Índia ultrapassa os 50 mil mortos. Nova Zelândia adia eleições gerais

Jagadeesh Nv / EPA

A Índia ultrapassou, esta segunda-feira, as 50 mil mortes provocadas pelo novo coronavírus. Na Nova Zelândia, as eleições gerais foram adiadas quatro semanas devido ao ressurgimento de casos no país.

Segundo os dados oficiais do Ministério da Saúde indiano, o país registou mais 900 óbitos nas últimas 24 horas, tendo ultrapassado a marca das 50 mil mortes por causa da pandemia de covid-19.

O país é o quarto no mundo com o maior número de mortos (50.921), atrás dos Estados Unidos (169.841), Brasil (107.852) e México (56.757).

Desde o início da pandemia, a Índia contabilizou ainda 2.589.682 casos confirmados de covid-19, segundo os dados divulgados, esta segunda-feira, pela Universidade Johns Hopkins.

O México, por sua vez, registou 4448 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, um dos valores mais baixos nas últimas semanas, segundo as autoridades de saúde mexicanas, além de 214 mortes. Desde o início da pandemia, o país contabilizou 522.162 casos.

O Brasil registou 620 mortos e 23.101 infetados nas últimas 24 horas, totalizando 107.852 óbitos e 3.340.197 casos confirmados desde o início da pandemia.

Os Estados Unidos registaram, nas últimas 24 horas, mais 528 mortes e 43.321 novos casos de infeção, segundo dados divulgados pela Universidade Johns Hopkins. De acordo com o balanço mais recente desta instituição, o país regista 169.841 mortos e 5.388.931 infetados.

Eleições gerais na Nova Zelândia adiadas

Na Nova Zelândia, as eleições gerais, que estavam marcadas para 19 de setembro, foram adiadas para 17 de outubro, quatro semanas depois, devido ao ressurgimento de casos no país.

“Esta decisão dá a todos os partidos o tempo necessário para fazer campanha durante as próximas nove semanas e dá, à Comissão Eleitoral, tempo suficiente para assegurar que as eleições se podem realizar”, declarou a primeira-ministra Jacinda Ardern.

A governante estava sob pressão para adiar a data das eleições, já que todos os partidos suspenderam as campanhas eleitorais devido ao regresso da pandemia de covid-19 ao país, registado na semana passada e cuja origem permanece desconhecida.

Na sexta-feira, o Governo neozelandês decidiu prolongar por mais 12 dias o confinamento em Auckland, a maior cidade do país, para combater o ressurgimento da covid-19, ao fim de 102 dias sem registo de qualquer contágio local.

A primeira-ministra reconheceu que há uma grande ansiedade no país com o regresso da covid-19, detetada em quatro pessoas, na terça-feira, em Auckland. No domingo, o número aumentou para 49 casos confirmados.

Jacinta Arden está com uma taxa de popularidade de 60%, nas sondagens, devido ao modo como lidou com a pandemia, o atentado às mesquitas de Christchurch, no ano passado, e a erupção do vulcão da White Island.

O partido trabalhista, da líder do Governo, está em posição de vencer as eleições sozinho, sem precisar de ajuda dos pequenos partidos com os quais fez coligações durante a legislatura que está a terminar.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 766 mil mortos e infetou mais de 21,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência France-Presse.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Desapareceu tão misteriosamente como apareceu o monólito do deserto do Utah (e apareceu outro na Roménia)

O monólito de metal descoberto, na semana passada, no meio do deserto do Utah, nos EUA, desapareceu sem deixar rasto. O mistério adensa-se em torno do objecto que alguns já apelidaram de "extraterrestre", até porque …

The Crown: O que é verdade e ficção na nova temporada?

Não é novidade que as famílias reais da Europa, em especial a família real britânica, sempre despertaram muita curiosidade e interesse por parte do público. Desta forma, a plataforma de streaming Netflix decidiu investir, em …

Hubble avista possível "jogo de sombras" do disco em torno de um buraco negro

Algumas das vistas mais deslumbrantes do nosso céu ocorrem ao pôr-do-Sol, quando a luz do Sol penetra nas nuvens, criando uma mistura de raios brilhantes e escuros formados pelas sombras das nuvens e pelos feixes …

No Japão, houve mais suicídios num mês do que mortes por covid-19 no ano todo

No mês de outubro, o número de suicídios no Japão foi superior ao número de mortes por covid-19 desde o início da pandemia. De acordo com os dados do governo, foram registados 2153 suicídios no …

YouTube cria o primeiro videoclipe "infinito" de sempre. Reúne todas as versões de "Bad Guy" de Billie Eilish

"Bad Guy" de Billie Eilish tornou-se o primeiro vídeo de música infinito de sempre. Celebrando o facto de ter atingido a marca de mil milhões de visualizações, a artista juntou-se ao YouTube e criou uma …

Marítimo 1 - 2 Benfica | Águia faz terapia no “divã” de Pizzi

Após duas derrotas consecutivas para o campeonato (contra o Boavista e o Braga), o Benfica regressou às vitórias, na visita ao Marítimo, por 2-1. Um resultado que não disfarça as dificuldades e a intranquilidade que …

A Coreia do Sul vai ter táxis aéreos. Serão usados em serviços de emergência e turismo

A empresa chinesa de mobilidade aérea EHang concluiu três voos de teste na Coreia do Sul para demonstrar o seu novo transporte de passageiros. Trata-se de um táxi aéreo com capacidade de resposta de emergência …

Tartarugas marinhas transportadas para a Flórida depois de sofrerem reação hipotérmica

Quarenta tartarugas marinhas em vias de extinção foram transportadas para a Florida, nos Estados Unidos, depois de sofrerem uma reação de hipotermia na costa de Massachusetts. Quando as tartarugas marinhas são expostas à água fria por …

Apoiante de Trump doou 2,5 milhões para combater os resultados eleitorais. Agora, quer o dinheiro de volta

Um investidor de capital de risco da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, que doou 2,5 milhões de dólares para ajudar o ainda Presidente norte-americano, Donald Trump, a contestar os resultados eleitorais que deram a …

Petição de Cristina Ferreira contra cyberbullying já reúne mais de 37 mil assinaturas

Cristina Ferreira lançou este sábado (28) uma petição contra o ódio e a agressão na internet que já conta com mais de 37 mil assinaturas. O objetivo é levar este tema à Assembleia da República. Cristina …