" do futebol português, …

Governo admite baixar portagens para SUVS e crossovers

O ministro Pedro Marques admite passar carros SUV e crossover de classe 2 para 1 nas portagens, afirmando que a atual classe 2 "pode ser um bloqueio a viaturas mais eficientes". O ministro do Planeamento, Pedro …

Portugal continua no caixote do lixo da Moody’s

A Moody's não se pronunciou sobre a notação de crédito de Portugal. Nos próximos seis meses, continuará a ser a única agência a manter o país abaixo do "grau de investimento". A agência de notação financeira …

Consultor Constantino Sakellarides demite-se em divergência com ministro da Saúde

O consultor do ministro da Saúde, Constantino Sakellraideser, entregou, na quinta-feira, uma carta de demissão a Adalberto Campos Fernandes devido a divergências de pensamento. Constantino Sakellarides, o consultor do ministro da Saúde que, há dois anos, …

Kim Jong-un anuncia suspensão de testes nucleares e balísticos

O regime norte-coreano anunciou a suspensão dos testes nucleares a partir de sábado e o desmantelamento da base de Punggye-ri. Este gesto foi bem recebido pelos EUA e aliados, embora não dê indicação de que …